A carregar...

FNLA diz que país não pode ser "polícia" da África Austral

1 1 1 1 1 Como classifica este artigo? 0.00 (0 Votos)

Luanda – O presidente da Frente Nacional de Libertação de Angola (FNLA) defendeu esta quinta-feira, 02, que Angola não pode ser o "polícia" da África Austral, "criando problemas adicionais aos que já tem". Lucas Ngonda, que falava à margem da cerimónia de apresentação do programa de Governo para as eleições de 31 de agosto, considerou que Angola tem em primeiro lugar que tratar dos seus próprios problemas.

Fonte: Lusa

"Esta história de sermos o polícia da região, para tratar dos problemas de países amigos, pode-nos trazer muitos outros problemas" frisou. Vencedor reconhecido pelas autoridades angolanas da disputa interna que manteve com Ngola Kabangu pela liderança do partido, que hoje detém três deputados no parlamento eleito em 2008, o político tem sobre os ombros a tarefa de lutar por manter a representação parlamentar.

Para nestas eleições, a FNLA dá prioridade à justiça social, com destaque para a educação, com vista a, salientou, "apostar na formação do Homem como única via para a sua emancipação". "O desenvolvimento sem educação é criação de riquezas apenas para privilegiados", disse. O programa de governo contempla ainda a garantia do emprego, o fomento da agricultura sustentável, como primeiro passo para a criação de uma indústria transformadora e o direito à habitação.

Partido histórico angolano que iniciou a partir da União dos Povos de Angola (UPA) a luta de libertação do colonialismo português, Lucas Ngonda destacou do programa de Governo a atenção que considera dever ser dada aos antigos combatentes, que não têm ainda as regalias merecidas.

Por outro lado, defendeu a urgência da reforma da justiça para, considerou, "acabar com as injustiças sociais, apostar na formação do homem, garantir ao cidadão o direito à terra e a participar no processo de desenvolvimento de Angola". "Esta sociedade vem de uma dominação colonial servil", salientou.

A apresentação do programa de governo da FNLA coincidiu com a passagem do quinto aniversário sobre a morte de Holden Roberto, fundador do partido, e no início da cerimónia observou-se um minuto de silêncio para assinalar a efeméride.

Lucas Ngonda disse lamentar que depois da morte de Holden Roberto o partido tenha atravessado uma crise interna. "Temos a lamentar que depois da sua morte, o partido ficou com vários outros problemas, que ainda não estão resolvidos. Mas temos estado a fazer tudo no sentido de terminarmos com todos os diferendos que existiam. Agora o partido encontrou a sua unidade", afirmou






Debate o tópico nas redes sociais:





Debate no Club-K:


NOTA: Os comentários postados neste portal são publicados sem edição prévia e são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. Por favor, leia os Termos de Uso. O Club-K reserva-se ao direito de moderar os comentários suspeitos de conter palavras ofensivas e apagar os que não cumpram as regras.



Comentários Arquivados:



Actualizar comentários 

0 ADRIANO 12-08-2012 11:46 #14
Senhor Lucas Ngonda tu disse que o teu partido comecou atravesar problemas dificeis desde a morte do Holden Roberto? Es mentiroso, nao foi voce' que fazia vida cara no Holden Roberto quando estava ainda viva? voce ja' fazia luta no Kota Holden para voce' lhe substituir? isso que precipitou a sua morte? Voce' ja' nao deixava mais o Kota em paz e que tu pedia a reformacao do partido? Agora esta' na cabeca do Partido queremos te ver a fazer melhor do que tu esparava. Nao seja traidor da patria. Estamos a lutar para sairmos do neocolonialismo agora tu esta' a nos fazer mais o impedimento!! Ganha juizo.
0 belas dos santos 11-08-2012 12:44 #13
Ngonda devias ter vergonha na cara viu oque aconteceu em Malange ninguem te quer ver a frente da F N LA porque e que insite vais cair como teu patrao Jes o comunista
0 Kitum 05-08-2012 10:24 #12
A FNLA é o pai da luta armada contra o colonialismo,to dos patriotas tiveram a casa comu a upa-FNLA ,agora a responsabilidad e é tua para o partido histórico nao desaparecer seu traidor,faltado r de respeito e sem juízo ngondinho
+1 Makubanza 04-08-2012 10:34 #11
NÃO VALE PENA VENDER O PARTIDO, QUER DIZER ACABAR COM FNLA. PENSE QUE A FNLA É UM PARTIDO HISTÓRICO AO LADO DA UNITA E DO MPLA.POIS SE A FNLA DESAPARECER O SR TAMBÉM VAI DESAPARECER
+1 wafukeza 03-08-2012 13:54 #10
MANTEM SE CALADO MEQUETREFE O HOMEM QUE VAI FAZER COM QUE A FNLA DESAPAREÇA NÃO VOTE NA FNLA. CIPAIO DE JES.
+1 kams 03-08-2012 12:30 #9
O Professor e mesmo cara de pau. Fala da morte de um Lider que o mesmo precipitou? O senhor conseguiu boleia do TC. A sua dore de cabecas e conseguir pelo menos um deputado que sera sem duvida o mesmo tendo em conta em acorda que se fala por ai. Saiba que cada vez que cotar o Nome do Yembe perdera votos. Convem manter o mesmo discurso que o Holden e quem estragou o partido e ja nao era o presidente ate a data da sua morte. Isto chama-se consistencia. Dizer que existem desavencas o e reencontrou da unidade e umbiguo. Existem sim duas alas. Em 2008 foi as eleicoes a ala hostis ao poder. E o senhor apelo os miltantes para votar no MPLA. Feito inedito! Um partido da oposicao apelar ao voto ao adversario. Mas, enfim! Coisa de Lucas. Agora o TC entendeu melhor facilitar uma ala reboque e domesticada.

