Lisboa –  O Presidente do Conselho de Administração do Banco Sol e membro do Comité Central do MPLA,  Coutinho Nobre Miguel, é suspeito de ter montado uma igreja, em  Luanda, que segundo fontes estará a funcionar  de forma clandestina.  

Fonte: Club-k.net
 
De acordo com apurações, a   congregação religiosa de Coutinho Miguel,  é  extensão de uma outra  brasileira que a sua esposa terá trago do Brasil,  país onde a mesma morava. A Igreja – de acesso restrito - funciona numa das suas casas no condomínio “Status”, no bairro Talatona, na capital do país.
 
 
A “descoberta” de que estaria a funcionar no Talatona, uma Igreja de acesso restrito, foi verificada em alguns finais de semanas, dias em que realizam casamentos, cultos e cânticos cujo “barulho” despertou a atenção dos habitantes daquela área. 
 
 
O MPLA e os seus dirigentes tem sido acusados de ter relações estreitas com as igrejas e de serem também fomentadores de surgimento de varias seitas religiosas apesar de terem criado uma controversa  lei que desencoraja o registro das mesmas.

 

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: