Lisboa – A deputada da UNITA Mihaela Webba foi neste sábado assaltada, dentro de casa de um familiar,  nos arredores do bairro cruzeiro em Luanda. Os assaltantes apontaram-lhe com uma arma de fogo e levaram consigo o aparelho celular como a sua documentação pessoal.

Fonte: Club-k.net

“Aos familiares e amigos estou incontactável por telefone, motivo: fui assaltada hoje com uma arma apontada para mim, o Zezinho, a Mamy, e outras minhas primas no cruzeiro na rua da Guiné. Fiquei sem toda a minha documentação e o telefone”, escreveu a deputada.

 

O assalto de que foi vitima,  aconteceu 24h depois de ela ter criticado abertamente  as execuções que a Policia nacional tem realizado como medida de prevenção a criminalidade, na qual considerou que “Com essas atitudes é melhor rasgarmos a Constituição da República de Angola, pois a dignidade da pessoa humana deixou de ser o princípio fundante da nossa "res -publica”.

 

Na sua mensagem depois do assalto, a deputada reafirmou que “Mesmo passando pelo trauma de ver uma arma apontada para mim, continuo a defender que as leis devem ser cumpridas e por isso já fiz queixa à Polícia Nacional.”

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: