A carregar...

Consumidores descontentes com gestão técnica da ENE

1 1 1 1 1 Como classifica este artigo? 0.00 (0 Votos)

Benguela  - O corte de energia eléctrica que faz sentir várias zonas da cidade de Benguela e a falta de resposta eficaz da empresa de electricidade do estado, leva uma vez mais ao questionamento sobre a gestão da única empresa publica no negócio de vende do precioso produto.


Fonte: Club-k.net

As informações neste sentido dão conta que uma viatura teria derrubado um posto de media tensão na periferia de Benguela e na sequência colocou fora da rede de energia eléctrica varias zonas da cidade.


Quatro dias depois, os consumidores afectados vivem a amargura de verem, o pouco que conseguiram comprar em termos de perecíveis a grosso com salário de Janeiro a se estragar com arcas e geleiras a exalarem cheiros de podridão .


O atraso na reposição do posto de energia eléctrica derrubado há mais de quatro dias está ser encarada por entendidos na matéria como a falta de uma gestão técnica a altura da referida empresa e na falta de cultura social, uma vez que não se sente no acaso o interesse em se avaliar as consequências económicas que os consumidores carregam nestes dias.


Ainda os experts na matéria defendem que as noticias veiculadas pelo executivo angolano sobre os avultados investimentos que estão a ser efectuados na reparação e ampliação das barragens, poderão não ter efeitos práticos enquanto se mantiver o estado precário do sistema de distribuição de energia eléctrica que geralmente datam desde a época colonial.


Com as intervenções desordeira das varias empresas  nos sistemas subterrâneos sem croquis de localização e a julgar pelo má gestão da ENE advinham-se dias piores para os consumidores que serão os que em última instância vão pagar pelo actual estado de organização da empresa pública de electricidade que já demonstrou como no caso de Benguela não estar a altura da demanda que o sector vai conhecer nos próximos tempos.






Debate o tópico nas redes sociais:





Debate no Club-K:


NOTA: Os comentários postados neste portal são publicados sem edição prévia e são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. Por favor, leia os Termos de Uso. O Club-K reserva-se ao direito de moderar os comentários suspeitos de conter palavras ofensivas e apagar os que não cumpram as regras.



Comentários Arquivados:



Actualizar comentários 

0 Batalha sofrimento 16-02-2013 15:38 #9
caros companheiros! A ausência de luz e outros serviços básicos às comunidades de benguela principalmente da periferia, o causador é a entidade màxima do governo na província a quem cabe-lhe a honra e responsabilidad e de exonar os incompetentes, os ladrões, os fantoches, os akuakuisas e tantos outros que semeiam apenas a confusão, boatos, calúnias, intrigas no seio das comunidades retardando deste modo o ambicioso programa de governação do mpla com a capa segundo a qual "crescer mais para distribuir melhor" e continuando com os elementos que faço referência neste texto, acredito que o descontentament o já mais terá o seu fim. É hora de mudança! Hora de colocar os homens cada um segundo a sua medida.
+1 londrino 15-02-2013 13:52 #8
uma coisa que eu gosta nesta Historia da falta de energia em Angola e que agora ja ninguem pode culpar a UNITA como dantes, ate que enfim muitos acordarao pra ver a realidade do paise.
+1 Fantasma de Nito Alv 14-02-2013 23:51 #7
Volto a dizer votaram neles agora comem com eles

mpla nunca fez nada por nós apenas roubam as riquezas e dividem entre eles
+1 ANGOLA 14-02-2013 20:35 #6
A muito regionalismo e tribalismo dentro da ENE, vejamos esta empresa nunca fez concurso publico mas está cheia de caras novas e todos são familias dos administradores entre outras muitas mulatas que não sabem nada. pedimos ao Sr. presidente que actua com urgencia a ENE-EP está muito mal e desorganizada.
+3 Ondaka yo tchimbundu 14-02-2013 16:18 #5
Alguém se recorda de como eram iniciados os noticiários nas décadas de 80/90? Alguém se recorda de como eram as manchetes no jornal de angola? A falta de energia eléctrica e de água, sempre foi por culpa da unita, que na altura se encontrava nas matas. Era a unita que derrubava os postes, condutas e destruia barragens. Na altura quase todos acreditávamos a versão do mpla, afinal o facto de ter a unita nas matas facilitava a aceitação desta falsidade e isto fez com que muita gente nutrisse ódio pela organização liderada fundada por Jonas Savimbi. Hoje porém, a situação mudou, a unita veio para as cidades e com os demais, vive os mesmos problemas, que afligiam os citadinos naquela época. Afinal o problema de energia e água, é algo que o mpla nunca soube resolver e isto confirma o adágio que diz que a "Verdade vem sempre a superfície.
+1 londrino 14-02-2013 13:15 #4
este e o resultado dos cambalachos dos governadores das provincias no pais eles ja roubam o proprio dinheiro que deveria ser utilizado pra o melhor deste tipo de servicos ainda querem que os pobres ficam na escuridao,loucu ra este regime do JES sao todos uns incompetentes.
+1 Buta Andelsom 14-02-2013 11:53 #3
Não ha luz no bairro da santa teresa em Benguela á 5 anos.se para se viver é preciso alimentção,saud e,agua e Luz.porque não temos este bem? ENE de Benguela é melhor resolver nosso problema,porque ja não suportamos vossas burrocrãcias.si rvam o povo...não se virvam porque somos nós o povo que colocou-vos ai....
0 Elias Mucanda 14-02-2013 10:44 #2
Precisamos sim de colocar os problemas e sugerir soluções. Quando a mim sou de opiniáo que apesar dos esforços do nosso Governo, para se minimizar essa situação devia se diversificar o funcionamento da ENE. criando Empresas privadas de distribuição de energia electrica que comprava a energia a ENE e essa distribuia ao consumidor. Vejamos o que a ENE faz é iluminar as ruas para qualquer observador pensar que os bairros estão iluminados e que a energia chega até as casas dos moradores e quando fazem as cobranças apicam taxas muito elevadas. Obrigado
+1 ANGOLA 14-02-2013 07:06 #1
ESTE É RESULTADO DE COLOCAR FAMILIARES NOS POSTOS QUE É SO PARA OS VERDADEIROS ENGENHEIROS ELECTRICOS QUE ESTÃO ABANDONADOS NESTA EMPRESA DESDE LUANDA, É SO CAMUNDONGOS E CABUVERDIANOS E A SUA ICOMPETENCIA DE SEMPRE.
leftCLUB-K.net é um portal informativo angolano ao serviço de Angola, sem afiliações políticas e sem fins lucrativos cuja linha editorial consubstancia-se na divulgação dos valores dos direitos humanos, educação, justiça social, analise de informação, promoção de democracia, denuncias contra abusos e corrupção em Angola.

O CLUB-K.net foi fundado aos 7 de Novembro de 2000, e é integrado por jovens angolanos (voluntários), com missão representativa em diversos países e reconhecido a nível internacional como uma organização não governamental.

REDES SOCIAIS

NEWSLETTER

Assine a nossa Newsletter para receber novidades na sua caixa de e-mail. "Gosta" da nossa página no Facebook para receber novidades na parede do seu perfil no Facebook.

INSERE O SEU E-MAIL