A carregar...

Polícia Nacional mata dirigentes da UNITA no Kikolo - Cacuaco

1 1 1 1 1 Como classifica este artigo? 3.36 (21 Votos)

Cacuaco - António Zola Kamuku, secretário comunal do Kikolo e Filipe Sachova Chakussanga Inspector municipal da UNITA em Cacuaco foram assassinados esta madrugada no em suas casas por efectivos da polícia nacional.


Fonte: Unitaangola

As duas horas e trinta minutos bateram a porta identificando-se como autoridade e o António Zola Kamuku ao abrir a porta acompanhado de sua esposa recebeu como resposta disparos de arma de fogo contra o seu corpo.


Um outro responsável da UNITA que em vida respondia pelo nome de Filipe Chakussanga foi levado de sua casa também esta madrugada e abatido a alguns metros.


Filipe Sachova Chakussanga era Inspector municipal da UNITA em Cacuaco.


Na madrugada de sábado, 1 de Junho de 2013, foram mortos três agentes da polícia, que se encontravam em serviço na esquadra móvel do Bairro Paraíso, município de Cacuaco.


De acordo com o comunicado da corporação, Finda Pedro João, Augusto Gomes Neto e Dário dos Santos Faria, foram mortos por individuos não identificados, numa zona que o segundo comandante da PNA de Luanda, Francisco Ribas caracterizou como critica em termos de criminalidade.


Estamos perante uma reedição da caça-homem destinado a eliminação selectiva dos militantes da UNITA. Vão nos acabar assim, disse um dos militantes da UNITA em Cacuaco, para não restam dúvidas de que as mortes dos homens da UNITA fazem parte da estratégia de provocar a reacção do Galo Negro, para haver em Angola mais um banho de sangue, como o de 1992 e 1993.


Um observador atento a realidade angolana e conhecedor da actuação do regime angolano avançou que a morte dos policiais poder ser usada como pretesto para a eliminação dos quadros fortes da UNITA em Cacuaco, onde o galo negro ganhou as eleições de 31 de Agosto de 2012.






Debate o tópico nas redes sociais:





Debate no Club-K:


NOTA: Os comentários postados neste portal são publicados sem edição prévia e são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. Por favor, leia os Termos de Uso. O Club-K reserva-se ao direito de moderar os comentários suspeitos de conter palavras ofensivas e apagar os que não cumpram as regras.



Comentários Arquivados:



Actualizar comentários 

0 Estranho 09-06-2013 10:53 #96
E estranha ver neste jornal que noticia da morte dos dois senhores pertencentes a Unita houve uma matéria para falar sobre isso mas em relaciona a morte dos 3 policias ja nao! Porque será??.
0 Demétrios K Tulumba 09-06-2013 10:30 #95
Devemos construir a paz duradoura q é a paz dos corações, parem de matar. Não ,é matando um revolucionário que acaba com Revolução.
0 Aston 08-06-2013 22:20 #94
E triste a final somos todos Angolanos embora opinioes differente, mais a final a democracia e mesmo assim. Que a Justica faca o seu trabalho e Viva angola Libre.
0 LR 08-06-2013 21:33 #93
O PAÍS ESTA NUMA SITUAÇÃO DE TENSÃO, DEVEMOS TODOS ESTAR DE CABEÇA FRIA E EXIGIR QUE SE REPONHA A ORDEM E O RESPEITO PELO SER HUMANO, NÃO SÓ POR PARTE DA POLÍCIA MAS, TB POR NOSSA PARTE; VEZES HÁ K ATE BRIGA NA ESTRADA POR CAUSA DO ENGARRAFAMENTO SAI MORTE...MAS ONDE VAMOS PARAR? ESTE GOVERNO DEVE PASSAR AS PASTAS PARA SALVAGUARDAR O POUCO DE DIGNIDADE QUE AINDA RESTA DESTE POVO E LUTAR AINDA MAIS PELO AMOR AO PRÓXIMO PARA GARANTIR UM FUTURO SEGURO PARA OS NOSSOS FILHOS....BOM FIM DE SEMANA
+2 paulo tolola 08-06-2013 11:43 #92
o regimi do mpla continua a matare pessoas exemplo na areia braca junto a nova marginal distruiram as casas de champa maltrantaram as familias bater abuso sexual com resultado de 2 mortos mas nao falaram nada quem contam isto sao as pessoas que viveram esta realidade a inda onte vimos os maltrantos da policia da pir,da ordem publica,ante os fiscas isto foi ao vivo nos aver so nao dechavam terar fotografia o governo e contra o povo
-1 Ninguel 07-06-2013 10:12 #91
Vces precisam crescer, estarem maIs atentos as situações e avetar fazer comentários sem verteras dos acontecimentos. Comentam a morte dos dois (2) e nem arriscam faler dos três (3). Que eu saiba, todos foram barbaramente assassinados. Cabe aos órgãos de direito esclarecerem o ocorrido nestes dois casos. Juventude, preocupem-se com o crescimento do pais, exiba as vossas competências para ajudar d'alguma forma mas prantica. Acredito que vocês podem mais do que isso que demostram nas vossas criticas. Apresete soluções sem incitações a dezacatos.
0 FP 06-06-2013 15:18 #90
Eu quero uma oposição forte e os que estão no puder, devem monstrar trabalho, não cobardia, deixam a oposição em paz, preocupam-se com aqueles q dezem servir melhor o q não se vê em toda a população.
0 FP 06-06-2013 15:09 #89
População angolana abram os olhos, cuidado com as armadilhas da aqueles q pensa Angola ser propriedades deles, como alguns angolanos estão abrir o olho, já estão fomentar a confusão, se Angola é um país democratico, a polícia tem de ser imparcial, olham no Brasil e copiam como os orgãos de justiça tratam os dirigentes canalhas, bantidos e outros.
0 FP 06-06-2013 15:00 #88
Isto é Angola, mas devemos mudar de mentalidade, tanto os polícias, os dirigentes da UNITA são angolanos, chega de morte.
0 Mwakunda Nawi 06-06-2013 10:30 #87
Aonde a maior parte dos intelectuais resmungam sobre ti hoje, amanha o analfabeto vai dar conta do recado e te darão as costas. As viagens k Samakuva e Chivukuvuku têm feito para o estrangeiro é a busca de experiencia de boa governaçao. Deixa de admitir k a policia faça execuçoes noturnas se não capturas para cadeia. É crime. Cada dia k passa o angolano xta aprender e saber do seu páis e seus direitos como cidadao. Favor não mais a guerra mas sim, distribua melhor e k tem k chegar pra nós todos e dizer a policia pra no mator mais ninguem k mantenham a ordem e tranquilidade à população.
leftCLUB-K.net é um portal informativo angolano ao serviço de Angola, sem afiliações políticas e sem fins lucrativos cuja linha editorial consubstancia-se na divulgação dos valores dos direitos humanos, educação, justiça social, analise de informação, promoção de democracia, denuncias contra abusos e corrupção em Angola.

O CLUB-K.net foi fundado aos 7 de Novembro de 2000, e é integrado por jovens angolanos (voluntários), com missão representativa em diversos países e reconhecido a nível internacional como uma organização não governamental.

NEWSLETTER

Assine a nossa Newsletter para receber novidades na sua caixa de e-mail. "Gosta" da nossa página no Facebook para receber novidades na parede do seu perfil no Facebook.

INSERE O SEU E-MAIL