Luanda - Os presumíveis agressores e proprietários do armazém aonde se realizou o bárbaro acto de espancamento contra as duas mulheres já foram localizados e detidos.

Fonte: Club-k.net

A confirmação foi feita em comunicado de imprensa da PGR divulgado a minutos no noticiário central da TPA, na qual fez saber que as instâncias máximas da polícia condena incondicionalmente este acto.

No referido comunicado, a PGR reconheceu o papel da internet que vinculou o referido video nas redes sociais em vários formatos -youtube, facebook e twiter- incansavelmente nas últimas 24 horas.

Notícia em desenvolvimento

 

Artigos relacionados:

DENÚNCIA: Justiça própria contra duas mulheres – Vídeo



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: