A carregar...

Artigos

TV Zimbo realiza debate com Carlos Feijó e Abel Chivukuvuku

1 1 1 1 1 Como classifica este artigo? 0.00 (0 Votos)

Lisboa - A TV Zimbo programou para a semana que se segue,  (previsão de ser na  terça-feira ) um debate exclusivo destinado, a por frente a frente, o jurista Carlos Feijó com o dirigente da UNITA, Abel  Chivukuvuku. O programa tem como mentor, Amilcar Xavier e destina-se a  medir a visão dos dois políticos, no que concerne ao novo modelo de “eleição atípica” defendido pelo Presidente da Republica.


Fonte: Club-k.net

Chivukuvuku aceita desafio


Do convite previamente enviado a ambos, Abel Chivukuvuku é a personalidade que a TV Zimbo ainda  não encontrou objeção ao repto.  Em contrapartida, face a cultura “clarividente”, dos dirigentes do MPLA em recusarem se a comparecer em debates públicos, aquela televisão premeditou uma segunda alternativa que passaria por  chamar, o líder da bancada parlamentar, Bornito de Sousa caso Carlos Feijó não se mostre disponível.


A Zimbo já  tem um espaço aos domingos na qual, um representante da UNITA,  Adalberto da Costa Junior, contrapõe com João Melo, do MPLA  analises dos principais acontecimentos da semana. Nas ultimas semanas, o programa tem registrado  a ausência de João Melo  que coincide com a recusa, esta semana, dos analistas do MPLA em não comentar o assunto das eleições indirectas.


Presume-se que o debate entre Chivuvukuvu e Feijó seja por via do programa “Cara e Cara” , da Zimbo. Ambos  tem a sua importância política por terem sido os  quadros que JES e Savimbi, seus mentores políticos  usaram no fica pinta quando se pretendeu oferecer uma das vice presidência do país a UNITA na véspera dos  acordos de Lusaka.


Quem é Quem no frente a frente:


Abel Epalanga Chivukuvuku – Orador nato com forte carisma dentro e fora do seu partido, “Chivuku”, ou “mano Abel” como é respeitosamente chamado foi um dos mais importantes conselheiros  de Jonas Savimbi. Foi o escolhido de Savimbi para ocupar a vice presidência de Angola que as autoridades estavam a oferecer ao líder do Galo Negro na década de 90.  Antes dos acordos  de Bicesse estava colocado  como representante da UNITA junto as Nações Unidas. Formou se  em relações internacionais e hoje é visto como um potencial  concorrente a Presidência da Republica.  


Carlos Maria Feijó – Tido como um dos mais brilhantes técnicos do MPLA na área da jurisprudência foi o chefe da casa civil da presidência da Republica que sucedeu ao então poderoso José  Leitão de quem muito respeita.  Na década de noventa apenas ele e o  General  José  Maria  faziam parte do leque dos conselheiros presidências autorizados a assistir as audiências, a porta fechada, que o Presidente José Eduardo dos Santos concedia a Savimbi. Carlos Feijó faz parte dos motivos que levaram Jonas Savimbi a recusar uma das Vice Presidência que a dada altura lhe estava a ser proposta. Na altura os principais assessores  de Savimbi consideraram desrespeito ao facto de que Savimbi como Vice PR passaria (de acordo com a proposta) a despachar com Carlos Feijó e não com JES (na pratica Carlos Feijó seria o chefe do líder do Galo Negro).  Daí que Savimbi pretendia entregar Abel Chivukuvku ao regime  para ocupar a Vice Presidência, em seu lugar.

 






Debate o tópico nas redes sociais:





Debate no Club-K:


NOTA: Os comentários postados neste portal são publicados sem edição prévia e são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. Por favor, leia os Termos de Uso. O Club-K reserva-se ao direito de moderar os comentários suspeitos de conter palavras ofensivas e apagar os que não cumpram as regras.



Comentários Arquivados:



Actualizar comentários 

+1 hermesramalho 24-06-2011 11:18 #24
Acho que sera interessante o encontro das duas ilustres e conhecidas entidades intelectuais. valera a pena ver.
0 mwata dia ngola 16-09-2009 21:12 #23
esses manos da zimbo kerem lixar o seu ganha pao...esse e chapa quente,o chivucuvucu vai acabar com aqle puxa saco do(M),ai dele se ele se fazer presente...forc a tv zimbo,e lovavel iniciativas do genero!
0 FODIDO 14-09-2009 12:07 #22
CUIDADO QUE ESSE DEVE SER UM GOLPE DO m, ESSE ABEL VAI TROPECAR DE PROPOSITO FALAR DA UNITA, ISTO CHEIRA DIVISAO, XTA SER MTO DIFICIL CRIAR UMA VERDADEIRA DIVISAO NA UNITA, CUIDADO ESSES GAJOS SAO ASTUTOS, A UNITA AINDA REPRESENTA UMA AMEACA PARA O m, ESSE DEBATE VAI FAVORECER O m, DEPOIS DEIAM-ME RAZAO
0 Pedro Van Dunem 14-09-2009 11:35 #21
De acordo a historia do MPLA, e expremamente improvavel que o seu representante de escolha comparece a este debate!!! Por isso, prefiro esperar antes de acusar o MPLA de covardia publica!!!
0 Rato Nick 14-09-2009 11:30 #20
Se o debate vier acontecer levanbtar-se-á uma nova era na democracia Angolana perante aos meios de Comunicação Social. Mas é bom que não mergulhemos em artefactos ilusorios, até porque o objectivo da criação TV Zimbo não pode ser ignorado.
S esta estação televisiva conseguir consolidar a liderança na audiência será ela a implementar a futura estrategia que resultará com a eleição do futuro presidente de Angola.
Quanto a aparente revolução democratica que a TV Zimbo vêm implementando na grelha de programas, pode-se afirmar que começa a ter o efeito Boomerang "para os menos esclarecidos na linguagem técnica dos Comunicológos, quer dizer que o efeito é contrário ao esperado"...Dai o puxão de orelha ao Dr.João Melo que sempre achou que desta forma poderia-se reverter na promoção da imagem do "M"...
0 Polo 14-09-2009 10:53 #19
Este e o unico Pais do mundo onde o presidente nunca foi falar do Pais com Jornalistas na TV ou no Palacio nem no Parlamento, que deveria ser "de todos".
0 Ndatchissumba 14-09-2009 10:26 #18
Se acontecer o debate, espero que esclareçam o modelo "atípico" ou "evoluído", se é que se pode esclarecer!!!
Mas, oxalá essa malta se lembre um dia de ouver o Frei J. Domingos. O único poder eterno é de DEUS!!
0 Scire 14-09-2009 09:33 #17
Confesso estar ancioso por este debate e, sobretudo, contente por esta iniciativa da TV Zimbo.
Olha! em países democráticos de nome e de facto, além da existência e dos três tradicionais poderes: Legislativo, Executivo e Judiciário, a comunicação social, é tida hoje como o quarto poder. Justamente porque ao informar, formar e veicualr opiniões diversas sobre os grandes dossiers duma nação, Ela, intermeia entre os três poderes tradicionais e os cidadãos.
Quiça que Angola e os políticos em geral, sobretudo, os do partido no poder, ganhem a conscência sobre a importância e emergência duma comunicação Social livre, imparcial, dinámica e profunda ao abordar os temas que interessam a todos os angolanos.

Mais uma vez os meus sinceros parabens a TV Zimbo por esta iniciativa.
0 a 14-09-2009 08:23 #16
Este família do Povo deve ser mais um sulano,boelo.Es ses sulanos não aprendem mesmo.
0 FUNDO DA QUESTÃO. 14-09-2009 07:46 #15
ESTÚPIDO DO CARALHO! VENS COM AMEAÇAS AO IRMÃO ABEL, ÉS UM PEDANTE DO MPLA OU QUÊ? ACHAS QUE O CHIVUKUVUKU CARREGA MAIS CULPA QUE OS ENGRAVATADOS DO MPLA? VAI LÁ SOBEJAR SABEDORIA AO TEU PAI E TUA MÃE PARA TE CONTAREM A VERDADEIRA HISTÓRIA DE ANGOLA, QUE NÃO ENCONTRAS NOS MANUAIS DO MIN. DA EDUCAÇÃO.
leftCLUB-K.net é um portal informativo angolano ao serviço de Angola, sem afiliações políticas e sem fins lucrativos cuja linha editorial consubstancia-se na divulgação dos valores dos direitos humanos, educação, justiça social, analise de informação, promoção de democracia, denuncias contra abusos e corrupção em Angola.

O CLUB-K.net foi fundado aos 7 de Novembro de 2000, e é integrado por jovens angolanos (voluntários), com missão representativa em diversos países e reconhecido a nível internacional como uma organização não governamental.

REDES SOCIAIS

NEWSLETTER

Assine a nossa Newsletter para receber novidades na sua caixa de e-mail. "Gosta" da nossa página no Facebook para receber novidades na parede do seu perfil no Facebook.

INSERE O SEU E-MAIL