Adeus dólares: Último fornecedor de apoio à importação de USD cortou o serviço a Angola

Lisboa – O Deutshe Bank deixou de fornecer as garantias, "clearing", para a importação de dólares norte-americanos para Angola, deixando o país sem nenhuma instituição que forneça este serviço e, por isso, sem acesso total à divisa, avançou nesta sexta-feira, 16, a agência Bloomberg.

Fonte: NJ
Citando fontes conhecedoras deste processo, a agência adianta que o Deutsche Bank deixou de ter esta ligação às autoridades financeiras angolanas em meados de Novembro, o que, depois de a Standard Chartered Plc e do Bank of America terem tomado semelhante decisão, o país ficou literalmente sem este serviço.

 

Com a porta fechada para o acesso à divisa norte-americana, Angola há já alguns meses que tem estado a injectar exclusivamente euros no sistema bancário, sendo a moeda europeia e o yuan chinês as vias escolhidas pelo Banco Nacional de Angola para escapar a este aperto, depois de anos de semi-dolarização da sua economia.

 

O fim do "dólar clearing" pelo Deutsche Bank a Angola surge no seguimento do mau desempenho do país, como recorda a Bloomberg, em questões de combate ao branqueamento de capitais, à ausência de mecanismos de prevenção para a lavagem de dinheiro e à sua posição entre os países mais corruptos do mundo, de acordo com a Transparência Internacional.

 

A Bloomberg adianta que o banco alemão não comentou esta situação, tal como o BNA se recusou a responder às questões da agência.







Debate este tópico nas redes sociais:

Comente com o seu perfil no Facebook







Debate este tópico no Club-K:

Comente no Anónimato (sem iniciar sessão) ou via Redes Sociais (Facebook, Twitter, Google ou Disqus)!

Quem Somos

CLUB-K ANGOLA

CLUB-K.net é um portal informativo angolano ao serviço de Angola, sem afiliações políticas e sem fins lucrativos cuja linha editorial consubstancia-se na divulgação dos valores dos direitos humanos, educação, justiça social, analise de informação, promoção de democracia, denuncias contra abusos e corrupção em Angola.

Informamos o público sobre as notícias e informações ausentes nos canais informativos estatal.  Proporcionamos ao público uma maneira de expressar publicamente as suas opiniões sobre questões que afectam o dia-a-dia, qualidade de vida, liberdades e justiças sociais em Angola... Leia mais

Contactos

 

  • E-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

  • WhatsApp: (+244) 918 512 433 Para uso no aplicativo WhatsApp apenas!

  • Reino Unido : (+44) 784 848 9436

  • Buffalo / EUA: (+1) 347 349 9101 

  • New York /USA: (+1) 315 636 5328

Newsletter

Assine a nossa Newsletter para receber novidades diárias na sua caixa de e-mail.

INSERE O SEU E-MAIL

Infográficos