Luanda – Sebastião João Manuel, o PCA sombra que é quem tem estado a ditar as regras no BPC com auxílio da administradora Sandra da Cunha Baptista por esta ser muito próxima do Zinho leva as propostas para as mexidas no aparelho Directivo todo.

Fonte: Club-k.net

Os administradores executivos do BPC, Zinho Baptista e Sandra Cunha conseguiram por em casa mais de 200 funcionários desde Directores, chefes de departamentos e técnicos da antiga administração por questões pessoais. Dentre eles destacam-se os senhores João Ferreira, Francisco Lourenço Kianda Trosso, Nataniel, entre outros quadros que até então também eram seus amigos.

 

Estes afastamentos deve-se porque alguns conheciam as artimanhas dos novos administradores nas operações de crédito e de transferências para o exterior. Os afastamentos também serve para mostrar que são eles que agora estão a mandar, uma vez que se sentem protegidos com altos responsáveis da estrutura MPLA.



Os funcionários tem lamentado as atrocidades que os mesmos tem estado a fazer pois está nova administração apenas tem se estado a beneficiar a eles Próprios. Sendo que o BPC está em reestruturação como é possível estarem a ser dados Financiamentos apenas as suas empresas que muitas delas já tinham dívidas acima de 1 bilião de Kz .


O Dr Sebastião Manuel que conseguiu passar inclusive por cima do Administrador António Freire que sempre armou junto do antigo ministro das finanças para ocupar o primeiro lugar no maior banco viu os seus poderes serem esvaziados. O Sebastião Manuel tem nos seus pelouros as direções chaves do banco onde algumas delas ele já havia passado por lá como Director deixando inúmeras empresas com créditos mal parados que até hoje não se sabe o paradeiro inclusive dos beneficiários destas empresas, pois muitas delas segundo funcionários foram criadas apenas para este fim . Já,  o PCE, Zinho Baptista que tem estado a maltratar e a humilhar os quadros da instituição e até mesmo clientes destacando os empresários da estrutura do MPLA, justificando algumas vezes que quem lhe colocou la não foi o partido e que por isto não tem que dar tratamento destas questões.


Os administradores Zinho, Sebastião e Sandra puseram mais de 200 funcionários em casa, eles tem estado a admitir todos os dias quadros novos da sua confiança vindos de fora muitos deles sendo seus parentes. Nestes cinco meses de administração nunca se assistiu um arrombo tão grande as contas do BPC. Outra área que tem estado a ajudar nas transações desta quadrilha é a área das Transferências onde os mesmo com a Ajuda dos seus Directores  Arley  e a Claudia Tomas, tem transacionado as operações destes valores enquanto que nem sequer os trabalhadores conseguem sequer transferir um valor mínimo de Mil Dólares. O PCE Zinho faz tudo isto inclusive “ameaça” a presidente não executiva que em nada consegue mandar porque trata todos os assuntos diretamente com o seu amigo Walter Filipe, o Governador do BNA.



O PCE “Sombra”, Dr Sebastião Manuel é quem tem comandado as operações de créditos das empresas em que os mesmos tem estado a carregar Bilhões de Kz , em benefício próprio, os mesmo inclusive gastaram de 2 milhões de dólares em Ranger para os novos administradores.


Os funcionários queixam se ainda do arromba na área dos cartões de crédito onde alegadamente o antigo director diz que já havia encontrado o desfalque feito pela actual administradora Sandra Baptista, e ao que se sabe até ao momento não nomeou Director nenhum para poderem continuar a desviarem os valores avultados destes cartões no exterior do País onde tem sido vistos a se deslocarem aos finais se semana. As negociatas na áreas das transferências afinal também não parou , aliás dizem mesmo que agora aumentou o valor a ser cobrado aos clientes que tentam ver os seus pedidos serem atendidos mesmo aqueles que já tem os valores em dólares.

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: