Nerika envenenada

1 1 1 1 1 Como classifica este artigo? 0.00 (0 Votos)

Lisboa – A  transferência da reclusa da prisão  de  Viana,   Nerika Ferreira Pires da Conceição  Loureiro  para a cadeia hospital do São Paulo, no bairro Nelito  Soares é justificada  pelas autoridades prisionais como conseqüência de um mau  estar da  cujos exames médicos  apontavam   para  envenenamento.

Fonte: Club-k.net

Em reação, a sessão feminina da cadeia de Viana,  redobrou  a fiscalização de  comestíveis que entram naquele estabelecimento por via familiares e visitantes.


Nerika Loureiro,  que é jurista de formação  foi condenada a 17 anos de prisão por ter sido culpada pelo assassinato  do esposo de 34 anos de idade, Lopo Loureiro, a 1 de Abril de 2010, no apartamento onde viviam no bairro Nova Vida, município do Kilamba Kiaxi.


Segundo as autoridades polícias, o homem sofreu mais de 10 golpes de tesoura e faca nas regiões do pescoço, tórax e abdómen, desconhecendo-se até ao momento, as razões do acontecido.


Nas suas diligências, a Polícia havia localizado a suposta autora do assassinato na portaria da Embaixada dos EUA, no Miramar, município da Ingombota, onde procurava refúgio, na companhia de dois filhos de pijama e sujos de sangue. Foi logo a seguir detida e condenada apresentando algo indícios de perturbações psicológicas que esta a ser igualmente observada na cadeia de São Paulo. 






Debate o tópico nas redes sociais:





Debate no Club-K:


NOTA: Os comentários postados neste portal são publicados sem edição prévia e são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. Por favor, leia os Termos de Uso. O Club-K reserva-se ao direito de moderar os comentários suspeitos de conter palavras ofensivas e apagar os que não cumpram as regras.



Comentários Arquivados:



Actualizar comentários 

0 azar 23-02-2013 10:05 #43
Agora agüenta as conseqüências
0 Free 17-02-2013 16:05 #42
É peena o k acontece com os seres humanos nestes últimos dias desse sistema iniquo de coisas. E um caso caricato na nossa urbe.mas quem somos nós pra julgar?...Deus deu autoridade aos governantes pra julgar os malfeitores.e a justiça foi feita.ñ há nada k se faça perante os olhos de Deus k ñ vem a superficié. Se ñ foi ela quem matou o marido. A justiça de Deus o todo poderoso trará um dia os criminosos a público.
0 Eme Kia 17-02-2013 00:30 #41
Autoridades policiais!!!!!!
Ignore o acenmto.
0 Maya 16-02-2013 22:21 #40
Aqui en Angola tinha que aver péna de morte para estes casos porque a família já negociou para livrar a criminosa lembra te e da faca que mataste dela vais pagar não importa a distancia mais vais pagar criminosa .
0 zua 16-02-2013 20:44 #39
bem feito
0 sofredor 16-02-2013 16:07 #38
E co muita pena que. O nosso pais esta governado por mafieiros
Ninquem sabera dos piores crimes dar .boa justica isto sim porque os tais sao classe dominante
0 Chicola-t Malik 16-02-2013 15:27 #37
Todo mal tem uma punição quem mata pela lei dos homens é crime e nos olhos do senhor é pecado, deve se respeitar a lei dos homens, trata-se a senhora e volta pra cadeia pra cumprir a pena e não vamos misturar as coisas.
0 lutar 16-02-2013 14:56 #36
....SE ME ESPETAM UMA FACADA, A SEGUNDA NAO SERA TAO FACIL,quanto mais oito e ela nao sofrer nenhum arranhao... E AGORA SERA QUE O FALECIDO ESTAVA A DORMIR ACORDADO ??? NAO ACREDITO....ALG UEM MATOU...O CASO FOI BEM ORQUESTRADO E FEITO POR PROFISSIONAIS.. ..ELA NAO MATOU NINGUEM E FOI OBRIGADA A TOMAR MEDICAMENTOS PARA ESTAR NO ESTADO EM QUE SE ENCONTRA.....OS ASSASSINOS ANDAM AI A SOLTA.....isto va dar um bom livro... um best seller esperem. pena que ela ja nao estara para pedir indeminizacoes. ....me aguardem....
+1 Samanta 16-02-2013 10:12 #35
Tdo truque ela ta boa é so alusinaçoes q a gaja ta ter ,tnbèm puderá n è pouca coisa o q ela fez...Tdo truque.....
+1 Zuela kidi - Malanje 15-02-2013 17:07 #34
É necessário que se investigue bem este caso, e encontrarem as verdadeiras razões que levaram a morte do jovem, porque tenho a plena certeza que este assassinato, não foi protagonizado isoladamente, tem mão de mais gente.
leftCLUB-K.net é um portal informativo angolano ao serviço de Angola, sem afiliações políticas e sem fins lucrativos cuja linha editorial consubstancia-se na divulgação dos valores dos direitos humanos, educação, justiça social, analise de informação, promoção de democracia, denuncias contra abusos e corrupção em Angola.

O CLUB-K.net foi fundado aos 7 de Novembro de 2000, e é integrado por jovens angolanos (voluntários), com missão representativa em diversos países e reconhecido a nível internacional como uma organização não governamental.

REDES SOCIAIS

NEWSLETTER

Assine a nossa Newsletter para receber novidades na sua caixa de e-mail. "Gosta" da nossa página no Facebook para receber novidades na parede do seu perfil no Facebook.

INSERE O SEU E-MAIL