A carregar...

Alta Comissária das Nações Unidas não viu a realidade angolana - UNITA

1 1 1 1 1 Como classifica este artigo? 0.00 (0 Votos)

Luanda - A UNITA disse hoje que a  Alta Comissária das Nações Unidas para os Direitos Humanos, Navi Pillay, se recusou a encontrar com partidos da oposição, saíndo de Angola com uma imagem totalmente falsa sobre a realidade dos direitos humanos no país.

*Manuel José
Fonte: VOA

ImagePillay visitou recentemente algumas zonas do país e avistou-se com representantes de organizações não governamentais e com membros do governo, tendo afirmado à sua partida que o governo está empenhado em fazer respeitar os direitos humanos.
Disse contudo que continua a haver violações dos mesmos.

O chefe, em exercício da bancada parlamentar da UNITA, Adalberto da Costa Júnior disse a Voz da América que Navy Pillay só viu o que lhe deixaram ver pelo executivo angolano.

"Sai de Angola com uma imagem completamente falsa, foi lhe mostrado o que convinha e não levou daqui o que devia levar," disse.

Como exemplo do que diz, Adalberto Júnior falou da viagem de Navy Pillay á Lunda-Norte, onde a esperava um grupo de activistas cívicos, mas o encontro  não se efectivou.

Pillay "levada a visitar algumas cadeias na Lunda-Norte onde ela apenas encontrou algumas montagens não reais destas cadeias," disse Adabelrto Júnior.

A Alta Comissaria da ONU não teve nenhum encontro com partidos políticos apesar da tentativa da UNITA, para o efeito.

"Nós solicitamos uma audiência com a Alta Comissária da ONU para os direitos humanos e foi nos dito que (ela) não encontraria nenhum partido político," disse o parlamentar da UNITA

O actual líder do grupo parlamentar dos maninhos lamentou igualmente o facto da alta comissária da ONU nao ter ido a Assembleia Nacional, para um debate sobre direitos humanos.

"Mesmo a nível da Assembleia Nacional não houve a oportunidade de estarmos num debate plural com tal signatária importante," acescentou

“É preocupante que quanto mais os anos passam mais se restringe a liberdade de optar e de reunir, há angolanos que estão a desaparecer em função das suas opiniões, há direitos constitucionais que são negados com consequências sobre a vida, " disse Adalberto Júnior.






Debate o tópico nas redes sociais:





Debate no Club-K:


NOTA: Os comentários postados neste portal são publicados sem edição prévia e são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. Por favor, leia os Termos de Uso. O Club-K reserva-se ao direito de moderar os comentários suspeitos de conter palavras ofensivas e apagar os que não cumpram as regras.



Comentários Arquivados:



Actualizar comentários 

0 londrino 06-05-2013 14:48 #17
o Agitador e Ex-Agitador sao as mesma pessoais um louco.
0 Doctor savimbi 06-05-2013 11:30 #16
O que o mpla nos encina aqui em angola e so mente robar isto indica que amesma chef navi foi orientada apartir de la ond saio que para nao emcontrar se com nenhum ldos lideres da o posiçaop porque se fazia isto emtao deparava se com muitas coisas chocantes e tristes isto nos faz entender que foi a propositado o nao emvio de observadores da uniao europeia eles so estam emteressados com o nosso petrólio e nao com os mizeraves dos angolanos que nós somos meus irmaos com a queda financeira do bloco europeu eles estam a escolher a queles lideres corruptos que vam de a cordo com as suas politicas e os seus interesses
+1 Manuel Quinta 05-05-2013 22:33 #15
Senhor Ex-agitador pra comentar é preciso andar e saber onde está mal onde está bem por isso convido-te! amanhã faz grande esforço vai no bairro s.pedro da barra de carro passa pelas estalaçoes da GDK junto a refinaria de Luanda veja com os teus olhos como a estrada está aí só passa tratores e camiões e carro que quer arriscar se o País quando cresce é assim estamos paiados!
-1 ex - A g i t a d o r 05-05-2013 16:15 #14
Este Adalberto tem se saído uma decepção!!!
Acha que em angola nao há direitos humanos e o gajo fala atoa até lixo e continua ai, isso nao é direito Huambo?
Ou direito humano é só o que a unita quer?
O País esta em crescimento, nas com a matumbisse da unita estamos paiados.
Ainda alguns comentaristas acham que a unita um dia vai fazer melhor( malucos), se esse dono dessas declarações é o único mulato que viveu na Itália muitos achos e o mais esperto que eles têm, penas assim e fala atoa, agora imaginem os bailundos matumbos que sao os chefes deles!!!!
+1 Domingos kalume 05-05-2013 10:27 #13
O governo não admitiu a comissaria dos direitos Humanos da ONU realizar um encontro com os partidos políticos, porque a realidade da situação angolana esta na posse dos partidos da oposição. A comissaria cumpriu apenas agenda do governo e, não cumpriu agenda das Nações Unidas.
+1 CARO ADALBERTO ... 05-05-2013 06:05 #12
A UNITA deve reunir com a restante oposição,
e escrever uma carta com aviso de receção, ou entregue pessoalmente numa audiência a solicitar, para o presidente da ONU e outra para a comissária a dizer e explicar o que diz aqui em Angola.

SÓ ISSO.
-2 FORMIGA 03-05-2013 23:58 #11
Nos princípios deontológicos encontramos os deveres do cidadão. Antes de se ser profissional, o homem é cidadão, e é sobre a estrutura deste, que se formam as estruturas profissionais." Há deveres que, antes de serem profissionais, são humanos e cívicos. Quando certas virtudes e bons hábitos faltam ao indivíduo, como cidadão, hão-de faltar naturalmente, ao profissional".
Por isso, importa ter em atenção certos deveres básicos comuns a qualquer ser humano digno deste nome e que por isso se pressupõe necessariamente no jornalista. Por sua própria natureza, nenhum governo pode permitir que certas pessoas, em nomes de imperativos morais de que elas próprias seriam os únicos juízes, se dispensa em obedecer à lei comum. Porque, se os Governos Democráticos toleram a expressão das ideias da oposição, nenhum tolera que um opositor ponha as suas ideias em prática, se essa acção implica a violação da lei, ou seja, esteja contra a vontade da maioria dos seus concidadãos.
-1 Damasceno Dias 03-05-2013 18:37 #10
Vê se com cada anedota...é de brandar aos ceús. Não respeitam a opnião contrária; Insultam-se; E querem estes tipos pensar que isto é democracia? Coitaditos!!! Ainda têm muito que "galgar" e saltitar...que tristesa. Não há quem ponha mão nesta libertinagem? Anedotas...
+1 londrino 03-05-2013 13:42 #9
o destino de Angola esta nas nossas maos por isso temos que nos unir e parar de pensar que a UNO ou Uniao Africana vao nos ajudar a tirar o regime do jes do poder,o caminho e pra frente e nao pra atraz.
0 anônimo 03-05-2013 12:22 #8
Jota Khal.Pareces mais esperto do que inteligente.

O estado tem o dever e a obrogação de garantir, a Educação e a Saúde que falas. Tudo o que o Adalberto diz é verdade. esqueça o passado e estuda de verdade
leftCLUB-K.net é um portal informativo angolano ao serviço de Angola, sem afiliações políticas e sem fins lucrativos cuja linha editorial consubstancia-se na divulgação dos valores dos direitos humanos, educação, justiça social, analise de informação, promoção de democracia, denuncias contra abusos e corrupção em Angola.

O CLUB-K.net foi fundado aos 7 de Novembro de 2000, e é integrado por jovens angolanos (voluntários), com missão representativa em diversos países e reconhecido a nível internacional como uma organização não governamental.

NEWSLETTER

Assine a nossa Newsletter para receber novidades na sua caixa de e-mail. "Gosta" da nossa página no Facebook para receber novidades na parede do seu perfil no Facebook.

INSERE O SEU E-MAIL