Lisboa – O Conselho de Segurança Nacional, que se reuniu esta sexta-feira em Luanda sob orientação do Presidente da República e Comandante-Em-Chefe das Forças Armadas Angolanas, João Manuel Gonçalves Lourenço, decidiu manter no cargo o CEMGFAA, Geraldo Sachipengo Nunda até o próximo mês de Agosto, data que termina com o seu mandato.

Fonte: Club-k.net

Esta decisão manifestada pelo Presidente João Lourenço, sobrepôs a diligências feitas pelo novo Procurador Geral da Republica, general Hélder Pitta Grós que pessoalmente aconselhou o general Geraldo Nunda a apresentar a sua demissão e colocar-se a deposição da justiça respeitante ao caso da rede de burla tailandesa recentemente detida, em Luanda.

 

Fontes próximas ao dossier, garantiram ao Club-K, que na sequencia de novos desenvolvimentos quanto ao general Hélder Pitta Grós – depois da decisão presidencial – reconsiderou a sua posição inicial tendo agora manifestado a favor de Geraldo Nunda.

 

De recordar que ligados aos elementos da burla tailandesa, estão responsáveis do regime, tal como o actual Porta-Voz do MPLA, Ernesto Manuel  Norberto Garcia que a data dos factos teve contactos institucionais com os agora detidos na sua condição de então director da Unidade Técnica para o Investimento Privado (UTIP), órgão que opera na esfera do gabinete presidencial.

 

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: