Sem saída de dos Santos não haverá mudança - Chivukuvuku

Luanda - O líder da  CASA CE, Abel Chivukuvuku condenou a violência da polícia contra a vigília na Segunda-feira pelos dois activistas desaparecidos há um ano, Alves Kamulingue e Isaías Cassule.

*Manuel José
Fonte: VOA

“ CASA CE deplora o carácter autoritário do regime que mais uma vez reagiu a direitos fundamentais dos cidadãos, direitos de manifestação com violência excessiva o que é inaceitável num estado democrático,” disse Chivukuvuku.

O líder da CASA CE falava em conferência de imprensa convocada  fazer o balanço do périplo que a delegação da coligação efectuou a Portugal, Franca,
Inglaterra e nos Estados Unidos da América.

Abel Chivukuvuku considerou que enquanto José Eduardo dos Santos continuar no poder em Angola, o país jamais vai mudar para melhor.

"Enquanto José Eduardo dos Santos for presidente da república de Angola o actual contexto vai prevalecer, não haverá mudança, não há indicadores que possam fazer acreditar numa mudança," disse.

Chivukuvuku afirmou que há uma situação social de risco em Angola, onde mais de metade da população está votada a pobreza extrema.

"Temos em Angola uma estrutura social de risco com mais de 60% da população 'e pobre, muito pobre e uma mínima percentagem desta população muito rica em dez anos sem justificação," acrescentou.

Para o líder da CASA CE “ é  uma ilusão que está a ser incutida aos angolanos de que a estabilidade do país deve-se a um chefe forte ou autoritário”.

“É exactamente o contrario: Um chefe forte e autoritário é um perigo à estabilidade do país,” disse acrescentando que “o fundamental 'e termos instituições fortes e processos políticos credíveis".

"As nossas instituições ainda são condicionadas pelo poder executivo que são caixas de ressonância da vontade do detentor do poder executivo,” disse.

”As instituições sao fracas, " acrescentou.

A digressão ao exterior do país serviu para a CASA-CE assegurar que
nas próximas eleições de 2017, os angolanos residentes no estrangeiro
possam votar e não foi como alguns pretendem fazer crer para fazer queixas.

" A CASA assumiu a responsabilidade, para que nas próximas eleições, os angolanos na diáspora participem na votação porque são cidadãos iguais aos outros,” disse.

“Aa nossa viagem não foi novidade nenhuma porque eles sabem o que passa em Angola: corrupção, nepotismo, má governação,” afirmou Chivukuvuku .

“Portanto só ignorância e irresponsabilidade faz com que pessoas utilizem termos como 'queixinhas'," acrescentou Chivukuvuku numa alusão a recnetes declarações do Secretário Provincial em Luanda do MPLA para assuntos políticos, sociais e económicos Norberto Garcia.

Garcia disse que a deslocação de Chivukuvuku ao estrangeiro, bem como aquela do presidente da UNITA Isaías Samakuva, se destinavam a “fazer queixinhas” no estrangeiro devido á sua incapacidade de ganharem eleições em casa.






Debate este tópico nas redes sociais:

Comente via Facebook, Hotmail, Yahoo ou AOL!




Debate este tópico no Club-K:

Comente no Anónimato (sem iniciar sessão) ou via Redes Sociais (Facebook, Twitter, Google ou Disqus)!

Quem Somos

CLUB-K ANGOLA

CLUB-K.net é um portal informativo angolano ao serviço de Angola, sem afiliações políticas e sem fins lucrativos cuja linha editorial consubstancia-se na divulgação dos valores dos direitos humanos, educação, justiça social, analise de informação, promoção de democracia, denuncias contra abusos e corrupção em Angola.

Informamos o público sobre as notícias e informações ausentes nos canais informativos estatal.  Proporcionamos ao público uma maneira de expressar publicamente as suas opiniões sobre questões que afectam o dia-a-dia, qualidade de vida, liberdades e justiças sociais em Angola... Leia mais

 
 

Direcção consultiva
- Barbosa Francisco  (New York) - IT
- Massano Jorge ( New York) - Editor Principal
- Juca Manuel (New York) - Editor
- Noel Pedro (Lisboa) - Revisor
- Marcos Miguel (Brasil) - Editor
- Júlio Beto - (Holanda) - Editor
- Simão Manuel - (França - Editor
- Juca Fernandes - (Alemanha) - Editor


Telefone: New York: (315) 636 5328

Contactos

 

  • E-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

  • WhatsApp: (+244) 918 512 433 Para uso no aplicativo WhatsApp apenas!

  • Reino Unido : (+44) 784 848 9436

  • Buffalo / EUA: (+1) 347 349 9101 

  • New York /USA: (+1) 315 636 5328

Newsletter

Assine a nossa Newsletter para receber novidades diárias na sua caixa de e-mail.

INSERE O SEU E-MAIL

// TAG FOR ADVERTISEMENT