Washington não recebe George Chicoty

Washington -  O Secretário de Estado Norte-Americano, John Kerry, mostrou-se indisponível para receber o Ministro angolano das Relações Exteriores, George Chicoty, que tinha já uma audiência marcada e confirmada há quase um mês.

Fonte: Club-k.net

Seria recebido esta segunda-feira, 6

A visita de Chicoty a Washington deveria iniciar hoje, 6 de Maio, e incluía contactos com membros do Congresso e organizações da sociedade civil. Chicoty seria portador de uma mensagem pessoal do Presidente José Eduardo dos Santos ao seu homólogo americano.


Embora haja conhecimento  de  que  John Kerry  seguiu  neste mesmo dia, 6  para  a Rússia,  a fim de  se  reunir com o presidente  Vladimir Putin  sobre a Síria,  analistas conhecedores das relações bilaterais entre os dois países  revelam-se  divididos sobre as razões reais que estarão por detrás desta alteração pouco usual.  Uns defendem a versão oficial, que é “uma questão de calendário face a alteração da situação no Médio Oriente”, outros admitem que se deve ao facto de Angola não ter feito progressos no capítulo dos direitos humanos, democracia e boa governação.  Há, também quem aponte um suposto “efeito Samakuva”.


O  líder da UNITA, Isaías Samakuva, esteve em Washington de 21 a 25 de Abril e entregou no Departamento de Estado o dossier “Queixa-crime  contra José Eduardo dos Santos, Kopelipa &  outros”; o dossier “Kamulinde e Cassule”, o dossier “Cabinda” e vários dossiers que documentam como a corrupção do regime empobrece cada vez mais a maioria dos angolanos.


Samakuva manteve contactos oficiais e informais com os vários círculos influentes da política americana que terão alterado a percepção dos americanos sobre a situação em Angola. Há, conhecimento de que os  lobbies que a Cidade Alta mantém em Washington não conseguiram anular a investida do “Galo Negro”.

De recordar que as  autoridades angolanas  tem tentado desde 2012 um encontro a nível dos responsáveis da diplomacia dos dois países.  Já em finais de Setembro do ano passado, a então    Secretária de Estado norte americana, Hillary  Clinton  “recusou”,   um  pedido  formulado,  a partir de Luanda,  pelo    Ministro das Relações Exteriores, George Chicoty, a  solicitar  uma audiência que  teria lugar em Nova Iorque a margem de uma Assembléia Anual  das Nações  Unidas.


A actual  frieza  que se atribuía  aos  Estados Unidos em relação a Angola   é interligada a conduta que estes passaram a ter no seguimento da realização das eleições gerais de 31 de Agosto, ao qual manifestam duvidas quanto a sua autencidade.


O Presidente norte-americano, Barack Obama, aprovou, em 2012,  uma directiva para África, com menção especifica para  a Angola, dando prioridade a programas de promoção da democracia e boa governação.

Desde a subida de Barack Obama ao poder, os Estados Unidos da América adoptaram uma política de pressão contra os lideres políticos mundiais que se fazem eleger com recurso a métodos extra-eleitorais.






Debate este tópico nas redes sociais:

Comente via Facebook, Hotmail, Yahoo ou AOL!




Debate este tópico no Club-K:

Comente no Anónimato (sem iniciar sessão) ou via Redes Sociais (Facebook, Twitter, Google ou Disqus)!

Quem Somos

CLUB-K ANGOLA

CLUB-K.net é um portal informativo angolano ao serviço de Angola, sem afiliações políticas e sem fins lucrativos cuja linha editorial consubstancia-se na divulgação dos valores dos direitos humanos, educação, justiça social, analise de informação, promoção de democracia, denuncias contra abusos e corrupção em Angola.

Informamos o público sobre as notícias e informações ausentes nos canais informativos estatal.  Proporcionamos ao público uma maneira de expressar publicamente as suas opiniões sobre questões que afectam o dia-a-dia, qualidade de vida, liberdades e justiças sociais em Angola... Leia mais

 
 

Direcção consultiva
- Barbosa Francisco  (New York) - IT
- Massano Jorge ( New York) - Editor Principal
- Juca Manuel (New York) - Editor
- Noel Pedro (Lisboa) - Revisor
- Marcos Miguel (Brasil) - Editor
- Júlio Beto - (Holanda) - Editor
- Simão Manuel - (França - Editor
- Juca Fernandes - (Alemanha) - Editor


Telefone: New York: (315) 636 5328

Contactos

 

  • E-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

  • WhatsApp: (+244) 918 512 433 Para uso no aplicativo WhatsApp apenas!

  • Reino Unido : (+44) 784 848 9436

  • Buffalo / EUA: (+1) 347 349 9101 

  • New York /USA: (+1) 315 636 5328

Newsletter

Assine a nossa Newsletter para receber novidades diárias na sua caixa de e-mail.

INSERE O SEU E-MAIL

// TAG FOR ADVERTISEMENT