Lisboa –  Estão a ser reanimadas antigas suspeitas segundo as quais Tchizé dos Santos e a sua irmã mais velha Isabel teriam encurtado a sua relação. Ambas são agora vistas num prisma de indiscrição e em campos opostos. 

 
Fonte: Club-k.net
 
Deixaram de ser vistas  a se falar
 
Recentemente, as duas irmãs  foram  vistas numa festa em Algarve, Portugal e cada uma delas estava no seu próprio espaço como se de estranhas se tratassem.  O mesmo cenário voltou a repetir-se em Luanda. Isto é  no passado dia  7 de Outubro de 2016, ambas estiveram numa festa no Centro Cultural Paz Flor,  promovido pela “Henda Viegas Produções” e o quadro  voltou a verificar-se. Cada uma,  no seu espaço, e no seu silêncio.  
 
 
O referido quadro  deu azo a suspeitas de que estariam em défice de comunicação mutua. Diz-se que o mesmo se estende na relação com o irmão, José Filomeno dos Santos que nunca foi visto a conviver ou a falar publicamente com as irmãs. 
 
 
A excepção de convívio positivo  recai para José Paulino dos Santos “Coreon Dú”  e Joess Gourgel dos Santos, os  dois filhos adultos de JES que são visto a terem relacionamento de convivência  com todos os irmãos.  Em Maio passado Isabel dos Santos convidou o irmão  Coreon Dú para juntos viajarem a França para participarem na  festa em Cannes onde a “De Grisogono”,  da primogênita do PR  exibiu o maior diamante alguma vez encontrado em Angola. Noutras ocasiões, “Coreon Dú”  faz anos e a irmã Isabel exprimiu-lhe manifestações de carinho. 
 
 
Tema relacionado:
 
 
 
 
 
 
 

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: