Lisboa – O Ministro das relações exteriores de Angola, George  Rebelo Pinto Chicoty está a ter dificuldades de materializar a sua propria  decisão de mandar regressar para Luanda, o actual cônsul-geral de Angola no Rio de Janeiro, Rosário Gustavo Ferreira de Ceita, que é primo da primeira dama Ana Paula Lemos  dos Santos.

 
Fonte: Club-k.net
 
No pensamento do ministro, o diplomata Rosário de Ceita, 53 anos, deveria regressar a Luanda em consequência dos resultados de uma sindicância que visou confrontar denuncias  públicas sobre os excessos enquanto cônsul, no Rio de Janeiro. 
 
As dificuldades que o ministro Chicoty está a ter são associadas   à  pressões  do gabinete da Primeira Dama, Ana Paula dos Santos. O governante não só está a ser desencorajado a não  exonerar o primo cônsul como está a ser agora pressionado para transferir  o diplomata  para a cidade de São Paulo, a fim de  exercer funções idênticas. Há suspeitas de que o queiram manter no Brasil, para passar a  representar interesses da família da primeira dama de Angola.
 
 
Fontes do MIREX, revelam que o ministro George Chicoty  está prestes a ceder as pressões sobretudo numa altura em que a primeira dama tenciona realizar uma visita privada ao Brasil, programada para o próximo  dia 18 de Outubro.
 
 
De acordo com registro, está não é a primeira vez que o ministro George Chicoty é pressionado para alterar decisões próprias  envolvendo Rosário Gustavo Ferreira de Ceita.  Em finais de 2014, o ministro teria nomeado Narciso Espirito Santos como cônsul no Rio de Janeiro para preencher a vaga registrada  pelo falecimento do então cônsul Mario Gomes dos Santos.
 
O  cônsul  nomeado Narciso Santos  já a embarcar para o Brasil foi informado á última hora que por “ordens superiores” já não podia seguir e em consequência disso o Ministro foi obrigado/forçado a nomear como Consúl no Rio de Janeiro,  Rosário Gustavo Ferreira de Ceita que na altura exercia as funções de Vice- Consul  neste posto consultar. 
 
 
No inicio de Setembro passado, o Maka Angola avançou com uma reportagem  expondo os  excessos e as extravagancias do primo/cônsul Rosário Gustavo Ferreira de Ceita. A denuncia do Portal de Rafael Marques  precipitou a uma sindicância sobre as atividades do consul.  


DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: