A carregar...

Mensagem do Vice- Presidente da FLEC ao povo de Cabinda

1 1 1 1 1 Como classifica este artigo? 0.00 (0 Votos)

GABINETE DO VICE PRESIDENTE

MENSAGEM  DO VICE-PRESIDENTE DA FLEC AO POVO DE  CABINDA

Paris - O conselho que  tenho a dar a elite intelectual e política de  Cabinda é de sobressair ,ultrapasar a excelência, e banir as mentiras da nossa cultura politica, especialmente as mentiras que são facilmente embalados de forma inadequada  e que fazem suar o odio., demonstram claramente a falta de seriedade  da parte dum certo elitismo que nos faz marcar  passos no mesmo sitio.


As fotografias e certas  palavras são bons para os olhos e para os ouvidos, mas não trazem nada de concreto. O povo de Cabinda está cheia desses  ridículos polemicas que nunca  traz soluçoes ao verdadeiro caso  Cabinda. Tenhamos pelo menos  a gentileza e a amabilidade de mostrar uma certa probidade e  integridade politica no que diz respeito a este povo sofredor.


 Os  pobres politicos Cabindas,perante a mediocridade, afogan  os outros acusando-os de raiva, a fim de disfarçar suas incapacidades face  aos desafios  políticos do momento. Ninguém recebeu dinheiro dos  angolanos nem do  Belchior Lanso Taty quanto eu sei. Esta é uma grande mentira, como no passado quando acusavam injustamente o Dr batila de ter recebido  petrodólares  nas mãos dos angolanos.


Perante  a manifesta falta de iniciativas politicas na busca de uma solução digna para  Cabinda e  o seu povo, a melhor estratégia cinicamente usada por algums Cabinda é a mentira, críticas e insultos livremente alimentados por um maquiavélismo que  chamaria de  EL CHECK.


Muitas vezes, um bode expiatório é livremente escolhido, tem de ser  necessário um grande pedaço para melhor atrair a atenção , pensando que assim vão obter os favores do povo. Nesta cabala de mentiras,o Nosso Lider histórico Presidente Nzita Henriques Tiago é o homem mais adequado para qualquer tipo de fofoca, assim que O irmão Belchior.


Nzita Tiago éo homem apontadocom insultas, deixando de combater  o regime de Luanda de nos coloniza. O velho leão de Cabinda é agora um alvo ideal para todas as loucuras possíveis, mas Nzita Tiago e a FLEC-FAC nunca impediram as pessoas de lutar para o bem-estar deste povo.


Nunca vamos impedir  os Cabindas iguais   de trabalhar para o bem de Cabinda. Vão  em frente mas temos que falar um  pouco. Todos nos seremos julgados pelos resultados e não por bons insultos sujos e críticas. A mentira é do diabo. O diabo é o pai da mentira. O diabo e seus amigos não se firmam  na verdade, porque não há verdade neles.


Nós da FLEC FAC  recusamos de nos colocar no mesmo pedestal com os polemistas. É hora de acabar com as querelas. Temos um territorio a libertar . Vamos  esquecer o que nos divide. O Senhor Jesus Cristo nos diz para amarmos uns aos outros,  se um reino se dividir contra si mesmo, tal reino não pode  viver, e se uma casa se dividir contra si mesma, ela só pode ser destruído.Se perseverar mos  de  alimentar a politicagem mesquinha a qual ja estamos abituado, somos então chamados a desaparecer. Que ninguém imagine isca, que possui  o monopólio de  amar melhor Cabinda  do que outros. Em conclusão: Precisamos parar de mentir para nós mesmos.


Hoje e agora, é bom reconhecer que algums entre nós jà cresceiram na  capacidade de analisar e resolver paulatinamente os problemas que enfrentamos.


Neste momento a FLEC-FAC e os amigos de Cabinda com visão mais alargada da situação estão prestes a escrever novos capítulos de tempo atual glória em nossa história. Agora, mais do que nunca, é o momento propicio de  redirecionar novas inteligências e sentarmos em torno duma mesma mesa.


Como vice-presidente da FLEC quero  proclamar bem alto que, agora, jà estamos dispostos a dialoguar e negociar a qualquer custo, para o benefício exclusivo do  povo de  Cabinda. O senso comum está ao alcance de todos, e temos um caso forte e suficientemente maduro  para fazer valer os nossos direitos.

   Que  Deus abençoa o povo e Cabinda.
Bruxelas, 2 de Julho de 2012

Pastor Kitembo Anny Antonio da Silva, Vice-presidente da FLEC






Debate o tópico nas redes sociais:





Debate no Club-K:


NOTA: Os comentários postados neste portal são publicados sem edição prévia e são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. Por favor, leia os Termos de Uso. O Club-K reserva-se ao direito de moderar os comentários suspeitos de conter palavras ofensivas e apagar os que não cumpram as regras.



Comentários Arquivados:



Actualizar comentários 

0 Franquelim Radical 08-02-2013 23:27 #15
Eu porém, não tenho muito a dizer O SENHORITO FERNANDO LOPES, É UM ANALFABETO INTELECTUAL formou-se pagando dinheiro para passar, estão a ver o que dá, não tem vergonha de exibir uma formação falsa para aqueles que te ouvem, quem é que disse que uma pessoa quando é pastor não pode defender o seu povo, procura ler a historia vais ver que os primeiros governantes da humanidade eram mais que Pastores. Volte para escola para corrigir as tuas falhas lendo a história da descolonização das provincias ultramarinas portuguesas, eu vou te ajudar, vou te assumir, como um aluno querido pela vontade que demonstrares em aprender bem.
0 Wafukeza 04-07-2012 13:24 #14
QUEREM UMA AUTONOMIA COMPATRIOTAS
+1 musundi 03-07-2012 18:39 #13
ele falou nao deu estrategia de saida pra acabar com a ocupacao angolana , tudo e vento ,
o MPLA ja esta entender a preocupacao de cabindas , o MPLA vai mudar a sua politica em cabinda , a saida do mawete e um ponto ,
idealismo ? dentro da itenlengentia cabinda vivendo em tchiowa nao existe , o idealismo de liberdade existe no meio da juventude cabinda vinda das aldeias e crescido nos dois congos .
nzita tiago deve voltar na terra e morrer connosco , assim o povo de tchiowa , a juventude de tchiowa com a cultura angolana ha de reconheco lo e talvez mudar os seus pensamentos perante a ideologia de um certo nationalismo liberal de cabinda
-1 Jacaré Bangão 03-07-2012 09:04 #12
Tudo pelo pretróleo que um dia irá acabar... A ganância é tanta que preferimos ver os outras a morrer para defender os nossos interesses. Mesmo que Cabinda seja independente, o povo jamais terá paz, porque esses senhores que dizem ser defensores do povo de Cabinda, irão esquecer-se desse mesmo povo. Nós angolanos de Cabinda ao Cunene devemos é lutar por melhores condições de vida em todo o território nacional e não pela divisão total de Angola. É bom que as pessoas prestem atenção no que está a acontecer no resto do mundo onde as crises aumentam e há cada vez mais pobres, isto porque com a ganância do homem esgotaram e destruiram-se muitas reservas naturais. DE CABINDA AO CUNENE UM SÓ POVO E UMA SÓ NAÇÃO.
+1 TERRA-MAR 03-07-2012 04:39 #11
Quando nada sabem na verdade, deveriam ficar calados porque nada do que o povo sente vocês sabem.
Ainda que toda a FLEC saia das matas, o desejo de liberdade está na consciência do Povo. È mentira afirmar que a maior parte dos cabindas tenham familia em angola. Na verdade, os cabindas têm família é nos dois congos onde partilham os mesmos usos e costumes.
Sobre a história do reino do congo, saibam que o mesmo se estendia desde o GABÃO. se assim for, como o vosso regime está habituado a guerrear, façam os possíveis de ocupar o GABÃO e outros congos para que se efective o reino do congo.
Porquê se dividiu o SUDÃO mesmo sendo um único estado?
Se esqueceram que há uma enorme divisão entre CABINDA e angola?
+1 Kwenha Kwa Ngungu 03-07-2012 02:04 #10
ESTATUTO ESPECIAL OU INDEPENDÊNCIA? FEDERALISMO OU INDEPENDÊNCIA? AFINAL, O QUE É QUE OS IRMÃOS CABINDAS QUEREM?
+1 Ngombe 02-07-2012 21:57 #9
este Catolico Radical e uma merda, e deve ser sao tomense, vcs todos vao cair, incluindo a merda da vossa Igreja mentirosa.
+1 Cabindiano 02-07-2012 21:40 #8
Viva cabinda, viva Flec, o tempo real está a chegar. Cabinda livre dos gatunos e agressores Angolanos. angolanos não esquecem que o que Deus dividiu nem um homem pode ligar.
0 Joshua Beno 02-07-2012 18:31 #7
Vc e' um analfabeto.Pior ainda, tens as maos na tecla...Faz-te um verdadeiro hazard!
-2 agustinho neto edu 02-07-2012 18:30 #6
Históricamente cabinda é parte integrante do reino do kongo antigamente com a capital Mbanza-Kongo no reinado do Nzinga-nkuvu antes dos colonos portuguêses chegarem em Angola actualmente mbanza-kongo na província do zaíre e uige faz parte da Rep. de Angola e cabinda também quêm duvida? quêm lhes deu a independência? para dizer hoje que cabinda näo é Angola esses cegos estäo enganados saibam que qualquer outro presidente que chegar no poder em Angola nunca vai dar independencia aos cabindas nem mesmo o Savimbi,Miau,Ab el chivukuvuku,Sam akuva,dos Santos ou Manuel Vicente. Cabinda,Soyo,Lu ndas norte e sul,Moxico ,Luanda e Cunene está dentro dum plano Geo-estratégico do MPLA para a dominacäo e posicionamento de Angola a nível Continental depois da África do Sul.
leftCLUB-K.net é um portal informativo angolano ao serviço de Angola, sem afiliações políticas e sem fins lucrativos cuja linha editorial consubstancia-se na divulgação dos valores dos direitos humanos, educação, justiça social, analise de informação, promoção de democracia, denuncias contra abusos e corrupção em Angola.

O CLUB-K.net foi fundado aos 7 de Novembro de 2000, e é integrado por jovens angolanos (voluntários), com missão representativa em diversos países e reconhecido a nível internacional como uma organização não governamental.

NEWSLETTER

Assine a nossa Newsletter para receber novidades na sua caixa de e-mail. "Gosta" da nossa página no Facebook para receber novidades na parede do seu perfil no Facebook.

INSERE O SEU E-MAIL