A carregar...

Dom Franklim demite-se do cargo de reitor da UCAN

1 1 1 1 1 Como classifica este artigo? 2.13 (4 Votos)

 

 

 

Luanda – O arcebispo de Luanda, dom Damião Franklim, renunciou – há escassos dias – o cargo de reitor da Universidade Católica de Angola (UCAN), sob o pretexto de questões de saúde e da agenda pastorais.
 
Fonte: Club-k.net

Neste preciso momento, a UCAN passou a ser gerida – pelo menos nos próximos seis meses – por uma comissão de gestão liderada por dom Manuel Imbamba, actual arcebispo de Saurimo (província da Lunda Sul) e antigo secretário-geral da UCAN, coadjuvado por dom Francisco Jaca, bispo de Caxito (província do Bengo).

Consta ainda da referida comissão, a actual vice-reitora para os assuntos académicos da UCAN, Dra. Maria Helena Miguel, o director do Centro de Estudos e Investigação Cientifica da UCAN, Alves da Rocha, a directora dos recursos humanos, Dra. Jeanine da Silveira e o professor da faculdade de economia, Dr. Emílio Londa.
 
A decisão da UCAN passar a ser gerida por uma comissão de gestão partiu da Conferência Episcopal de Angola e São Tomé (CEAST) após ter aceitado a demissão do dom Damião Franklim, que ostentavam há largos anos o cargo.

 

 

 






Debate o tópico nas redes sociais:





Debate no Club-K:


NOTA: Os comentários postados neste portal são publicados sem edição prévia e são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. Por favor, leia os Termos de Uso. O Club-K reserva-se ao direito de moderar os comentários suspeitos de conter palavras ofensivas e apagar os que não cumpram as regras.



Comentários Arquivados:



Actualizar comentários 

0 Serginhosogostosinho 20-06-2013 13:51 #28
Com São Paulo podes livremente e sem medo de errar "combati o bom combate, terminei a minha carreira e guardei a fé " Obrigado pelo trabalho e prestado em prole dos irmãos contribuindo desse modo para um país saudável a nível educational , formando consciências capazes de levar a bom termo esta barca q é responsabilidad e de todos nós! Saúde , paz, amor , coragem, persistencia e muita força de vontade são os nossos votos de boas vindas e um começar frutuoso das vossas funções ... bem haja .
0 miralvina anatolia 20-06-2013 12:42 #27
gostaria de dizer ke quanto a ausência do arcibispo de luanda,primeira desejamos ke ele se melhor,e tb quero desejar força e coragem ao novo lider da UCAN
0 THEWILL 19-06-2013 13:10 #26
NESTE PRECISO MOMENTO QUEIRO AGRADECER DOM FRANKILN PELO Q FEZ QUNTO REITOR
0 Jesus de Nazaré 18-06-2013 23:00 #25
graças a Deus
0 Valódia de Freitas 18-06-2013 12:25 #24
Pois é como é o Dom Franklin todo o mundo acha que se não fosse por questões de saúde devia permanecer a frente da UCAN, não é? Penso que todos devemos ter consciencia de que o poder, a todos os níveis e instituições, deve ter tempo limitado! Tenho dito.
0 LEITOR 18-06-2013 09:32 #23
O Sr. V. Catumbela parece não ter noção do que é isso Igreja, clero, Padre/Pastor, a função destes na sociedade. Não se pode confundir entre fuba de milho e de mandioca. Está bem? O pregar o Evangelho requer mentes preparadas para a recepção destes dogmas que só quem é preparado é capaz de acatar. Uma das tarefas principais dos pastores é a formação do homem. Por isso onde está a igreja não pode faltar escola e centros de saúde.
0 CHICAS 18-06-2013 02:59 #22
--------A 6 MESES,,,,,,,SO AGORA SABEMOS,,,,,,,, ,ISTO E ANGOLA,,,,,,,,, ,,
-1 JOAO LUCAS P 17-06-2013 10:56 #21
Lamentavelmente a saúde impede a corporeidade de as pessoas fazerem o que queiram. Melhoras a um homem que deu de si em nome da formaçao de quadros no país. Parabens por esta parte Dom Franklin.
0 0064 17-06-2013 08:23 #20
Que Deus o abençoe DOM FRANKLIN,o povo de Tschowa desejam-lhe sucessos na vossa vida pastoral.
estamos cientes de que o nosso DEUS não lhe abandonará...
-1 Beto 16-06-2013 20:08 #19
No Comment
leftCLUB-K.net é um portal informativo angolano ao serviço de Angola, sem afiliações políticas e sem fins lucrativos cuja linha editorial consubstancia-se na divulgação dos valores dos direitos humanos, educação, justiça social, analise de informação, promoção de democracia, denuncias contra abusos e corrupção em Angola.

O CLUB-K.net foi fundado aos 7 de Novembro de 2000, e é integrado por jovens angolanos (voluntários), com missão representativa em diversos países e reconhecido a nível internacional como uma organização não governamental.

NEWSLETTER

Assine a nossa Newsletter para receber novidades na sua caixa de e-mail. "Gosta" da nossa página no Facebook para receber novidades na parede do seu perfil no Facebook.

INSERE O SEU E-MAIL