Luanda - Lucas Chivukuvuku, funcionário da Procuradoria Geral da República, que investigava casos de corrupção envolvendo altas figuras, pode ter sido  assassinado.

Fonte: Rádio Ecclesia

Investigava casos de corrupção 



A denúncia foi feita no final de semana, à rádio Ecclesia pelo tio da vítima, Abel Chivukuvuku, que diz o sobrinho investigava casos de corrupção envolvendo altas figuras da sociedade angolana, sofria assédio “para adulterar processo”.

 

“Ultimamente queixou-se na mãe, a dizer estava sobre pressão, suborno porque estava com processo muito sensível”, conta Abel Chivukuvuku, revelando o sobrinho na quinta-feira levou processos a casa com a intenção de na sexta bloquear algumas contas bancárias.

 

Desde  quinta-feira,  Lucas, filho de Américo Chivukuvuku, esteve desaparecido, foi encontrado morto com sinais de espancamento na morgue do Hospital Maria Pia.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: