Zé Maria cria comissão para visitar general a quem recusou apoio para tratamento médico

Lisboa - O chefe dos Serviços de Inteligência e Segurança Militar, general José António Maria “Zé Maria” (na foto), criou recentemente uma comissão de quatro oficiais generais para realizarem uma visita ao general Nascimento Salvador Vaz “Kaparof”, ex-chefe da Direcção Nacional de Inteligência Militar Estratégica.


Fonte: Club-k.net

Forjado nas mais sangrentas batalhas de que Angola tem memória, incluindo o Kuito-Kuanavale onde se distinguiu como comandante, o general Vaz encontra-se em estado de doença terminal, causado por um cancro.

A visita, ocorrida no sábado passado, pelos quatro generais foi interpretada por pessoas próximas do general Vaz, que estimou a presença dos seus colegas, como mais um acto extraordinário do general Zé Maria.

Recentemente, segundo interpretação de familiares do general Vaz, o chefe dos Serviços de Inteligência e Segurança Militar, general José António Maria “Zé Maria” nao "compactuou" em apoio para a evacuação do general Vaz, acompanhado de sua esposa, para tratamento na África do Sul. Tratava-se da prestação de dois bilhetes de passagem aérea, porque o general Vaz continua à disposição dos SISM, na qualidade de subordinado de Zé Maria.

Contrariamente à ideia veiculada por uma mão cheia de generais, como Manuel Hélder Vieira Dias “Kopelipa”, João de Matos, Higino Carneiro, França Ndalu, cujas fortunas pessoais oscilam entre US $500 milhões a US $2 biliões, muitos são os generais honestos, no exército, que vivem em condições precárias. No entanto, o regime oferece-lhes carros de luxo, para que nas ruas possam transmitir a ideia de que são abastados. O general Vaz, encontra-se nessa condição.


“Teve de ser o chefe do Estado-Maior General das FAA, o general Sachipengo Nunda, proveniente da UNITA, a ter compaixão de um homem que se destacou na defesa da pátria, do MPLA e do Presidente José Eduardo dos Santos.

O general Zé Maria afastou-o de forma arbitrária, quando ainda gozava de boa saúde, com mais 14 oficiais generais que se afirmavam pela sua experiência e conhecimentos do sector. Entre os oficiais encontram-se os generais de três estrelas José Massano, José Luís de Sousa “Zé Grande”, Samukonga, Baltazar Pimenta, Apolinário Pereira e Tony Katembo.

Certamente, muitos militares e cidadãos patriotas renderão ao general Vaz, em silêncio, votos de reconhecimento e gratidão pelos seus feitos heróicos. Os mesmos cidadãos e militares lamentarão, mais uma vez, o comportamento vil e errático do general Zé Maria, ora conhecido por general Treme-Treme.






Debate este tópico nas redes sociais:

Comente via Facebook, Hotmail, Yahoo ou AOL!




Debate este tópico no Club-K:

Comente no Anónimato (sem iniciar sessão) ou via Redes Sociais (Facebook, Twitter, Google ou Disqus)!

Quem Somos

CLUB-K ANGOLA

CLUB-K.net é um portal informativo angolano ao serviço de Angola, sem afiliações políticas e sem fins lucrativos cuja linha editorial consubstancia-se na divulgação dos valores dos direitos humanos, educação, justiça social, analise de informação, promoção de democracia, denuncias contra abusos e corrupção em Angola.

Informamos o público sobre as notícias e informações ausentes nos canais informativos estatal.  Proporcionamos ao público uma maneira de expressar publicamente as suas opiniões sobre questões que afectam o dia-a-dia, qualidade de vida, liberdades e justiças sociais em Angola... Leia mais

Contactos

 

  • E-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

  • WhatsApp: (+244) 918 512 433 Para uso no aplicativo WhatsApp apenas!

  • Angola : (+244) 943 939 404 

  • Reino Unido : (+44) 784 848 9436

  • EUA: (+1) 347 349 9101 

Newsletter

Assine a nossa Newsletter para receber novidades diárias na sua caixa de e-mail.

INSERE O SEU E-MAIL

// TAG FOR ADVERTISEMENT