Luanda – O arcebispo de Luanda, dom Damião Franklim, renunciou – há escassos dias – o cargo de reitor da Universidade Católica de Angola (UCAN), sob o pretexto de questões de saúde e da agenda pastorais.
 
Fonte: Club-k.net

Neste preciso momento, a UCAN passou a ser gerida – pelo menos nos próximos seis meses – por uma comissão de gestão liderada por dom Manuel Imbamba, actual arcebispo de Saurimo (província da Lunda Sul) e antigo secretário-geral da UCAN, coadjuvado por dom Francisco Jaca, bispo de Caxito (província do Bengo).

Consta ainda da referida comissão, a actual vice-reitora para os assuntos académicos da UCAN, Dra. Maria Helena Miguel, o director do Centro de Estudos e Investigação Cientifica da UCAN, Alves da Rocha, a directora dos recursos humanos, Dra. Jeanine da Silveira e o professor da faculdade de economia, Dr. Emílio Londa.
 
A decisão da UCAN passar a ser gerida por uma comissão de gestão partiu da Conferência Episcopal de Angola e São Tomé (CEAST) após ter aceitado a demissão do dom Damião Franklim, que ostentavam há largos anos o cargo.

 

 

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: