Luanda - A Plataforma para a Inclusão (PpL) agendou uma caminhada pela acessibilidade no dia 22 deste mês (sábado), que vai começar em frente ao Cemitério da Santana e vai terminar no Largo das Heroínas, em Luanda

Fonte: NgolaJornal
 
 

De acordo com a organização, as pessoas interessadas deverão dirigir-se ao local as 08h30 minutos. “A indiferença é violência, a inclusão é respeito e reconhecimento”, é um dos slogans da organização que está a circular nas redes sociais.


Em mensagem enviada ao NgolaJornal a organização esclarece que “será uma caminhada pois não é possível marchar em cadeira de rodas e que, por outro lado, o termo é mais inclusivo pois todos os presentes poderão caminhar mas nem todos poderão marchar”.


“Será um momento para promover o respeito e a cidadania das pessoas com limitação. Com esta caminhada chamamos toda a sociedade para unirmos forças pela inclusão, queremos lutar por direitos e garantias para a promoção da inclusão”, lê-se na mensagem que temos vindo a citar.

Mais adiante os organizadores esclarecem que a ideia da caminhada surgiu da necessidade de chamar a atenção dos poderes públicos e da sociedade sobre a importância da acessibilidade na vida das pessoas com limitação.


DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: