O Fórum Nacional de Juventude visto do meu Ângulo - Bartolomeu Milton

Luanda - No pretérito dia 13 do corrente, participei naquilo a que alguns entenderam chamar de o "culminar da iniciativa presidencial" que visou auscultar a juventude angolana relativamente às suas insaciáveis preocupações, até então nunca tidas em conta nas politicas governamentais do Executivo.


* Ambientalista, estudante universitário, sociedade civil
Fonte: Club-k.net

Como muitos, estou um tanto quanto céptico em relação à materialização das recomendações emanadas do evento, mas assinale-se aqui que pese embora estejamos já, de certo modo acostumados com os discursos dos políticos da nossa praça, aquele evento em si, constituiu um marco histórico e mais um "passo certo" que o país deu em direcção à edificação do tão-almejado Estado Democrático de Direito em Angola. Vi na prática, como deveria funcionar a Democracia participativa, de um lado os governantes, do outro, os governados discutindo vis-à-vis os problemas que assolam uns e que compete àqueles resolver ou ao menos traçar políticas que ajudem a mitigar os mesmos...


Ecoou o patriotismo, falou mais alto o que nos une em detrimento daquilo que nos divide. O Presidente da República, visivelmente tocado pelas inquietações dos moços aí presentes, e também por nunca ter-se submetido a tal exercício, fez um discurso comedido, comprometendo-se a solucionar alguns dos problemas elencados, ainda no decurso do seu mandato actual, com realce à problemática do emprego e formação profissional que encabeçam a lista das cerca de 93 assuntos levantados e postos à mesa das discussões.

 

Como rescaldo, julgo que ganhou o país, ganhámos todos, por termos conseguido tal feito. Foi pena a meu ver não ter ouvido nem visto ninguém que falasse da questão da CORRUPÇÃO que também inibe e corrói o tecido social, sobretudo os jovens que ávidos por uma vida melhor, muitas vezes não olham à meios para atingir fins...

 

Foi pena também não ter ouvido nem visto ninguém, nem mesmo o PR a comprometer-se publicamente a voltarmos a ter um encontro no futuro com vista a avaliarmos o grau de cumprimento das recomendações hipoteticamente acatadas pelo Executivo. Contudo, dou nota positiva ao Presidente da República pela iniciativa que teve e encorajo-o a continuar a ouvir e abrir espaços para o diálogo inclusivo... Bem Haja Angola, Bem Haja aos Angolanos! Viva Angola! Viva o Povo Heroico de Angola!






Debate este tópico nas redes sociais:

Comente via Facebook, Hotmail, Yahoo ou AOL!




Debate este tópico no Club-K:

Comente no Anónimato (sem iniciar sessão) ou via Redes Sociais (Facebook, Twitter, Google ou Disqus)!

Quem Somos

CLUB-K ANGOLA

CLUB-K.net é um portal informativo angolano ao serviço de Angola, sem afiliações políticas e sem fins lucrativos cuja linha editorial consubstancia-se na divulgação dos valores dos direitos humanos, educação, justiça social, analise de informação, promoção de democracia, denuncias contra abusos e corrupção em Angola.

Informamos o público sobre as notícias e informações ausentes nos canais informativos estatal.  Proporcionamos ao público uma maneira de expressar publicamente as suas opiniões sobre questões que afectam o dia-a-dia, qualidade de vida, liberdades e justiças sociais em Angola... Leia mais

Contactos

 

  • E-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

  • WhatsApp: (+244) 918 512 433 Para uso no aplicativo WhatsApp apenas!

  • Angola : (+244) 943 939 404 

  • Reino Unido : (+44) 784 848 9436

  • EUA: (+1) 347 349 9101 

Newsletter

Assine a nossa Newsletter para receber novidades diárias na sua caixa de e-mail.

INSERE O SEU E-MAIL

// TAG FOR ADVERTISEMENT