Combater a corrupção em Angola é combater o MPLA - Luiz Araújo

Luanda - João Lourenço, cabeça de lista da candidatura do MPLA, fez finalmente um discurso colocando como promessas realizações que há muito constituem necessidades do país, mas a que o MPLA há muito voltou as costas, traindo sistematicamente os postulados da libertação de Angola e, principalmente, do povo angolano.

Fonte: Club-k.net

Agora, perante a imagem interna e externa do MPLA completamente destruída pela sua governação predadora, João Lourenço está a tentar enganar a todo o mundo apropriando-se das denúncias da pratica do seu partido e regime cleptocratico, especialmente no que tange à corrupção que os caracteriza.

 

Obriga-nos o Sr. João Lourenço a dizer-lhe que combata a corrupção agora. O seu partido está no poder, tem que fazer em vez de prometer.

 

Além disso, o Sr. João Lourenço fique ciente que, em Angola, combater a corrupção é combater o seu próprio partido, o MPLA. Assim é porque para que esse combate seja bem sucedido, logo à partida, implica combater contra o presidente do MPLA e contra o clã desse ditador que detém o poder político e económico no actual regime do MPLA.

 

Sr. João Lourenço, para se combater a corrupção em Angola - com seriedade - tem que se esclarecer detalhadamente todos os aspectos da fabricação dalgumas fortunas faraónicas de membros do MPLA.

 

Sr. João Lourenço, para se combater a corrupção em Angola terá que se esclarecer em especial e totalmente a forma como os membros do clã do seu Presidente, JES, enriqueceram. Não é? Que se saiba essa gente que se tornou milionária e bilionária - em menos de duas décadas - não herdou fortuna e bens dos seus antepassados e ficou riquíssima enquanto o seu progenitor exerceu o cargo de Presidente da República de Angola. Como é que isso tudo foi conseguido?

Queremos saber!

Ousará o Sr. João Lourenço cumprir essa promessa de combate contra a cleptocracia que o MPLA, co-dirigido por si, estabeleceu em Angola? Quem é que acredita nessa promessa?

Luiz Araújo

 







Debate este tópico nas redes sociais:

Comente com o seu perfil no Facebook







Debate este tópico no Club-K:

Comente no Anónimato (sem iniciar sessão) ou via Redes Sociais (Facebook, Twitter, Google ou Disqus)!

Quem Somos

CLUB-K ANGOLA

CLUB-K.net é um portal informativo angolano ao serviço de Angola, sem afiliações políticas e sem fins lucrativos cuja linha editorial consubstancia-se na divulgação dos valores dos direitos humanos, educação, justiça social, analise de informação, promoção de democracia, denuncias contra abusos e corrupção em Angola.

Informamos o público sobre as notícias e informações ausentes nos canais informativos estatal.  Proporcionamos ao público uma maneira de expressar publicamente as suas opiniões sobre questões que afectam o dia-a-dia, qualidade de vida, liberdades e justiças sociais em Angola... Leia mais

Contactos

 

  • E-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

  • WhatsApp: (+244) 918 512 433 Para uso no aplicativo WhatsApp apenas!

  • Reino Unido : (+44) 784 848 9436

  • Buffalo / EUA: (+1) 347 349 9101 

  • New York /USA: (+1) 315 636 5328

Newsletter

Assine a nossa Newsletter para receber novidades diárias na sua caixa de e-mail.

INSERE O SEU E-MAIL

Infográficos