Sinceramente, a coincidencia com a aniversario da morte do Lider que em vida o senhor nunca reconheceu e um insulto. Tal como aconselhei ao Kafuidiko, O Presidente Ngola Kabango deve se pronunciar. Das duas uma: ou apela ao voto a favor da Unita tal como fez O Presidente SEdiangani do PDPANA ou alinha-se com a estrategia do BD que escolheu tres (3) partido: Unita, PRS ou CASA-CE.

Sera que o sociologo ja fez a leitura sobre a exclusao da sua ala pelo BD? Os miltantes do partidos dos irmaos tem o problema serio de escolha: (i) deixar cair os mercenarios ao servico de outrem ou (ii) votar nos vendidos para manter o bom nome da FNLA.....
+1 NZEVO ZE ZOWA 03-08-2012 12:19 #8
QUE IRONIA! DR. LUCAS NGONDA?
JÁ QUE SONHOU COM O FUNDADOR DA FNLA, SERIA MUITO MAIS SALUTAR SE FIZESSE O LANÇAMENTO DO SEU " PROJECTO " NO MBANZA-KONGO ", E NÃO NO INAC/LUANDA.
DEPOIS, CUIDADO COM A LINGUAGEM, SENÃO, NÃO VÃO LHE OFERTAR VOTOS, E O POVO ANGOLANO VAI DESCOBRIR QUE VOCÊ ESTA AÍ INJUSTAMENTE.
0 100%langa 03-08-2012 06:05 #7
A Fnla nao pertence a parte de ninguem, na Fnla nao existe parte. o problema é unico, é os dois se ajuntar ponto final, nao queremops com o problema continua, espero se as eleicoes passar bem, que o Luca officialmente reconhecido como lider da Fnla, convida outro groupo para que unes, fasa coisa que o Kabango nao conseguiu fazer unir o partido, convida o homen officiamente, caso nao aceite entao ele que culpado nao querr a uniao.
0 pires feliciano 02-08-2012 22:52 #6
é uma Bordel !!!
+3 Bonafide 02-08-2012 22:00 #5
Esse pitoresco Ngonda,inconsis tente politiqueiro,mu ltimilionario graças a batatinhas do regime klepto-nepotist a que ele nunca se atreveu a se posicionar como opositor,nâo se deve se iludir;todos nôs sabemos das suas diatribas e insultos ao Lider Holden Roberto,pode enganar com o enrolamento tragicomico das filha indignas deste ultimo;o povo tem memoria!
leftCLUB-K.net é um portal informativo angolano ao serviço de Angola, sem afiliações políticas e sem fins lucrativos cuja linha editorial consubstancia-se na divulgação dos valores dos direitos humanos, educação, justiça social, analise de informação, promoção de democracia, denuncias contra abusos e corrupção em Angola.

O CLUB-K.net foi fundado aos 7 de Novembro de 2000, e é integrado por jovens angolanos (voluntários), com missão representativa em diversos países e reconhecido a nível internacional como uma organização não governamental.

REDES SOCIAIS

NEWSLETTER

Assine a nossa Newsletter para receber novidades na sua caixa de e-mail. "Gosta" da nossa página no Facebook para receber novidades na parede do seu perfil no Facebook.

INSERE O SEU E-MAIL