Conflitos entre militantes da UNITA e MPLA deixam feridos na Lunda Norte

Luanda - O aumento da tensão entre membros da UNITA e do MPLA regista mais um capítulo, agora em Caungula, na província da Lunda Norte.

Fonte: VOA

Invasão de reunião da UNITA deixou quatro feridos em Caungula

Os incidentes terão começado na quarta-feira, 12, mas só hoje foram revelados a VOA pelo responsável pela UNITA Joaquim Nafoia, que anunciou uma acção judicial contra João Arienga, administrador do município de Caungula, e seus colaboradores por aquilo que chamou “de ataque criminoso dos elementos da JMPLA”.


Não há ainda reacção do MPLA.


Joaquim Nafoia revelou que a “perseguição e os insultos aos membros do seu partido em actividade de campo em Caungula começaram na quarta-feira passada”, mas foi ontem, 16, a partir das 18 horas que estas ameaças se concretizaram.


"Quando eram 18 horas eles invadiram a residência onde nos encontrávamos com pedras, paus e outros objectos contundentes que provocaram ferimentos de quatro companheiros nossos, um deles em estado grave porque a pedra atingiu o sobreolho”, denunciou Nafoia, para quem “foi um acto criminoso organizado e comandado pelo administrador municipal de Caungula".


Aquele responsável da UNITA anunciou que “a qualquer momento vamos abrir um processo crime contra o administrador de Kaungula e o seu grupo não só por ter organizado mas se envolvido pessoalmente na agressão e todos estão bem identificados”.


Apesar dos esforços, a VOA não conseguiu obter a reacção do administrador de Caungula que é também o primeiro secretário do MPLA naquele município, nem de responsáveis da província da Lunda Norte.

 







Debate este tópico nas redes sociais:

Comente com o seu perfil no Facebook







Debate este tópico no Club-K:

Comente no Anónimato (sem iniciar sessão) ou via Redes Sociais (Facebook, Twitter, Google ou Disqus)!

Quem Somos

CLUB-K ANGOLA

CLUB-K.net é um portal informativo angolano ao serviço de Angola, sem afiliações políticas e sem fins lucrativos cuja linha editorial consubstancia-se na divulgação dos valores dos direitos humanos, educação, justiça social, analise de informação, promoção de democracia, denuncias contra abusos e corrupção em Angola.

Informamos o público sobre as notícias e informações ausentes nos canais informativos estatal.  Proporcionamos ao público uma maneira de expressar publicamente as suas opiniões sobre questões que afectam o dia-a-dia, qualidade de vida, liberdades e justiças sociais em Angola... Leia mais

Contactos

 

  • E-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

  • WhatsApp: (+244) 918 512 433 Para uso no aplicativo WhatsApp apenas!

  • Reino Unido : (+44) 784 848 9436

  • Buffalo / EUA: (+1) 347 349 9101 

  • New York /USA: (+1) 315 636 5328

Newsletter

Assine a nossa Newsletter para receber novidades diárias na sua caixa de e-mail.

INSERE O SEU E-MAIL

Infográficos