A carregar...

Isabel dos Santos, a princesa implacável nos negócios

1 1 1 1 1 Como classifica este artigo? 0.00 (0 Votos)

Lisboa - A empresária é descrita por quem convive com ela de perto como sendo "simpática", "bonita" e "afável". Mas os elogios também se alargam ao lado profissional, e as fontes, citadas pelo jornal Público, descrevem-na como sendo "uma boa empresária", "extremamente dinâmica e inteligente", "profissional" e uma "dura negociante".


Fonte: Dinheirovivo.pt


Isabel dos Santos tem 39 anos e é filha de José Eduardo dos Santos e da sua primeira esposa Tatiana Kukanova, tendo nascido em 1973 na capital do Azerbaijão, Baku, uma antiga república soviética, país para onde o seu pai foi estudar Engenharia de Hidrocarbonetos e onde conheceu a sua mãe.


Mais tarde, na década de 90, a empresária, com uma fortuna avaliada em 170 milhões de dólares pela Forbes, licenciou-se em engenharia electrotécnica em Londres, onde vivia então com a sua mãe, e voltou para Angola para iniciar a sua actividade profissional.


A empresária que é conhecida por pautar pela discrição na sua vida pessoal, é casada com Sindika Dokolo, um coleccionador de arte e empresário congolês, tendo sido educado na Europa. Dokolo é filho de um milionário da República Democrática do Congo e de uma dinamarquesa. O casal casou-se em Luanda em 2003.


A empresária é a filha mais velho do presidente angolano, tendo como irmãos, Tchizé Santos, directora da revista Caras Angola e antiga deputada, e José Filomeno dos Santos.


Em Luanda, começou por dedicar-se ao sector de lazer, ao gerir um clube de praia na ilha de Luanda, o Miami Beach. Mas depressa migrou para outros sectores. Um dos seus primeiros desafios foi a gestão da Urbana 2000, empresa que detinha o monopólio de limpeza e prestação de serviços de saneamento de Luanda.


Daqui deu um salto para a segunda maior fonte de rendimentos do país após o petróleo, os diamantes. A entrada no sector foi feita pela mão de Noé Baltazar, na altura presidente da Endiama, Empresa Nacional de Diamantes de Angola. A empresária é também dona de participações na Sodiam e na Ascorp, empresas que comercializam diamantes em bruto, tendo como sócios Noé Baltazar e a Endiama, de acordo com o jornal Público.


Além dos diamantes , a empresária move-se com bastante agilidade no mundo da banca, tendo uma participação de 20% no Banco Espírito Santo Angola, fazendo parte dos accionistas iniciais, quando o BES lançou a filial angolana, presidida por Hélder Bataglia, em 2001. Nessa altura, adquiriu 25% do capital da Unitel, empresa de telecomunicações, através da empresa Geni, empresa participada pela Portugal Telecom e pela Sonangol.


Américo Amorim e Isabel dos Santos


O homem mais rico de Portugal, Américo Amorim é um parceiro privilegiado de Isabel dos Santos. Em 2005, a empresária e Amorim juntaram-se a Fernando Teles saído do BFA (que pertence ao BPI) para fundar o Banco Internacional de Crédito (BIC). O BIC Portugal, presidido pelo ex-ministro de Cavaco Silva, Mira Amaral, adquiriu este ano o BPN ao Estado português.


O BIC é detido em 25% pelo empresário português, ficando Isabel dos Santos com outros 25% através da Sociedade de Participações Financeira. Fernando Teles, presidente do banco detêm 20%, ficando o restante capital disperso por vários investidores.


A empresária também está presente no capital da Galp, através da Amorim Energia, empresa que é detida em 55% por Américo Amorim e em 45% pela Esperanza Holding, que pertence à petrolífera estatal angolana Sonangol e a Isabel dos Santos.


A Amorim Energia pode vir a reforçar a sua posição na petrolífera portuguesa, com a anunciada saída da italiana Eni do seu capital, podendo vir a ficar com 66, 68% da Galp. Mas a Sonangol pode avançar sozinha para a compra da Eni, entrando directamente no capital da empresa, deixando Américo Amorim e Isabel dos Santos para trás.


Outro dos negócios partilhados por Amorim e dos Santos foi no mercado de cimento em Angola, que levou à saída da Cimpor do país. A cimenteira portuguesa tinha comprado em 2004, 49% da maior empresa nacional. A Nova Cimangola, onde o Estado angolano tinha uma parcela de 39,8%. Um ano depois, as duas empresas entraram em conflito levando à saída da cimenteira lusa do capital da Nova Cimangola, tendo então os 49% passado para a Ciminvest, empresa que pertencia a Américo Amorim e a Isabel dos Santos. Em 2010, o empresário vendeu a sua percentagem, que rondava os 30%, a uma empresa controlada por Sindika Dokolo, segundo o Diário Económico.


