O jornalismo da barriga - Domingos Chipilica Eduardo

Benguela - É normal entre nós a divisão de jornalistas da imprensa privada e da pública. A relação em muitos casos não é cordial, há exemplos de coberturas sem solidariedade entre a classe. Mas o que mais me admira são aqueles que quando têm o microfone ligado ou digitar/escrever dizem que está tudo bem, «o fulano garantiu, inaugurou, implementou, o povo agradeceu …».

Fonte: Club-k.net

Quando desligam ou posam a caneta reclamam/desabafam a fome e os problemas da vida. Por outro lado há outros que quando ligam os microfones ou digitam dizem/escrevem “está tudo mal, desde água ao pão, a corrupção é o vírus do regime». Porém quando a verdade vem acima são os chantagistas, cobram propinas para não divulgarem informações supostamente comprometedoras ou para divulgarem informações recebem troco. Está é uma realidade do jornalismo que ninguém quer falar. Dirão é especulação!


Há ainda o vírus da preguiça mental que chegou a medula, dificilmente se consulta dicionário ou outras formas de aprender, os mais experientes pensam que sabem muito e os mais novos não querem ser reprimidos, falta de humildade. Por isso a evolução é assim-assim.

É verdade que a luta licita para o nosso sustento é prioridade contudo passa ser preocupante quando se inverte «a barriga sobre todas as coisas». È também verdade que as condições de trabalho/impedimentos/”censura”… Não permitem que se faça um exercício livre, quem não sabe deve estar a viver num outro país e não este. Agradeço profundamente aos bons profissionais desta classe.

Que o jornalismo seja para além da barriga!
Cidadão angolano





Debate este tópico, deixe o seu comentário:



Debate este tópico nas redes sociais:

Quem Somos

CLUB-K ANGOLA

CLUB-K.net é um portal informativo angolano ao serviço de Angola, sem afiliações políticas e sem fins lucrativos cuja linha editorial consubstancia-se na divulgação dos valores dos direitos humanos, educação, justiça social, analise de informação, promoção de democracia, denuncias contra abusos e corrupção em Angola.

O CLUB-K.net foi fundado aos 7 de Novembro de 2000, e é integrado por jovens angolanos (voluntários), com missão representativa em diversos países e reconhecido a nível internacional como uma organização não governamental... Leia mais...

Mais ...

Envie Artigos, Fotos e Vídeos para o Club-K

Anúncios Publicitários

Regras para Submissão de Comentários

Galeria de Fotografias

Galeria de Vídeos

Contactos:

  • E-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

  • WhatsApp: (+244) 918 512 433 Para uso no aplicativo WhatsApp apenas!

  • Angola : (+244) 943 939 404 

  • Reino Unido : (+44) 784 848 9436

  • EUA: (+1) 347 349 9101 

Newsletter

Assine a nossa Newsletter para receber novidades diárias na sua caixa de e-mail.

Siga-nos no Facebook, Twitter e YouTube para receber novidades do Club-K.

INSERE O SEU E-MAIL