Guiné Equatorial ultrapassa pela primeira vez Angola na venda de petróleo a Portugal

Luanda - A Guiné Equatorial ultrapassou pela primeira vez Angola como maior fornecedor de petróleo a Portugal no primeiro trimestre, com vendas acima de 100 milhões de euros, quase o dobro do valor comprado a Angola.

Fonte: Lusa

De acordo com os cálculos da Lusa com base nos dados do Instituto Nacional de Estatística relativamente às estatísticas do comércio internacional, divulgadas na semana passada, Portugal comprou à Guiné Equatorial 103,9 milhões de euros em Produtos Minerais, ultrapassando os 54,7 milhões que comprou a Angola.


Os dados agregados do primeiro trimestre mostram que esta é a primeira vez que Angola, um dos dois maiores produtores africanos de petróleo a par da Nigéria, não é o principal fornecedor desta matéria-prima a Portugal, já que no total do ano passado o saldo é largamente favorável à antiga colónia portuguesa.

 

Olhando para a totalidade do ano passado, constata-se que Angola vendeu 785,5 milhões de euros em petróleo a Portugal, contra apenas 83,8 milhões de euros de petróleo equato-guineense comprado por Portugal.

 

Contactada pela Lusa, a Galp, a maior compradora de petróleo portuguesa, explicou que “o processo de seleção de qualidades de petróleo bruto (vulgo “crude”) depende essencialmente da sua disponibilidade, dos rendimentos em produtos refinados e da competitividade no contexto mundial”.

 

Comentando a alteração do maior fornecedor de petróleo a Portugal, a petrolífera acrescentou que “anualmente a Galp adquire e refina entre cerca de 25 a 30 qualidades diferentes de crudes, por isso a alteração do mix de compras apresenta variações ao longo do tempo de modo a maximizar a eficiência da produção”.

 







Debate este tópico nas redes sociais:

Comente com o seu perfil no Facebook







Debate este tópico no Club-K:

Comente no Anónimato (sem iniciar sessão) ou via Redes Sociais (Facebook, Twitter, Google ou Disqus)!

Quem Somos

CLUB-K ANGOLA

CLUB-K.net é um portal informativo angolano ao serviço de Angola, sem afiliações políticas e sem fins lucrativos cuja linha editorial consubstancia-se na divulgação dos valores dos direitos humanos, educação, justiça social, analise de informação, promoção de democracia, denuncias contra abusos e corrupção em Angola.

Informamos o público sobre as notícias e informações ausentes nos canais informativos estatal.  Proporcionamos ao público uma maneira de expressar publicamente as suas opiniões sobre questões que afectam o dia-a-dia, qualidade de vida, liberdades e justiças sociais em Angola... Leia mais

Contactos

 

  • E-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

  • WhatsApp: (+244) 918 512 433 Para uso no aplicativo WhatsApp apenas!

  • Reino Unido : (+44) 784 848 9436

  • Buffalo / EUA: (+1) 347 349 9101 

  • New York /USA: (+1) 315 636 5328

Newsletter

Assine a nossa Newsletter para receber novidades diárias na sua caixa de e-mail.

INSERE O SEU E-MAIL

Infográficos