Lisboa – Numa recente reunião do Comité Provincial do MPLA, em Malanje, o governador Norberto dos Santos “Kwata Kanawa”, nas suas vestes de Primeiro secretário do partido no poder acusou directamente alguns colegas de estarem envolvidos nas recentes escaramuças ocorridas naquela localidade a margem da visita do Vice-Presidente da Republica, a Província.

Fonte: Club-k.net

Alega que foi alertado pela  UNITA

Sem rodeios, Kwata Kanawa acusou o empresário Monteiro Kapunga e o ex-segundo secretário provincial do partido em Malange, Junqueira Dalla de montarem um complot contra si. Ambos são igualmente deputados do MPLA pelo circulo provincial de Malanje.

 

Nesta reunião, Kwata Kanawa confidenciou que recebeu informações credíveis de que estes são os mentores da manifestação do dia 4 de Abril contra o governador local e a caravana do Vice-presidente da República, a pretexto de pretenderem “salvar Malanje”. Acusou-os também de serem os responsáveis pelas varias publicações nas redes sociais contra a sua pessoa.

 

O governador revelou ainda que a sua fonte sobre estes planos para o derrubarem, é um alto dirigente provincial da UNITA que tem sido instigado pelo deputado do MPLA, Junqueira Dalla para promover manifestações contra a governação de Malanje.

 

Segundo ainda a mesma acusação; o deputado Monteiro Kapunga pagou a cada líder juvenil cerca de 200 mil kzs para o efeito e usou o director provincial da Juventude e Desportos que é igualmente do grupo de acompanhante do partido no município da marimba, município de origem do empresário Monteiro.

 

Neste mesmo encontro, associou também como parte deste complot, o director da comunicação provincial, Nelo de Carvalho que é igualmente responsável do DIP tal como um grupo de jornalistas da radio Malanje, jornais privados e a rádio Ecclesia.

 

Para não deixar duvidas no ar, o governador tornou público, o nome dos colegas de partido a quem acusa de pretenderem inviabilizar a governação de Malanje. Os nomes são: Nazaré de Carvalho , Monteiro Kapunga , Junqueira Dall, Joana de Jesus (deputada), Evaristo Capunga (deputado e membro da comissão executiva), Eurico Cunha e Afonso Matari. Todos eles apresentados nas suas recentes reuniões como “os cabecilhas de tudo”.

 

Segundo o governador Kwata Kanawa, o deputado do MPL, Evaristo Kapunga é a pessoa que está a ser preparada pelo seu xará Monteiro Kapunga para governar a província de Malanje.

 

Conforme apurou o Club-K, neste momento o governador optou por varias medidas de prevenção passando a dispor de um forte sistema de segurança para se proteger das ações dos seus adversários que o acusam de “facilitar pessoas próximas a ele, como filhos, amigos, e aos estrangeiros do grupo português 7 cunhas”.

 

Kanawa, é na visão dos seus adversários como estando a entregar “as grandes obras e ganha todos os concursos os público como a entrega de autocarros do ministério dos transportes , caminhões do Governo e o contrato para limpeza da acidade de Malanje.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: