Ex-governante tenta suicidar-se

Lisboa – Está em apuração em meios competentes, em Luanda, a veracidade de uma informação posta a circular em meios da policia de investigação criminal, segundo as quais o ex-governante Miguel Ventura Catraio teria tentado ao suicídio na cadeia por suposto desconforto pela situação em que está envolvido.

Fonte: Club-k.net

Miguel Catraio, dirigente do MPLA que já exerceu cargos importantes no regime, esta arrolado no “caso Neth”, em que uma suposta amante “Jussila” teria agredido e colocado gindungo nos órgãos genitais de uma outra amiga Nikilauda Vieira Galiano “Neth”, por motivos passionais.

 

Desde que o assunto se tornou publico, foi notado em Miguel Catraio sinais de embaraço e desconforto. No dia 23 de Abril tentou em vão abandonar o país, passando pela sala do protocolo de Estado do aeroporto 4 de Fevereiro. Contudo, seria no dia seguinte que agentes da policia de investigação criminal deslocaram-se até a sua residência no condomínio revieira, no bairro talatona, efectuando a sua detenção.

 

Uma corrente da Procuradoria Geral República, identificada com o seu titular João Maria de Sousa manifesta intenção de incrimina-lo por crime de tentativa de homicídio contra a jovem “Neth”. Fontes independentes sugerem que Miguel Catraio pode ser julgado pelos crimes de agressão, abuso de privacidade e de envenenamento (introdução de substância nocivas aos órgãos genitais)







Debate este tópico nas redes sociais:

Comente com o seu perfil no Facebook







Debate este tópico no Club-K:

Comente no Anónimato (sem iniciar sessão) ou via Redes Sociais (Facebook, Twitter, Google ou Disqus)!

Quem Somos

CLUB-K ANGOLA

CLUB-K.net é um portal informativo angolano ao serviço de Angola, sem afiliações políticas e sem fins lucrativos cuja linha editorial consubstancia-se na divulgação dos valores dos direitos humanos, educação, justiça social, analise de informação, promoção de democracia, denuncias contra abusos e corrupção em Angola.

Informamos o público sobre as notícias e informações ausentes nos canais informativos estatal.  Proporcionamos ao público uma maneira de expressar publicamente as suas opiniões sobre questões que afectam o dia-a-dia, qualidade de vida, liberdades e justiças sociais em Angola... Leia mais

Contactos

 

  • E-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

  • WhatsApp: (+244) 918 512 433 Para uso no aplicativo WhatsApp apenas!

  • Reino Unido : (+44) 784 848 9436

  • Buffalo / EUA: (+1) 347 349 9101 

  • New York /USA: (+1) 315 636 5328

Newsletter

Assine a nossa Newsletter para receber novidades diárias na sua caixa de e-mail.

INSERE O SEU E-MAIL

Infográficos