Vietnamita detido na Tailândia por traficar chifres de rinoceronte de Angola

Luanda - Um vietnamita procedente de Angola foi detido no aeroporto de Banquecoque depois de os seguranças descobrirem pedaços de chifre de rinoceronte na sua bagagem, noticiou hoje o jornal vietnamita The Nation.

Fonte: Lusa

Depois de partir de Angola, o homem fez escala no Dubai e dirigia-se para o Laos quando foi detido na terça-feira na capital tailandesa, em mais uma escala, segundo a mesma fonte.

 

O chifre que transportava tinha sido cortado em pedaços, mas foi detetado por uma máquina de raios-X do posto de controlo de vida selvagem do aeroporto de Suvarnabhumi.

 

O cidadão vietnamita foi acusado de violar a lei da preservação e proteção da vida selvagem, a lei alfandegária e a lei das epidemias animais.

 

Os ativistas pela preservação animal dizem que os rinocerontes estão a ser caçados diariamente em África para fazer face à procura, sobretudo da China e do Vietname.

 

O Vietname tem leis severas que proíbem a compra e venda de chifre de rinoceronte, mas estas não têm sido suficientemente eficazes para proteger o animal gravemente ameaçado, cujos chifres são considerados um símbolo de estatuto e são usados para decoração e na medicina.

 

O país desenvolveu um interesse pelo chifre de rinoceronte há cerca de uma década, devido à crença de que curava o cancro, um mito que indignou os grupos defensores da preservação da espécie.

 

No Vietname, o último rinoceronte Javan, uma espécie rara do Sudeste Asiático, foi encontrado morto em 2010 com o chifre grosseiramente cortado.

 

Apoiadas pelo Governo, as campanhas de sensibilização pública têm ajudado a desencorajar o comércio, e os preços caíram em relação ao pico atingido há alguns anos, de 70.000 dólares (cerca de 59.000 euros) por quilo.

 







Debate este tópico nas redes sociais:

Comente com o seu perfil no Facebook







Debate este tópico no Club-K:

Comente no Anónimato (sem iniciar sessão) ou via Redes Sociais (Facebook, Twitter, Google ou Disqus)!

Quem Somos

CLUB-K ANGOLA

CLUB-K.net é um portal informativo angolano ao serviço de Angola, sem afiliações políticas e sem fins lucrativos cuja linha editorial consubstancia-se na divulgação dos valores dos direitos humanos, educação, justiça social, analise de informação, promoção de democracia, denuncias contra abusos e corrupção em Angola.

Informamos o público sobre as notícias e informações ausentes nos canais informativos estatal.  Proporcionamos ao público uma maneira de expressar publicamente as suas opiniões sobre questões que afectam o dia-a-dia, qualidade de vida, liberdades e justiças sociais em Angola... Leia mais

Contactos

 

  • E-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

  • WhatsApp: (+244) 918 512 433 Para uso no aplicativo WhatsApp apenas!

  • Reino Unido : (+44) 784 848 9436

  • Buffalo / EUA: (+1) 347 349 9101 

  • New York /USA: (+1) 315 636 5328

Newsletter

Assine a nossa Newsletter para receber novidades diárias na sua caixa de e-mail.

INSERE O SEU E-MAIL

Infográficos