A carregar...

Huíla: Professores em greve vão manifestar-se

1 1 1 1 1 Como classifica este artigo? 0.00 (0 Votos)

Huíla - A decisão saiu de uma assembleia de emergência de professores realizada em pleno 1º de Maio convocada via mensagem telefónica que reuniu mais de dois mil professores numa das escolas da cidade do Lubango.

Fonte: VOA

A reunião analisou as comunicações do governo e do partido no poder que periodicamente emitem avisos para alertar não só sobre a ilegalidade da greve, mas também para advertir que não irá pagar os professores grevistas. Os professores irredutíveis prometem manter a greve e apelaram aqueles que ainda não aderiram à greve para o fazerem.

A greve completou quinta-feira três dias e nas escolas o clima de greve é visível. Salas e pátios vazios numa clara demonstração de adesão cada vez maior dos professores à paralisação.

O MPLA num comunicado do comité executivo do partido distribuído à imprensa esta quarta-feira, acusou o Sindicato dos Professores (SINPROF) de estar a ser instigado pelos partidos da oposição fragilizados com os resultados das eleições de 2012.

O secretário provincial do SINPROF, João Francisco, negou enfaticamente as acusações. “Desde os anos de guerra que nós temos vindo a desafiar para que provem a nossa coligação com partido político, que provem isso!”, disse. “Isso é atitude dos fracos”, acrescentou.

Para a secretária provincial da UNITA na Huíla, Amélia Judite, o seu partido alo negro não precisa recorrer das forças sindicais para se fazer ouvir. “Quando a UNITA quiser fazer uma manifestação por uma razão clara nós não precisaremos usar nem bodes expiatórios nem procuraremos sindicatos nem uma outra coisa, porque os angolanos estão aí para ouvirem a nossa voz”, disse.






Debate o tópico nas redes sociais:





Debate no Club-K:


NOTA: Os comentários postados neste portal são publicados sem edição prévia e são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. Por favor, leia os Termos de Uso. O Club-K reserva-se ao direito de moderar os comentários suspeitos de conter palavras ofensivas e apagar os que não cumpram as regras.



Comentários Arquivados:



Actualizar comentários 

0 Kopelipa eduardo dos 28-05-2013 22:33 #38
Haverá nova greve se não resolverem o problema em 120 dias.
Estamos fartos de promessas não cumpridas.
Queremos o nosso dinheiro.
0 Coreon Panacha 14-05-2013 11:02 #37
A policia anti mutim, saira a rua para reprimir os manifestantes, podem crer, mas nao desencoragem saiam e reevidiquem os seus direitos que bem merecem.
0 Edmundo calvino 08-05-2013 18:18 #36
força professores, pq se continuarmos mudos e xtarmos so a lamentar nao iremons a lugar nenhum. GREVE,GREVE,GRE VE...
0 celestino 06-05-2013 14:04 #35
Força ai na Huila estamos juntos, aq no Huambo nós tambem não vamos fazer o arranque das aulas do 2 Trimestre essse gajos estao a brincar com a nossa paciência eles não sabem que tem limite....
+1 WALDLENY 05-05-2013 19:48 #34
AGORA É QUE O MPLA DEVE TRABALHA MAIS E DISTRIBUIR MELHOR, SE NÃO RESOLVEREM O NOSSO PROBLEMA DENTRO DO PRAZO ESTIMULADO QUE É 120 DIAS VAMOS CONTINUAR A LUTAR PELOS NOSSOS DIRECTOS.

Professores de Angola para que haja ensino de qualidade lutaremos pelos nossos directo.,,,,,,, ,,,,Digam não a Reforma Educativa que so veio para aumentar o número de Analfabeto em Angola......... . Salas por baixo de Arvores e com mais de 85 Alunos,,,,,,,,, ,,,,, Onde vamos assim!!!!!!!!!! !!!
-1 Belshior Tchylynguti 05-05-2013 19:31 #33
deixam em paz a camarada ÁMELIA JUDITH
0 Belshior Tchylynguti 05-05-2013 19:26 #32
o sim prof sempre lutou para o bem dos professor na provincia da huila
-1 Belshior Tchylynguti 05-05-2013 19:22 #31
Que brincadeira. brada
+1 chicas 05-05-2013 16:23 #30
---------QUE DEUS VOS ABENCOE MEUS IRMAOS,,,,,,,,, VOCES VAO PRECISAR NESSA LUTA PELAS VOSSAS VIDAS,PELA VOSSA FAMILIA,,,,,,,, ,,,,MORTE AO MPLA----------- ------
0 Nzazi muangolé 05-05-2013 14:54 #29
Se não consideram a greve como um meio legal e pressionador duma entidade empregadora confinada a solucionar problemas de quem está aflito e com ensejo de ver repostos os seus direitos, bom seria que fosse revogada a aprovação da lei da greve na nossa constituição. A falta de sensibilidade, honestidade e sinceridade tem levado as varias atrocidades por parte das nossas entidades. É melhor não votar do que votar e não cumprir e se fizeres um voto não tarde em cumpri-lo para evitar que sejas pressionado por algo que você mesmo deliberadamente prometeu deixando desgraça para milhares de indefesos, " os alunos que nenhuma culpa têm"
leftCLUB-K.net é um portal informativo angolano ao serviço de Angola, sem afiliações políticas e sem fins lucrativos cuja linha editorial consubstancia-se na divulgação dos valores dos direitos humanos, educação, justiça social, analise de informação, promoção de democracia, denuncias contra abusos e corrupção em Angola.

O CLUB-K.net foi fundado aos 7 de Novembro de 2000, e é integrado por jovens angolanos (voluntários), com missão representativa em diversos países e reconhecido a nível internacional como uma organização não governamental.

REDES SOCIAIS

NEWSLETTER

Assine a nossa Newsletter para receber novidades na sua caixa de e-mail. "Gosta" da nossa página no Facebook para receber novidades na parede do seu perfil no Facebook.

INSERE O SEU E-MAIL