A carregar...

O jornalismo da barriga - Domingos Chipilica Eduardo

1 1 1 1 1 Como classifica este artigo? 0.00 (0 Votos)

Benguela - É normal entre nós a divisão de jornalistas da imprensa privada e da pública. A relação em muitos casos não é cordial, há exemplos de coberturas sem solidariedade entre a classe. Mas o que mais me admira são aqueles que quando têm o microfone ligado ou digitar/escrever dizem que está tudo bem, «o fulano garantiu, inaugurou, implementou, o povo agradeceu …».

Fonte: Club-k.net

Quando desligam ou posam a caneta reclamam/desabafam a fome e os problemas da vida. Por outro lado há outros que quando ligam os microfones ou digitam dizem/escrevem “está tudo mal, desde água ao pão, a corrupção é o vírus do regime». Porém quando a verdade vem acima são os chantagistas, cobram propinas para não divulgarem informações supostamente comprometedoras ou para divulgarem informações recebem troco. Está é uma realidade do jornalismo que ninguém quer falar. Dirão é especulação!


Há ainda o vírus da preguiça mental que chegou a medula, dificilmente se consulta dicionário ou outras formas de aprender, os mais experientes pensam que sabem muito e os mais novos não querem ser reprimidos, falta de humildade. Por isso a evolução é assim-assim.

É verdade que a luta licita para o nosso sustento é prioridade contudo passa ser preocupante quando se inverte «a barriga sobre todas as coisas». È também verdade que as condições de trabalho/impedimentos/”censura”… Não permitem que se faça um exercício livre, quem não sabe deve estar a viver num outro país e não este. Agradeço profundamente aos bons profissionais desta classe.

Que o jornalismo seja para além da barriga!
Cidadão angolano






Debate o tópico nas redes sociais:





Debate no Club-K:


NOTA: Os comentários postados neste portal são publicados sem edição prévia e são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. Por favor, leia os Termos de Uso. O Club-K reserva-se ao direito de moderar os comentários suspeitos de conter palavras ofensivas e apagar os que não cumpram as regras.



Comentários Arquivados:



Actualizar comentários 

0 lei 06-05-2013 13:03 #10
muito lamentavel
-1 FORMIGA 04-05-2013 19:41 #9
O direito de ser tratado pelo outro como um ser digno e avaliado com justiça é, também, uma questão de Democracia, pois interfere com a liberdade, a igualdade e a essencial dignidade da pessoa. A liberdade de imprensa sub - entende a boa-fé, a verdade e o respeito do pluralismo de opiniões. Não há um direito de incitar à desobediência civil/militar, ódio político/religi oso, injuriar ou difamar, em nome da liberdade de expressão ou de informação. Haja equilíbrio entre a liberdade de imprensa e os direitos ao bom-nome, à reputação e à intimidade, pois a imputação de factos ofensivos da honra ou consideração de alguém constitui crime. A liberdade de imprensa não pode ser justificada através de mecanismos de descrédito, maledicência, intriga e boato. É indispensável adoptar, com urgência, um discurso de responsabilidad e cívica e práticas políticas mais racionais. A actividade política deve tornar-se ‘des-profission alizada’ e aproximar-se de outras actividades sociais e patrióticas.
-2 FORMIGA 03-05-2013 23:50 #8
Nos princípios deontológicos encontramos os deveres do cidadão. Antes de se ser profissional, o homem é cidadão, e é sobre a estrutura deste, que se formam as estruturas profissionais." Há deveres que, antes de serem profissionais, são humanos e cívicos. Quando certas virtudes e bons hábitos faltam ao indivíduo, como cidadão, hão-de faltar naturalmente, ao profissional".
Por isso, importa ter em atenção certos deveres básicos comuns a qualquer ser humano digno deste nome e que por isso se pressupõe necessariamente no jornalista. Por sua própria natureza, nenhum governo pode permitir que certas pessoas, em nomes de imperativos morais de que elas próprias seriam os únicos juízes, se dispensa em obedecer à lei comum. Porque, se os Governos Democráticos toleram a expressão das ideias da oposição, nenhum tolera que um opositor ponha as suas ideias em prática, se essa acção implica a violação da lei, ou seja, esteja contra a vontade da maioria dos seus concidadãos.
0 anonimo frustrado 03-05-2013 16:25 #7
Aos leitores do clube k.favor ajudem a divulgar isso p ver se alguem nos houve.parece k em santa clara.na instituicao do ministerio das financas k se chama alfandegas ha subordinadas k mandam mais k os chefes.me parece k vieram com a missao de por angola no terceiro posto de maior economia do mundo.e k importar pela santa clara e sofrer hhmilhacao pelos funcionarios aduaneiro.de salientar k o inferno comeca na area tecnica ou seja UPD.quem ja importou na santa clara ou ja foi submetido a inspensao k o diga...
+1 londrino 03-05-2013 12:22 #6
meus manos no dia que voces assistirem a TPA Internacional ate vao ficar com vontade de vomitar por causa da propaganda barata do MPLA na diaspora,estamo s mal.

O JORNALISMO DE VERDADE JA MORREU A BASTANTE TEMPO EM ANGOLA DEVIDO A CENSURA DO MPLA.
0 fala verdade 03-05-2013 09:28 #5
lembre-se que a TPA e voçê por enquanto depois vai ser devolvida pra o povo porque ela é popular não privada
+1 fala verdade 03-05-2013 09:26 #4
nâo duvida se fosse um membro do MPLA fora do país a TPA 1 e 2 os jornalistas todos já estavam a passar a noticia 24/24 horas mais pra os partidos da oposição nada!
+1 pires feliciano 03-05-2013 09:24 #3
Foi exatamente a 20° anos deste 03 de Maio que garante o dia internacional das liberdade para toda humanidade
que o regime de Jes com seu Vampiro deve respeitar,obser var e garantir aos Angolanos.para aqueles de mentalidade livre com surgimento deste Portal de Club-k gagnamos um meio de livre expressao respeitando o seu codigo deontologica permitiu o que estamos a exercer ou seja o Jornalismo cidadao e esta a trazer os seu efeito para o combate aos inimigo da nossa liberdade.
+1 Mikute malagueta 03-05-2013 08:17 #2
Nao estou acreditar que em Angola a comunicacaomsoc ial e do Mpla, veja só a pouca vergonha, nas fotos i
Ustuladas também esta aí a bandeira do Mpla, porra vão para o p........
+1 goolön 03-05-2013 07:39 #1
unita xta a meter medo ao mpla. nao estao a dormir, em conferencia ha um bujo p falar ao chefe
leftCLUB-K.net é um portal informativo angolano ao serviço de Angola, sem afiliações políticas e sem fins lucrativos cuja linha editorial consubstancia-se na divulgação dos valores dos direitos humanos, educação, justiça social, analise de informação, promoção de democracia, denuncias contra abusos e corrupção em Angola.

O CLUB-K.net foi fundado aos 7 de Novembro de 2000, e é integrado por jovens angolanos (voluntários), com missão representativa em diversos países e reconhecido a nível internacional como uma organização não governamental.

NEWSLETTER

Assine a nossa Newsletter para receber novidades na sua caixa de e-mail. "Gosta" da nossa página no Facebook para receber novidades na parede do seu perfil no Facebook.

INSERE O SEU E-MAIL