Lisboa – Os gestores dos principais órgãos de comunicação social públicos de Angola foram recentemente comunicados sobre a   sua cessão de mandatos que culminará  com a nomeação de novos conselhos de administração.
 
Fonte: Club-k.net
 
As  nomeações deverão  ser anunciadas ainda esta semana, na qual são estimadas a elevação de José Fernando Gonçalves Guerreiro como Presidente do Conselho de Administração da TPA, em substituição de Hélder Barber Dias dos  Santos.  José  Guerreiro igualmente diretor da TVC, é administrador executivo do actual conselho e junto com João Melo, fez parte do task que conduziu o espaço de antena da campanha eleitoral  de João Lourenço. 
 
 
O economista Lopes Paulo é igualmente estimado como próximo PCA da RNA, em substituição de Henrique Manuel dos Santos  Santos.  A veterana Paula Marina Valério Alho Simons deverá se integrar como administradora executiva para informação. A exoneração no conselho de administração da RNA, acontece numa altura em que um financeiro identificado como “próximo de Manuel Rabelais”, está a ser inquerido pelo serviço de investigação criminal por descaminho de fundos públicos. 
 
 
Para as Edições Novembro, que detém o  Jornal de Angola, deverá ter como PCA, Victor Silva, um veterano que no passado já dirigiu este órgão de comunicação estatal. 
 
 
Tão logo apercebeu-se do anuncio do seu afastamento,  o actual diretor do Jornal de Angola, José Ribeiro,  que até Agosto de 2017, assumia-se como louvador da imagem  do ex-Presidente José Eduardo dos Santos, procurou insinuar-se ao novo PR João Manuel Gonçalves  Lourenço através de um texto de opinião que exalta a sua visão política. 


DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: