A carregar...

Filho de José Eduardo dos Santos e produtora Até ao Fim do Mundo compram Lux

1 1 1 1 1 Como classifica este artigo? 3.38 (8 Votos)

Luanda - A Prisa vendeu as revistas Lux, Lux Woman e Revista dos vinhos à sociedade luso-angolana Masemba. A empresa de direito português, fundada a 8 de abril, tem como sócios a produtora portuguesa Até ao Fim do Mundo e a angolana Semba. Fundada em 2006 como uma agência de comunicação vocacionada para o rebranding, a Semba tem entre os sócios Sérgio Neto e José Eduardo Paulino dos Santos (filho do presidente angolano).


Fonte: Dinheirovivo

Renato Freitas, um dos sócios da produtora Até ao Fim do Mundo (juntamente com Ricardo Freitas, Agostinho Ribeiro e Paulo Camacho), é o gerente da Masemba.


A compra das revistas até aqui detidas pela Progresa, editora de revistas da Prisa, representa a mais recente colaboração entre a produtora portuguesa e a empresa angolana, agora em Portugal.


Em Angola, as duas empresas têm vindo a trabalhar em conjunto desde 2007 em projetos televisivos locais, nomeadamente a reformulação e rebranding da TPA2 e na TPA Internacional, canais públicos angolanos.


As intervenções surgiram após um convite endereçado pela Westside Investments. A consultora, da qual Tchizé dos Santos é uma das responsáveis, tinha sido convidada pelo Ministério da Comunicação Social de Angola para o desenvolvimento de projectos para a TPA.


O valor da venda das revistas não foi divulgado, mas em comunicado a Media Capital - grupo controlado pela Prisa - afiança que o acordo agora alcançado é um "importante passo" , para o "estabelecimento de parcerias fortes para o desenvolvimento de projetos que visem consolidar a sua estratégia de diversificação de atividades e alargamento das linhas de negócio".






Debate o tópico nas redes sociais:





Debate no Club-K:


NOTA: Os comentários postados neste portal são publicados sem edição prévia e são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. Por favor, leia os Termos de Uso. O Club-K reserva-se ao direito de moderar os comentários suspeitos de conter palavras ofensivas e apagar os que não cumpram as regras.



Comentários Arquivados:



Actualizar comentários 

0 Sambizanga 06-06-2013 13:16 #38
HUmmmmmmmmm aiwe Angoleeeee.
0 indevido não identif 05-06-2013 12:44 #37
OS DORIGENTES AFRICANO SÃO BOELOS TODO DINHEIRO ROUBADO DO POVO ELES GUARDÃO NO ESTRANGEIRO, DEPOIS O PULA COMO E INTELIGENTE DESDE MIUDO FICÃO COM TODA MASSA. JA VIRÃO UM PULA A VIR EM AFRICA GUARDER O SEU KUMBO. E ENTÃO .
-1 cutaca 05-06-2013 03:04 #36
tudo o que ta em portugal é nosso vamos recuperar tudo o que nos roubaram
0 Fantasma de Nito Alv 05-06-2013 00:21 #35
Este ganhou o dinheiro a vender um buraco só pode, uma diz que não é rica, outra vendeu ovos, outro diz na CNN que não há angolano mais qualificado e preparado para gerir o fundo do petróleo, até quando meu povo vocês vão acreditar nesta palhaçada
0 . 04-06-2013 23:13 #34
Esperem pela verdade . Vai chegar e vamos todos ver
0 Toledo borges 04-06-2013 15:33 #33
em Angola ta da Medo brothers,da forma q aqueles agentes da policia foram brutalmente assassinados e de lamentar, q Eles descansem em paz
0 cona da mãe do JES 04-06-2013 15:12 #32
filha da puta deste presidente porque que ele não juntamente com os filhos, sacrificamos alguns para o beneficio da maioria.
0 caca 04-06-2013 15:10 #31
estamos vendidos e bem vendidos
0 luisa 04-06-2013 14:33 #30
a minha unica esperança é q tudo tem um fim, e nada dura p sempre... aqui se come, aqui se caga
0 Porra 04-06-2013 10:14 #29
AGORA QUE A TUGA DA UMA MERDA COMPRAM. NÃO TEM IDEIA DE QUE OS TUGAS JÁ NÃO TEM CUMBUM RAZÃO PELA QUAL ESTÃO VENDENDO TODA MERDA DE LÁ E OS LIXOS DE ANGOLA SÓ COMPRAM SEM ANALISAR. FOI A POUCO QUE UM FILHO DA MÃE VEIO A PUBLICO AFIRMAR QUE A PUTA DO ESTADO NÃO PAGA AS CONTAS AGORA VAI PARA A PORRA DO EXTRANGEIRO GASTAR MAIS DINHEIRO. MAS QUE RAIO DE MERDA É ESTA PÁ. FILHOS DA QUILO AI......!!!!!!! !!====))))((((( »»»»
leftCLUB-K.net é um portal informativo angolano ao serviço de Angola, sem afiliações políticas e sem fins lucrativos cuja linha editorial consubstancia-se na divulgação dos valores dos direitos humanos, educação, justiça social, analise de informação, promoção de democracia, denuncias contra abusos e corrupção em Angola.

O CLUB-K.net foi fundado aos 7 de Novembro de 2000, e é integrado por jovens angolanos (voluntários), com missão representativa em diversos países e reconhecido a nível internacional como uma organização não governamental.

NEWSLETTER

Assine a nossa Newsletter para receber novidades na sua caixa de e-mail. "Gosta" da nossa página no Facebook para receber novidades na parede do seu perfil no Facebook.

INSERE O SEU E-MAIL