A carregar...
Registo de Dominios Angolanos - .AO, .CO.AO, .ED.AO, .GV.AO, .OG.AO e .PB.AO

Presidente da UNITA e Gunter Nooke avaliam possibilidades de investimentos alemães em Angola

1 1 1 1 1 Como classifica este artigo? 0.00 (0 Votos)

Luanda – O presidente da UNITA recebeu na tarde de quarta-feira, 06, em Luanda, o director geral para os Assuntos Africanos da Chanceler Alemã, Angela Merker. A conversa rondou em torno das possibilidades da actuação da oposição e do ambiente de transparência para a instalação de empresas germânicas em Angola.

Fonte: UNITA

“Eu estou aqui para colher informações mais amplas e por isso contacto não só com as autoridades governamentais, mas também com organizações não-governamentais e com os partidos da oposição”, explicou Gunter Nooke à imprensa no final da conversa com a direcção da UNITA.

O diplomata alemão defende a vinda Angola de empresários do seu país e é de opinião de que parceria económica pode contribuir para o ambiente de abertura que ajudará todos e facilitará no país o convívio.

Por outro lado, Gunter Nooke entende ser necessário o funcionamento pleno das instituições do Estado de Direito para que os investimentos ocorram. “Empresários alemães não gostam muito de processos muito morosos, não querem manter muitas conversações para vir a Angola. É importante também o combate a corrupção, porque os empresários têm que justificar o seu engajamento no exterior e a corrupção não é aceitável, nem na Alemanha, nem em qualquer outra parte. É por isso que é preciso combaté-la”, defendeu o diplomata.

Por seu turno, o presidente da UNITA considerou o encontro de bastante proveitoso, pois permitiu esclarecer as dúvidas que subsistem da parte dos alemães relativamente as condições para investirem em Angola.

“Nós procuramos explicar as dúvidas que eles tinham sobre o funcionamento das estruturas aqui no país, sobretudo naquilo que diz respeito às instituições democráticas”, afirmou Isaías Samakuva, sublinhando que o interesse dos empresários alemães de operarem em Angola para contribuir para o desenvolvimento do país.

O líder da UNITA assegurou ainda que durante o seu encontro com o director geral para Assuntos Africanos, teceram-se considerações sobre a necessidade de agilização de processos que permitam a criação de empresas germânicas em Angola.

“Como ouviram do senhor director geral para África, o tema da corrupção foi levantado já que os empresários alemães e não só, gostam de trabalhar em ambiente de transparência, onde tudo se processa de forma a facilitar os negócios que se fazem”, explicou o líder da maior força política da oposição, exprimindo o desejo de que sejam criadas as condições que viabilizem os investimentos alemães em Angola e que tudo se processe de forma transparente para beneficiar os angolanos.

Isaías Samakuva assegurou o seu partido vai continuar engajado naquilo que chamou de luta do dia-a-dia, o combate à corrupção e a burocracia excessiva que dificultam os investimentos externos em Angola. “Do nosso lado vamos, a partir de instituições como Assembleia, fazer tudo no sentido de que se adoptem leis combatam aquilo que impede o desenvolvimento angolano e que se propicie os interesses do nosso povo”, concluiu.






Debate o tópico nas redes sociais:





Debate no Club-K:


NOTA: Os comentários postados neste portal são publicados sem edição prévia e são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. Por favor, leia os Termos de Uso. O Club-K reserva-se ao direito de moderar os comentários suspeitos de conter palavras ofensivas e apagar os que não cumpram as regras.



Comentários Arquivados:



Actualizar comentários 

0 Chicola-t Malik 13-02-2013 19:22 #10
Falamos em corrupção mas não se esqueçam esses estrangeiros são racistas pequeno problema despedimento, e baixos salários aos Angolanos aos seus conterras da UNIÃO EUROPEIA MILHARES DE DOLLARES, mesmo não sabendo nada, fuiiiiiiiiiiiii iii.
+1 Jacinto 13-02-2013 10:14 #9
É uma verdade de que o anuncio foi feito pelo presidente da República JES, de que Angola é um canteiro de obras.
Mas o Municipio do Cazenga pelo que se vê, apenas se fala da Rua dos Comandos porque esta mais a vista de quem passa.
A rua que dá o acesso a praça da BCA, a quatro anos que não recebe no minimo um tapa buraco e como se não bastasse, agora os bandido matam pessoas de dia na referida rua.
Porque que o administrador não é trocado? todos foram trocados mas pelo que se diz, ele é staff porisso gaba-se . por favor pedimos ajuda no sentido de taparem no minimo os buracos para que os carros passem incluindo a propria policia.
0 Tchangueve 11-02-2013 17:51 #8
Sr. SOLO, que eu julgo não ser sua verdadeira identidade, mais isto não é o q mais importa. Não sei se você conhece melhor que eu sobre os idéias e quadros q a UNITA teve, tem e os q não partilhão com a direcção deste ditador do Samakuva pior q JES, se você não for do grupo dos q comem pelas injustiças deste traidor do Smakuva, nem novato neste processo saberás o quanto custo conservar a estrutura deste partido depois da M Dr. Savimbe, para hoje se ver tudo desarticulado manos contra manos, militantes contra militantes, caça e afastamento dos q pensão diferente deste fantoche, Vera q se formos inteligente e não fanáticos poderemos mudar o rumo da historia nas próximas eleições, mais sem este BURRO AO QUADRADO DO SAMKUVA "PARA REFLECTIR" um grande abraço maninhos
0 Antonio Jose Ngola 11-02-2013 16:05 #7
Negocios fechado para quem apostar em angola,parece mentirà em Angola nao se brinca com trabalho ou negocios DOS outros elementos, os empresarios tenhe q apostar na joventude ,Agora estamos apera do outro q tenhe q vir fazer e muito complicado eles tambem pensao Duas vezes ,porisso eu digo vamos fazer o q e nosso e mostrar q o angolano e capaz ,eu sou capaz digo eu de fazer aquilo q os angolanos gostao,porisso digo sooouuuu capaz sou falta as financia falò disse Antonio Jose Ngola colaboras...
0 Humberto 10-02-2013 18:44 #6
Claro que o presidente da Unita não está em condições de garantir a protecção e o normal funcionamento das empresas Alemães em Angola. Essa garantia só pode ser dada por um sistema democrático em que a separação dos poderes exista. Apenas a justiça e estou a falar dos tribunais na aplicação das leis em vigor e das futuras leis podem dar essa garantia. Portanto está tudo nas mãos do JES, essa é a razão de eles os investidores estrangeiros sérios não efectuarem investimento em Angola. Tirando as empresas petrolíferas que têm os seus investimentos no mar onde podem controlar em caso de alguma revolução .
0 Lukeny 10-02-2013 16:32 #5
àquele mesmo indivíduo teve uma mesmíssima atitude nazi de concluir que Portugal tem a chave do sistema corrupto, o conhecimento, porque, disse ele, conhece toda gente( bom, se uma fez, uma vez só a UNITA mostrar-se vassalo de portugueses, eu deixarei de a ver com bons olhos.)! Deus, meu!, em política, em negociações, se discute facto concretos e é sobre factos que recai possíveis vantagens! Logo, havendo vantagens sem serem nesses marcos, significa dizer-se que somos corruptos e prevaricadores ou nos relacionamos com eles na cumplicidade dos lençóis, ora, se nós, os verdadeiros angolanos, não somos nada disso, devemos claramente dizer-lhes que como angolanos tratamos de factos democráticos concretos e que assim sendo não há nem nunca haverá espaço para discussões sobre personalidade porque até sabido que a vida é complexas sempre que se não é delinquente ou promiscuo, repito. Abaixo o ditador! Viva Angola.
0 Lukeny 10-02-2013 16:28 #4
É mentira, corrupção não só é aceite na Alemanha como é o eixo das políticas do Ocidente. Por isso, também, o enviado alemão trata o partido vencedor das duas ultimas eleições como a oposição. E considera o partido político de um não nacional( o mais engraçado é que eu apenas constatando os factos descobri que o ditador é guineense já países com todos os recursos, informação etc, parecem nada saber sobre.)... enfim, que de forma indesmentível fez fraude eleitoral, consideram esse partido e consequentement e o próprio impostor, consideram-no vencedor das eleições! Enfim, é histórico! Eu vi um programa, Sociedade das Nações, um responsável em Portugal, pela Alemanha, dizer, que Portugal é ponte entre investidores alemão e o governo de Angola, ora, eles lá estão e mesmo que não lhe dão eles diretamente com a máfia, fazem negócio com ela. Isso é indesmentível. E...

Abaixo o ditador! Viva Angola.
-1 Tchangueve 10-02-2013 13:20 #3
O Samakuva não entende nada de investimentos imagino q impressão levou o Sr Gunter Nooke deste BURRO e LACAIO de JES, este não representa a visão futurista da UNITA em termos de investimentos estrangeiro para o país, os fanáticos e bajuladores deste Samakuva estão a levar ao enfraquecimento de um partido q já teve os melhores quadros deste países. Temos q buscar os nossos verdadeiros idéias com uma Direção forte entre os fortes e melhores quadros buscando a reconciliação do partido. PARA REFLETIR meus Manos
+1 BWE ANGOLANO 09-02-2013 23:49 #2
É A MÃE DE TODOS OS MALES E É O SANGUE DO MPLA: CORRUPÇÃO
+1 londrino 09-02-2013 13:58 #1
o problema de certas empresas estrangeiras que querem se instalar no nosso pais hoje falam da corrupcao amanha sao os primeiros a se juntar com os mesmo corruptos"elite do MPLA" por isso se os Alemaes querem criar empresas no nosso pais tem que ser transparentes e nao aceitar ter ligacoes com os dirigentes do regime do JES que ja estao sujos com a corrupcao,Viva UNITA.
leftCLUB-K.net é um portal informativo angolano ao serviço de Angola, sem afiliações políticas e sem fins lucrativos cuja linha editorial consubstancia-se na divulgação dos valores dos direitos humanos, educação, justiça social, analise de informação, promoção de democracia, denuncias contra abusos e corrupção em Angola.

O CLUB-K.net foi fundado aos 7 de Novembro de 2000, e é integrado por jovens angolanos (voluntários), com missão representativa em diversos países e reconhecido a nível internacional como uma organização não governamental.

REDES SOCIAIS

NEWSLETTER

Assine a nossa Newsletter para receber novidades na sua caixa de e-mail. "Gosta" da nossa página no Facebook para receber novidades na parede do seu perfil no Facebook.

INSERE O SEU E-MAIL