COMUNICADO DE IMPRENSA

Luanda - No Domingo, 25 de Agosto de 2013, membros dos Núcleos Revolucionários municipais do Movimento Revolucionário reuniram-se no Município do Sambizanga em Luanda e após analisarem a situação político-social e económica do país, o Movimento decidiu convocar uma manifestação CONTRA AS INJUSTIÇAS SOCIAIS EM ANGOLA a ser realizada a partir das 15 horas na Quinta-feira, dia 19 de Setembro de 2013 no Largo da Independência, em Luanda.

Em matéria de debate sobre as INJUSTIÇAS SOCIAIS EM ANGOLA, o Movimento Revolucionário realçou as seguintes preocupações:

1. O desaparecimento inexplicado de Isaías Cassule e Álves Kamulingue.

2. A seca e a fome no sul de Angola.

3. As contínuas demolições e desalojamentos forçados das nossas populações indefesas e a ocupação sistemática e privatização dos nossos terrenos pela camada governativa e corporativa.

4. As constantes violações dos direitos e da dignidade humana das nossas zungueiras (vendedoras ambulantes).

5. O total abandono ou exclusão social dos nossos antigos combatentes e veteranos da pátria, e o magro salário dos agentes da Polícia Nacional, das FAA e outros agentes da ordem e segurança pública.

6. Os maus serviços corruptos e ineficientes providenciados em condições inapropriados pelos sectores da educação e saúde através da incompetência governativa do regime Angolano.

7. A crescente e insistente intolerância política e violação do direito a liberdade de expressão contra opositores e críticos do regime do MPLA de José Eduardo dos Santos.

8. O abuso de poderes e incompetência por parte do Presidente da República, José Eduardo dos Santos, na promulgação de Decretos Presidenciais em casos de projectos de grandes envergaduras nacionais, como o Fundo Soberano Angolano, sem a consulta do órgão legislativo do Governo, o Parlamento, e da sociedade civil, e a nomeação de figuras em cargos públicos na base do nepotismo, favorecendo os seus familiares e amigos, como foi o caso da nomeação do seu filho, José Filomeno dos Santos “Zénu”, na liderança do mesmo fundo soberano.

O Movimento Revolucionário também serve-se deste comunicado para convidar o povo Angolano, os partidos políticos e a sociedade civil em geral a participar nesta manifestação pacífica de índole nacional.

Em plena manifestação no Largo da Independência, no dia 19 de Setembro de 2013, o Movimento irá dirigir uma carta aberta ao regime de José Eduardo dos Santos, propondo soluções para as preocupações a cima mencionadas.

Cordiais saudações

O Movimento Revolucionário

Luanda, aos 25 de Agosto de 2013

Contactos:
+244 924 176 661 / +244 912 691 721
+244 924 254 782 / +244 915 867 054
E-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: