Dirigente do Protectorado Lunda-Tchokwé pede esclarecimento ao MPLA

Luanda — A primeira secretária do comité provincial do MPLA, na Lunda Sul, Cândida Narciso é acusada de ter gizado um plano secreto contra Jota Filipe Malakito, presidente fundador do manifesto do protectorado das Lundas por estar a lutar pela independência naquela região angolana.

*Coque Mukuta
Fonte: VOA


“Eu não me dou nem com o Roberto de Almeida, nem com a Candida, porque eles me tratam por inimigo deles, portanto esta nota de referência deles cobra o resultado, por isso eu já exigi explicações” disse.

Tentamos o contacto junto a presidência do MPLA, em Luanda, mas não tivemos qualquer resposta em relação a inserção do nome de Jota Filipe Malakito numa das cartas enviada à vice-presidência daquele partido.

Segundo Malakito a Secretária Provincial do MPLA na Lunda Sul, e Governadora daquela Província, pede orientações ao Vice-Presidente do MPLA, Roberto de Almeida, sobre o dossier relacionado com o mesmo, que classificou ser uma acção de a intimidação e um plano de execução física contra a sua pessoa.

“Estão a me perseguir para me matar e nesta altura temo pela minha vida”.

Jota Filipe Malakito que já exerceu o cargo de juiz militar da sétima região que corresponde as Província de Benguela e Kwanza Sul nos anos oitenta tinha sido preso por 22 meses desde Maio de 2009, acusou o executivo de o ter envenenado e disse à Voz da América piorar o seu estado de saúde a cada dia que passa.

“A minha vista até hoje está assim não vejo devidamente, está estragada” acrescentou.

 






Debate este tópico nas redes sociais:

Comente via Facebook, Hotmail, Yahoo ou AOL!




Debate este tópico no Club-K:

Comente no Anónimato (sem iniciar sessão) ou via Redes Sociais (Facebook, Twitter, Google ou Disqus)!

Quem Somos

CLUB-K ANGOLA

CLUB-K.net é um portal informativo angolano ao serviço de Angola, sem afiliações políticas e sem fins lucrativos cuja linha editorial consubstancia-se na divulgação dos valores dos direitos humanos, educação, justiça social, analise de informação, promoção de democracia, denuncias contra abusos e corrupção em Angola.

Informamos o público sobre as notícias e informações ausentes nos canais informativos estatal.  Proporcionamos ao público uma maneira de expressar publicamente as suas opiniões sobre questões que afectam o dia-a-dia, qualidade de vida, liberdades e justiças sociais em Angola... Leia mais

Contactos

 

  • E-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

  • WhatsApp: (+244) 918 512 433 Para uso no aplicativo WhatsApp apenas!

  • Angola : (+244) 943 939 404 

  • Reino Unido : (+44) 784 848 9436

  • EUA: (+1) 347 349 9101 

Newsletter

Assine a nossa Newsletter para receber novidades diárias na sua caixa de e-mail.

INSERE O SEU E-MAIL

// TAG FOR ADVERTISEMENT