Luanda - A teoria econômica convencional afirma que desvalorizar a moeda de um país pode ser algo bom para sua economia, dado que uma moeda mais baixa gera uma taxa de câmbio mais desvalorizada, o que estimularia a produção nacional industrial e consequentemente as exportações e o emprego.

Fonte: Club-k.net

Isso geraria um crescimento econômico. Donde se pode concluir que, caso um país queira vivenciar um crescimento econômico mais acelerado, a desvalorização da moeda é uma medida necessária para se contornar a situação actual .

 

Segundo informações posta a circular por alguns portais de notícias dão conta de que o Banco Nacional de Angola(BNA) tenciona desvalorizar a moeda nacional em mais de 7%, ou seja, passando o câmbio de referência do Kwanza Face ao Dólar de 166,722 para 225 estando os bancos comerciais a vender a unidade desta moeda acima dos 290 Kwanzas.

 

A ser verdade,é uma estratégia economicamente plausível, no entanto a sua eficiência vai depender de muitos factores;começando por Não estarmos totalmente capacitados,atravez das nossas fontes productivas que são ainda muito baixas e não corresponderem a procura.Mais ainda assim é uma medida necessária julgando pela situação actual que o país está enfrentar e que com essa medida vai se alavancar a economia nacional e por sua vez criar o incentivo a produção nacional.

 

Desde final de 2014 que Angola vive uma profunda crise económica e financeira, devido à quebra para metade nas receitas com a exportação de petróleo;estamos em 2017 e já lá se vão 4 anos de crise financeira.

 

Tem se dito que todo aquele que tenciona voar sem antes ter passado por um aprendizado básico de voo, está predestinado a uma queda da qual dificilmente se reerguerá.

 

Muito já se aprendeu com a crise e é chegado o momento para adotar-se outras políticas que visam contornar esse cenário ;e quero crer que desvalorizar o Kwanza é uma das medidas mais bem pensada no momento.

 

Na desvalorização do Kwanza está o segredo para impulsionar a indústria e o setor exportador .

 

Ao se desvalorizar o Kwanza ,as exportações são estimuladas e a indústria volta a produzir e por conseguinte, a economia volta a crescer.

 

O nosso maior problema é que vários exportadores são também grandes importadores, ou seja , Para fabricar com qualidade seus bens exportáveis eles têm de importar máquinas e matérias-primas de várias partes do mundo,isso logicamente vai aumentar o custo de produção e por sua vez teremos como consequência imediata o aumento dos preços(não sei que medidas o governo tenciona aplicar para o controle da inflação ) mas é necessário.

 

A desvalorizada do Kwanza vai trazer mudanças na taxa de câmbio refletindo decisões da não maioria;mas é necessária para dar solução a esse momento que vivemos.

 

É uma mudança que vai exigir muito sacrifício;falo concretamente do aumento dos preços; Vamos sofrer, mas que ao seu tempo vai passar.

 

Essa é uma medida necessária,aliás! já se devia para conter a crise.

 

Marcelino Fidelino - Estudante de GRH 4•Ano

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: