Luanda - O presidente da Convergência Ampla de Salvação de Angola - Coligação Eleitoral (CASA-CE), deixa este sábado, 04, o país para um périplo de 21 dias que o levará a Portugal, França, Reino Unido e Estados Unidos.

Fonte: Club-k.net

Líder da CASA-CE ao encontro da diáspora

O programa geral da visita foi anunciado nesta terça-feira, em conferência de imprensa, e inscreve a realização de contactos com as comunidades angolanas residentes, assim como entidades oficiais a diversos níveis do poder.

Na França, o programa inscreve um encontro com a Celule Africaine da presidência, no Reino Unido a visita ao ministério dos Negócios Estrangeiros e nos EUA, encontros na Comissão dos Negócios Estrangeiros e no Congresso.

“Queremos partilhar com as comunidades, a visão da CASA-CE sobre Angola e as propostas de solução para os problemas que vivemos presentemente”, sublinhou Lindo Tito, responsável da comunicação e marketing.

VIAGEM CUSTA USD 67 428.00

Com Abel Chivukuvuku, presidente da coligação, seguirá Manuel Fernandes (vice-presidente), André Mendes de Carvalho (presidente do grupo parlamentar),  William Tonet (Conselheiro junto da presidência), Milú Tonga (assistente principal do presidente da CASA-CE), um repórter e um assistente pessoal.

Sessenta e sete mil dólares americanos é quanto custará a deslocação da delegação, com gastos em bilhetes de passagem, transporte e alimentação e segundo anunciou o porta-voz da coligação, decidiram tornar público este valor, pela transparência na gestão.




DEBATE ESTE TÓPICO NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE ESTE TÓPICO NO ANÓNIMATO: