A mentira da homossexualidade eo poder de destruicao da familia tradicional - Noé Mateus

Luanda - A presença da homossexualidade como um tema recorrente na sociedade contemporânea e como fonte de discussão, persistente no meio cristão e da sociedade tipicamente Africana, sendo estes  uns dos maiores adversários sociais da expansão deste fenomeno desnatural a nível global.


Fonte: Club-k.net

Titica por exemplo, ele será sempre ele

Alguns dizem que a homossexualidade é uma questão biológica, genética; o indivíduo já nasce homossexual. Entretanto, nenhum cientista jamais provou essa tese.


Todos sabemos que a prática homossexual é reprovada pela Bíblia, e cientificamente está comprovado que  o “homossexualismo não é genético”. Não existe um gene que determine que uma pessoa será homossexual.


Os cromossomas XX determinam que ela será do sexo feminino, e os cromossomos XY, que será do sexo masculino. A biblia afirma que  “Deus criou o ser humano como macho ou como fêmea” e já na criação “estabeleceu que eles teriam atração sexual um pelo outro e que, da relação sexual entre eles, nasceriam filhos (Gênesis 1.27,28)”.


Ora, se o homossexualismo não é genético, então é uma questão comportamental”, o que na prática significaria dizer que “é praticado por uma pessoa que, por determinação genética, nasceu homem ou mulher, mas tornou-se homossexual por preferência aprendida ou imposta.


A homossexualidade “é um comportamento”, e que por isso pode ser tratada: ninguém nasce homossexual, não tem gene homossexual, hormônio homossexual. Não existe prova científica que alguém nasce homossexual”.


O ser humano é um ser social e vive sob a influência de modelos, padrões. Os psicólogos são unânimes em dizer que mais importante do que a determinação genética para uma criança decidir a sua preferência sexual é a maneira como ela é criada. Não há determinismo genético. E, se é uma questão de comportamento, um homossexual pode abandonar essa prática e tornar-se heterossexual; até porque, a maioria dos homossexuais tem algum grau de atração pelo sexo oposto”.


No campo teológico, a homossexualidade é uma prática abominavel aos olhos de Deus e o homossexual e todos aqueles que cometem pecados abominaveis aos olhos de Deus “a menos que eles se arrependam dessa prática abominável e convertam-se a Cristo, serão condenados a passar a eternidade no inferno, um lugar de pranto, dor e ranger de dentes”.


Cientificamente a homossexualidade é uma mentira, portanto mente quem diz, ter nascido já homossexual. no campo da psicologia ela é considerada um desvio comportamental, porque um homem é homem, devido a sua genetica e não devido a mudança de sexo e vice-versa.


O caso Paizinho, hoje Titica por exemplo, ele será sempre ele, devido a sua genetica e não por causa da mudança de sexo ou até mesmo da documentação se fosse o caso.


Porém está prática, tem um poder destruitivo muito assentuado no seio da familia, porque impede a procriação que é a garantia da continuidade de uma geração, Deus criou o homem e a mulher para que procriassem e enchessem a terra, com os seus descendentes (Gênesis 1.27,28), e África é sinomimo de fertilidade, dai o interesse do ocidente impor na nossa cultura, o homossexualismo como modo de vida. Nos últimos dias os orgão de informação está a ser usados para divulgar essa farsa que é a homossexualidade.


Segundo o Pastor Silas Malafaia “Mundialmente o tema da homossexualidade é trazido à discussão por pessoas interessadas em promoção ideológica: “Existe no mundo ocidental uma mudança de paradigma. Querem substituir o modelo cristão-judaico pelo modelo ateísta humanista. E a esquerda ideológica quer desconstruir a heteronormatividade [...]”


Precisamos nos posicionar a favor da familia, caso contrário daqui a alguns anos, gerações inteiras desaparecerão e a raça humana, estará ameaçada de extinção, visto que quanto mais pessoas práticarem a homossexualidade, menor será a taxa de fertilidade em todo mundo, é só olharmos para o que está a acontecer na europa hoje, onde há bairro inteiros de velhos, sem crianças, porque os filhos ou imigraram ou se tornaram homossexuais.


A única forma desta prática crescer essencialmente em África é atacando o conceito de familia, religião, cultura e tradição do nosso povo que é rica em ensinamentos de género e muito forte e fechada no que tange ao núcleo da familia, formada por pai, mãe e filhos.  dai que vemos hoje filmes, novelas e noticiários atacando excessivamente e sem cessar esses três pilares essenciais para a permanência e perpetuação de um povo, para que ela se imponha como modo de vida em sociedade.


Portanto é responsabilidade daqueles que defendem a familia não só como projecto de Deus mas também o seu conceito tradicionalmente Africano, passem a se posicionar a favor do relacionamento e casamento entre homem e mulher como base para o equilibrio demográfico da sociedade actual.






Debate este tópico nas redes sociais:

Comente via Facebook, Hotmail, Yahoo ou AOL!




Debate este tópico no Club-K:

Comente no Anónimato (sem iniciar sessão) ou via Redes Sociais (Facebook, Twitter, Google ou Disqus)!

Quem Somos

CLUB-K ANGOLA

CLUB-K.net é um portal informativo angolano ao serviço de Angola, sem afiliações políticas e sem fins lucrativos cuja linha editorial consubstancia-se na divulgação dos valores dos direitos humanos, educação, justiça social, analise de informação, promoção de democracia, denuncias contra abusos e corrupção em Angola.

Informamos o público sobre as notícias e informações ausentes nos canais informativos estatal.  Proporcionamos ao público uma maneira de expressar publicamente as suas opiniões sobre questões que afectam o dia-a-dia, qualidade de vida, liberdades e justiças sociais em Angola... Leia mais

Contactos

 

  • E-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

  • WhatsApp: (+244) 918 512 433 Para uso no aplicativo WhatsApp apenas!

  • Angola : (+244) 943 939 404 

  • Reino Unido : (+44) 784 848 9436

  • EUA: (+1) 347 349 9101 

Newsletter

Assine a nossa Newsletter para receber novidades diárias na sua caixa de e-mail.

INSERE O SEU E-MAIL