Luanda – A Associação Angolana dos Direitos do Consumidor (AADIC) passou, desde último mês de Fevereiro, a ser membro do Conselho Nacional do Comércio, um órgão coordenado pelo titular da pasta do Comércio, por força do Decreto Presidencial n.º 38/18 de 09 de Fevereiro, apurou o Club K junto de uma fonte fidedigna daquela instituição.

Fonte: Club-k.net
O Conselho Nacional do Comércio é um órgão de consulta multissectorial e multidisciplinar de concertação e acompanhamento das políticas do sector do Comércio do ministro Jofre Van-dúnem Júnior.

Este órgão foi institucionalizado no III Conselho Consultivo do Ministério do Comércio realizado, em Luanda, em 2006.

A AADIC tem vindo a se notabilizar – no seio dos consumidores angolanos e não só – devido a sua de forma exemplar de actuação contra os fornecedores que violam insistentemente a Lei Defesa do Consumidor (Lei 15/03 de 22 de Julho).

Vale recordar que em Maio do corrente ano, AADIC foi eleita como a melhor instituição de defesa dos consumidores angolano do ano 2017, durante a 6ª edição da gala de premiação “Palanca Negra Gigante”.

Apesar das inúmeras dificuldades (sobretudo financeiras) que tem estado atravessar para o cumprimento do seu programa com a sociedade angolana, a AADIC – que existe apenas há cinco anos – notabilizou-se junto do seu público alvo, resolvendo questões (quase) impossíveis dos seus associados e não só.

A Associação Angolana dos Direitos do Consumidor, com personalidade Jurídica, defensor dos Direitos Económicos e a salvaguardar do bem estar de mais de 25 milhões de consumidores, é membro de pleno Direito do Conselho Nacional de Concertação Social à luz do Decreto-Presidencial n.º 134/15 de 12 de Junho. Membro da Comissão Técnica do Instituto Angolano de Acreditação (IAAC), Membro da Comissão Técnica do Instituto Angolano de Normação e Qualidade (IANORQ) e Membro permanente da Consumers Internacional.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: