Angola "passa no teste" com o Kabuscorp

Lisboa - A seleção angolana de futebol derrotou domingo no estádio 11 de Novembro, em Luanda, a equipa do Kabuscorp do Palanca, por 2-1, na preparação para o jogo de sábado, diante do Senegal, para a quarta jornada do grupo J de apuramento ao mundial de 2014, no Brasil.

Fonte: Desporto.sapo.pt

O jogo assistido por cerca de mil pessoas, entre os quais o presidente da Federação Angolana de Futebol (FAF), Pedro Neto, começou com estudo mútuo entre os dois conjuntos, com a seleção a tentar procurar vantagem face ao desgaste físico da formação do bairro Palanca, que sábado venceu o Santos FC para o Girabola.

Sem maior esforço para se evitar lesões, os Palancas Negras inauguraram o marcador aos 21 minutos dos 40 previstos, por Mateus Galiano, que rematou forte sem dar chances de defesa ao guarda-redes Abula.

Pelo onze inicial, o treinador Gustavo Ferrin deverá fazer poucas alterações para o desafio de sábado, com a chegada esta segunda-feira ao país de Geraldo e Guilherme Afonso.

O Kabuscorp utilizou no onze os jogadores que maioritariamente enfrentaram o Santos (excepto o camaronês Meyong). Empatou por Seleo, que entrou para o lugar de Love Kabungula, aos 37 minutos, aproveitando desatenção do sector defensivo dos Palancas Negras.

Após o intervalo, a equipa de Ferrin reentrou com muitas alterações, com o guarda-redes Hugo para o Lugar de Landu, Gomito, Mingo Bille, Mussumary, Mabina, Mabululu, Ary Papel, Mano, Manuel e Adawa, que ocuparam posições dos restantes companheiros, o mesmo aconteceu do lado do Kabuscorp, líder do Girabola.

A segunda equipa entrou mais compacta, rápida na transição da bola da defesa ao ataque, onde o guarda-redes Matande, que rendeu Abula, era constantemente incomodado. A formação do Kabuscorp aplicou-se a fundo para dificultar no máximo os intentos da seleção, que procura maior entrosamento em todos os sectores.

Angola não conseguiu concluir com êxito a uma jogada protagonizada do lado esquerdo, quando, dentro da área, Ary Papel depois de rotação rematou por cima da baliza à guarda de Matande. A equipa nacional desfez-se da igualdade por Adawa, na sequência de uma defesa incompleta de grande penalidade de Matande, mas na recarga o mesmo colocou a bola no lugar certo (2-1).

Mingo Bille foi impedido dentro da grande área, já no declinar da contenda, o que obrigou o árbitro Mauro de Oliveira assinalar o castigo máximo. De resto, foi um treino em que o treinador tirou ilações para o jogo do próximo sábado no estádio 11 de Novembro.






Debate este tópico nas redes sociais:

Comente via Facebook, Hotmail, Yahoo ou AOL!




Debate este tópico no Club-K:

Comente no Anónimato (sem iniciar sessão) ou via Redes Sociais (Facebook, Twitter, Google ou Disqus)!

Quem Somos

CLUB-K ANGOLA

CLUB-K.net é um portal informativo angolano ao serviço de Angola, sem afiliações políticas e sem fins lucrativos cuja linha editorial consubstancia-se na divulgação dos valores dos direitos humanos, educação, justiça social, analise de informação, promoção de democracia, denuncias contra abusos e corrupção em Angola.

Informamos o público sobre as notícias e informações ausentes nos canais informativos estatal.  Proporcionamos ao público uma maneira de expressar publicamente as suas opiniões sobre questões que afectam o dia-a-dia, qualidade de vida, liberdades e justiças sociais em Angola... Leia mais

Contactos

 

  • E-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

  • WhatsApp: (+244) 918 512 433 Para uso no aplicativo WhatsApp apenas!

  • Angola : (+244) 943 939 404 

  • Reino Unido : (+44) 784 848 9436

  • EUA: (+1) 347 349 9101 

Newsletter

Assine a nossa Newsletter para receber novidades diárias na sua caixa de e-mail.

INSERE O SEU E-MAIL

// TAG FOR ADVERTISEMENT