A empresária aliou-se também a outro dos grandes grupos económicos portugueses, a Sonae, para abrir uma rede de hipermercados com a marca Continente, em Angola. Ficando a empresa liderada por Paulo Azevedo com 51% da parceria e a Condis, da empresária, com 49%.






Debate o tópico nas redes sociais:





Debate no Club-K:


NOTA: Os comentários postados neste portal são publicados sem edição prévia e são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. Por favor, leia os Termos de Uso. O Club-K reserva-se ao direito de moderar os comentários suspeitos de conter palavras ofensivas e apagar os que não cumpram as regras.



Comentários Arquivados:



Actualizar comentários 

0 Gungu 16-01-2013 17:35 #40
Glória ao pai ao filho e ao Espirito Santo, que Deus Abençoem Amén.
0 Simão Kimby 09-09-2012 12:09 #39
sem comentarios ninguem controla as nossas riquezas??????? ???????!!!!!!!! !!!!!!!!
0 Yiami Kwami 28-07-2012 19:50 #38
O Laton perdeu a compustura e xta a ser contraditorio, seu macaco lembras-te do que disseste na mixtape do DH? seu bajulador fraco de xpirito e pnsamento vai te lixar tu e as tuas falsas musicas!!!!
0 Tampinha 11-07-2012 23:44 #37
Mana Isabel tu es uma empresaria de verdade, es empreendedora, forca continua assim!
Enquanto a caravana passa, os caes ladram.
Enquanto no investe para bem de todos os angolanos os invejosos ladram.
Mana pra frente e o caminho
Viva o Jes o M e um grande bj pra ti.
Atentamente
Pessoa com visao
0 voçé 11-07-2012 08:40 #36
Acredido que tudo nesta vida tem o seu preço, e a de chegar o momento que os pontos estarão nos I e os traços nos T. Estamos todos de passagem e toda riqueza ou pobreza ficará para traz, ninguem leva Pobreza ou riqueza no cemiterio porque la e lugar de todos nós !!!
0 MARIA DO CARMO 07-06-2012 08:52 #35
A ISABEL DOS SANTOS É FILHA DE PAI LADRÃO, POR ISSO, É QUE ELA TAMBÉM PUXOU AO PAI... TUDO NO ROUBO, MAS ISSO TERÁ FIM, COMO O MOBUTO, GHADAFII, MUBARAK, TAYLOR, SAVIMBI, QUANTIDADE DE GATUNOS, VAMOS MATÁ-LOS MESMO.
0 Nito Alves 28-05-2012 21:10 #34
Put 100 gosto
0 Erildo dos Santos 26-05-2012 19:02 #33
QUALQUER PESSOA NO LUGAR DA ISABEL FARIA ISSO PORQUE A ISABEL NÃO GASTA NADA DO SEU BOLSO ELA SIMPLISMENTE BENEFICIA-SE DO ERARIO PUBLICO E DO TRAFICO DE INFLUENCIA SEM GASTAR NEM UM TOSTÃO E TERMINO DIZENDO QUE O QUE VCS FAZEM A ESSE POVO SO ME LEVA A CRER QUE DEUS EXISTE PORQUE É MUITA INJUSTIÇA PARA VCS SAIREM IMPUNE OU VÃO PAGAR AQUI NA TERRA OU NO DIA DO FIM "sinto muito pelo meu povo sinto muito"
0 Esterfinda 25-05-2012 19:35 #32
É mesmo implacável princesa dos negócios
,.,.,.,.,.,.,.. hahahahahahahah ahahahhahha
0 Esterfinda 25-05-2012 19:31 #31
Isto foi de mais ...nem posso acreditar nisto,huau
leftCLUB-K.net é um portal informativo angolano ao serviço de Angola, sem afiliações políticas e sem fins lucrativos cuja linha editorial consubstancia-se na divulgação dos valores dos direitos humanos, educação, justiça social, analise de informação, promoção de democracia, denuncias contra abusos e corrupção em Angola.

O CLUB-K.net foi fundado aos 7 de Novembro de 2000, e é integrado por jovens angolanos (voluntários), com missão representativa em diversos países e reconhecido a nível internacional como uma organização não governamental.

REDES SOCIAIS

NEWSLETTER

Assine a nossa Newsletter para receber novidades na sua caixa de e-mail. "Gosta" da nossa página no Facebook para receber novidades na parede do seu perfil no Facebook.

INSERE O SEU E-MAIL