UNITA diz que solução para a crise está nas eleições de 2017

Luanda  - O principal partido da oposição angolana, a UNITA, diz que a solução para a profunda crise que abala o país jaz nas eleições de 2017.

*José Manuel
Fonte: VOA

O vice presidente da UNITA, Raúl Danda, reagia a acusações de que a oposição tem estado omissa da profunda crise que se faz sentir no sistema de saúde, com centenas de mortes a registarem-se todos os dias.

 

Para Danda, o povo tem que decidir em 2017 dar a vitória à oposição.

 

''É verdade que pode haver quem diga que a UNITA só tem os olhos postos para 2017, mas é isso mesmo que é preciso que o povo entenda que a UNITA não vai iniciar aqui uma revolução, não vamos pôr o país em tumulto. O que nós queremos é que o povo, em 2017, com o seu voto altere esta situação'', disse Danda para quem o país sob governação do MPLA “não tem cura”.

 

''Estamos a ver o país a afundar e o timoneiro do barco a deixar o barco se dirigir ao abismo”, disse este responsável da UNITA..

“Este país já não tem cura, nem remédio, este regime esgotou as ideias completamente'', acrescentou.

Igual constatação tem o PRS, terceira maior força da oposição.


Benedito Daniel, o secretário-geral do PRS, diz que o problema não é da oposição.

''O governo cala-se como se fosse a coisa mais normal as pessoas estarem a morrer aos montes nos hospitais, duzentas a trezentas mortes num único hospital e ninguém diz nada e nós oposição pressionamos e damos sugestões”, disse.

“Não estamos ausentes como a população diz, só que quem está no governo acha que só eles 'que estudaram nas universidades só eles é que sabem tudo e não ouvem os outros”, disse Benedito Daniel.

“O problema é que este governo está decadente'', acrescentou o secretário-geral do PRS.







Debate este tópico nas redes sociais:

Comente com o seu perfil no Facebook







Debate este tópico no Club-K:

Comente no Anónimato (sem iniciar sessão) ou via Redes Sociais (Facebook, Twitter, Google ou Disqus)!

Quem Somos

CLUB-K ANGOLA

CLUB-K.net é um portal informativo angolano ao serviço de Angola, sem afiliações políticas e sem fins lucrativos cuja linha editorial consubstancia-se na divulgação dos valores dos direitos humanos, educação, justiça social, analise de informação, promoção de democracia, denuncias contra abusos e corrupção em Angola.

Informamos o público sobre as notícias e informações ausentes nos canais informativos estatal.  Proporcionamos ao público uma maneira de expressar publicamente as suas opiniões sobre questões que afectam o dia-a-dia, qualidade de vida, liberdades e justiças sociais em Angola... Leia mais

Contactos

 

  • E-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

  • WhatsApp: (+244) 918 512 433 Para uso no aplicativo WhatsApp apenas!

  • Reino Unido : (+44) 784 848 9436

  • Buffalo / EUA: (+1) 347 349 9101 

  • New York /USA: (+1) 315 636 5328

Newsletter

Assine a nossa Newsletter para receber novidades diárias na sua caixa de e-mail.

INSERE O SEU E-MAIL

Infográficos