A carregar...
Registo de Dominios Angolanos - .AO, .CO.AO, .ED.AO, .GV.AO, .OG.AO e .PB.AO

Cabinda: JURA indignada pela deturpação e manipulação do encontro com o PR

1 1 1 1 1 Como classifica este artigo? 5.00 (1 Voto)

 COMUNICADO DE IMPRENSA

Cabinda - O Secretariado Provincial da JURA em Cabinda, esteve reunido nesta quarta-feira para analisar a situação criada com os pronunciamentos do porta-voz da Juventude de Cabinda, o representante da JAM no encontro com o Presidente José Eduardo dos Santos, na cidade Capital do País Luanda, no dia 13 do corrente mês. O aludido Jornalista não foi escolhido e nem a CPJ consultou as organizações e associações juvenis afiliadas a ele, no sentido de indicar um porta-voz da Juventude de Cabinda por consenso, face a esta situação, a JURA torna público o seguinte:

Fonte: JURA

1- A JURA manifesta a sua indignação pela deturpação e manipulação do sentimento da Juventude de Cabinda sobre os reais dificuldades que elas vivem. Lamentando ainda a falta de idoneidade e sentimento de responsabilidade da Governadora da Província ao transformar a Associação juvenil da sua filha Sita Milagre Tigre da Lomba Sapalo denominada JAM, a representar os interesses de pacatos jovens que as amarguras do desemprego, da falta de um porto de águas profunda, de habitação para morar, da inexistência de uma política do primeiro emprego, da redução de tarifa dos bilhetes dos voos de Cabinda a Luanda e vice-versa, da construção de um Instituto Superior dos Petróleos para a Região Académica IIIo, da redução da prostituição, da pobreza generalizada, do combate a corrupção e exclusão e da falta de oportunidades, para tal os participantes deploram a irresponsabilidade do jornalista da TPA e representante da JAM Francisco Lundi, que movido por uma gratidão excessiva sacrificou os interesses da juventude para defender a oferta de um carro que recebeu da Governadora. 


2- É do conhecimento de todos que a intervenção do presidio, não foi democrático, mas sim politizada a favor do Partido no Poder, e da Governadora Matilde da Lomba.

3- A JURA em Cabinda, reprova o comportamento da Governadora da Província, pela forma como dirigiu o diálogo juvenil e a maneira não sábia de responder exaustivamente as questões levantadas pelos representantes das organizações juvenis, esta respondeu através de discursos mal elaboradas e desproporcionais que contínua alimentar a guerra, que já paira a 11 anos da Paz, contra a oposição.

4- A JURA, pede vigilância à Juventude de Cabinda, por mais uma vez o executivo da Sr.a Matilde Barros da Lomba, Governadora da Província, desviar intencionalmente as intenções e contribuições da juventude, confiando este direito a Juventude à Associada Em Movimento JAM liderada pela Sr.a Sita Milagre Tigre da Lomba Sapalo.

5- Em nome da juventude de Cabinda, lamentamos como Cabinda foi humilhado e envergonhada pela Governadora, através do seu representante da JAM Sr. Francisco Lundi, porque o que disseram não é verdade, mentindo a opinião nacional ao não apresentarem a realidade da Província.

6- A JURA vai solicitar uma Assembleia extraordinária a CPJ, no sentido de se rever o mandato de AJA Povo, por ter demostrado a incompetência na elaboração das propostas lidas no fórum Nacional da Juventude ocorrido em Luanda, com Presidente da República.

Cabinda, aos 19 de Setembro de 2013

O Comité Provincial da JURA

 






Debate o tópico nas redes sociais:





Debate no Club-K:


NOTA: Os comentários postados neste portal são publicados sem edição prévia e são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. Por favor, leia os Termos de Uso. O Club-K reserva-se ao direito de moderar os comentários suspeitos de conter palavras ofensivas e apagar os que não cumpram as regras.

leftCLUB-K.net é um portal informativo angolano ao serviço de Angola, sem afiliações políticas e sem fins lucrativos cuja linha editorial consubstancia-se na divulgação dos valores dos direitos humanos, educação, justiça social, analise de informação, promoção de democracia, denuncias contra abusos e corrupção em Angola.

O CLUB-K.net foi fundado aos 7 de Novembro de 2000, e é integrado por jovens angolanos (voluntários), com missão representativa em diversos países e reconhecido a nível internacional como uma organização não governamental.

REDES SOCIAIS

NEWSLETTER

Assine a nossa Newsletter para receber novidades na sua caixa de e-mail. "Gosta" da nossa página no Facebook para receber novidades na parede do seu perfil no Facebook.

INSERE O SEU E-MAIL