Luanda - O presidente angolano, João Lourenço, nomeou como administradores não executivos da petrolífera Sonangol dois antigos primeiros-ministros.


Fonte: Negocios


João Lourenço nomeou esta quarta-feira, 10 de Janeiro, dois antigos primeiros-ministros como administradores não executivos da Sonangol: Lopo do Nascimento e Marcolino Moco, este último forte contestatário do chefe de Estado anterior, José Eduardo do Santos.

 
A informação com estas nomeações foi transmitida hoje à Lusa pela Casa Civil do Presidente da República, dando conta que foram feitas "por conveniência de serviço público", passando Lopo Fortunato Ferreira do Nascimento e Marcolino José Carlos Moco a integrarem o conselho de administração da Sociedade Nacional de Combustíveis de Angola (Sonangol), liderada desde Novembro por Carlos Saturnino, como administradores não executivos.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: