A carregar...

Angola: Relatório da Universidade Católica concluiu que cresce a pobreza

1 1 1 1 1 Como classifica este artigo? 2.17 (6 Votos)

Luanda  - Os Relatórios Económico e social, do Centro de Estudo e Investigação Cientifica da Universidade Católica DE Angola destacam o crescimento da pobreza no seio dos angolanos e as assimetrias regionais resultante da má distribuição da renda nacional.

Fonte: Radio Vaticana

No acto de lançamento o vice-reitor da UCAN, Padre Jerónimo Cahinga, considerou que a formação da riqueza e o seu incremento progressivo, só pode ser aceite, se for colocada em prol dos cidadãos e da sociedade.


O relatório, revela que cerca de dois terços da população Angolana vive com menos de dois dólares por dia confirma isso mesmo o director do Centro de Estudo e Investigação Cientificada UCAN Alves da Rocha.


E o investigador Nelson Pestana, apresentou o relatório social que dentre outros aspectos, aponta os sectores da educação e da saúde, como não tendo registado avanços significativos.
Já o Jurista e Consultor Económico Aguinaldo Jaime reconhece que apesar dos progressos em alguns sectores, a necessidade de se melhorar a distribuição do rendimento nacional é evidente.

Em relação aos documentos, o antigo Ministro das Finanças de Angola José Pedro de Morais chama atenção para o necessário equilíbrio entre um estudo científico e as políticas económicas.

Relatórios Económico e social, do Centro de Estudo e Investigação Cientifica da Universidade Católica DE Angola destacam o crescimento da pobreza no seio dos angolanos e as assimetrias regionais resultante da má distribuição da renda nacional.

(AS)






Debate o tópico nas redes sociais:





Debate no Club-K:


NOTA: Os comentários postados neste portal são publicados sem edição prévia e são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. Por favor, leia os Termos de Uso. O Club-K reserva-se ao direito de moderar os comentários suspeitos de conter palavras ofensivas e apagar os que não cumpram as regras.



Comentários Arquivados:



Actualizar comentários 

0 pobre de cabinda 16-06-2013 06:03 #19
meus camaradas se querem subir na vida seja membro do mpla, senao já mais.
0 Blogger 15-06-2013 12:51 #18
Dinheiro eh gasto em futilidades que nao sao prioridades...E h so fazer uma analise do OGE que esta no site do ministerio das financas para vermos que o dinheiro eh gasto em projectos pouco praticos...Aper tar o mercado das ditas "consultorias" teoricas. Ha muitos estrangeiros a aldrabar os nosso governantes com bom portugues e boas projeccoes do computador. Muitos gastos administrativos e seminarios e conferêncas e revistas e boletins e marketing, ciclo de palestras, "empresas felizes e muitas outras aldrabices . Resultado pratico no terreno "niet"!
+2 Fantasma de Nito Alv 15-06-2013 10:09 #17
Mas o JES diz que não, para o presidente corrupto nós vivemos num paraíso e não sabemos....
+1 Maynga 15-06-2013 07:56 #16
Isto engraçado será que o pai grande trinta e tal anos nao conhece ate aqui a realidade do pais por estar sempre no bunquer nunca sai da toca? Estamos fudidos para que veio com os chineses nunca viveu aqui durante o tempo todo. Pergunta aos chineses que vieram juntos ate eles já sabem a desgraça de Angola e continuam a nos Rabar.
+1 Relâmpago 15-06-2013 07:52 #15
Haaaaaaaaaa.
-2 joao filho 14-06-2013 20:15 #14
as assimetrias foram bem a presentadas,so resta mesmo lamentar.
+3 Jaguar Negro 14-06-2013 17:29 #13
Existe Angolanos abaixo de um dólar por dia, precisamos andar pelo país para vermos que ainda gente a passar mal de fome e nutrição
+2 doutor 14-06-2013 16:52 #12
Do um estrngeiro na terra alheia faz isso igualzinho um mrcenrio
+2 Angolano disgrassado 14-06-2013 15:49 #11
Eu quando escuto os discussos do sr. Presidente da repubblica so fico nervoso me parece que o nosso presidente nao cunhece angola pela sua dimensao parere-me o sr. Presidente nao sabe que ate hoje ainda ha muita crianca a estudar debaixo das arvores . Sr. Deputados
+1 Angolano disgrassado 14-06-2013 15:36 #10
Em Angola so xta feliz quem e membro do mpla e seu esecutivo mais Todos Angolanos Como eu que nao temos nenhum Tio ou parente no a parelio do governo, somos os verdeiros erdeiros
leftCLUB-K.net é um portal informativo angolano ao serviço de Angola, sem afiliações políticas e sem fins lucrativos cuja linha editorial consubstancia-se na divulgação dos valores dos direitos humanos, educação, justiça social, analise de informação, promoção de democracia, denuncias contra abusos e corrupção em Angola.

O CLUB-K.net foi fundado aos 7 de Novembro de 2000, e é integrado por jovens angolanos (voluntários), com missão representativa em diversos países e reconhecido a nível internacional como uma organização não governamental.

NEWSLETTER

Assine a nossa Newsletter para receber novidades na sua caixa de e-mail. "Gosta" da nossa página no Facebook para receber novidades na parede do seu perfil no Facebook.

INSERE O SEU E-MAIL