A carregar...

Artigos

Parentes de altas figuras do MPLA nomeados para o Governo

1 1 1 1 1 Como classifica este artigo? 0.00 (0 Votos)

Londres - Um levantamento de dados da conta que foram nomeados como membros do novo  governo,  cunhados,  primos, e irmãos  e esposas de  amigos  de altas figuras do MPLA. foram identificados  mais de  11 governantes que estão nesta categoria dentre os quais   três dirigentes  próximos a família do Presidente, José Eduardo dos Santos (JES). Não se esta em condição de se  confirmar  se essas promoções  representam  sinal de nepotismo ou de competência dos mesmos. 

 

Fonte: Club-k.net

Executivo formado por primos, cunhados, e esposas de  amigos

O Ministro das Finanças,  Carlos Alberto Lopes é  esposo de uma  irmã  da primeira dama, Ana Paula dos Santos. Já o Ministro da Defesa Nacional, Cândido Pereira dos Santos Van-Dúnem é apresentado como primo  do PR. Um  outro elemento próximo a família presidencial é o Vice-Ministro do Ordenamento do Território, Manuel Francisco da Silva Clemente Jr que esta casado com uma sobrinha de JES que é filha de Marta dos Santos. Clemente Jr esteve antes a trabalhar no Gabinete de Obras especiais com o general Kopelipa.


No gabinete de JES acaba de ser nomeada uma Secretária para os Assuntos Sociais,  Rosa Escórcio Pacavira de Matos que é apresentada como   sobrinha do esposo de Marta dos Santos, irmã  de JES. O tio de Rosa Pacavira Matos é no meio da família presidencial  tratado por “Ti Pacas”.


O Vice-Presidente do MPLA, Roberto de Almeida, também não fica atrás. Tem no governo, um sobrinho,  Adão Correia de Almeida  colocado como  Vice-Ministro para os Assuntos Institucionais e Eleitorais. O Ex-Secretario Geral dos “Camaradas” e vice presidente da Assembléia Nacional, João Lourenço tem a sua esposa,  Ana Afonso Dias Lourenço como  Ministra do Planeamento.


O Membro do Bureau Político do MPLA, general Antonio  “Ndalu” esta familiarmente  conotado no governo com  Maria de Fátima Monteiro Jardim que é  irmã  da sua  esposa. Outro general influente do regime com parentes no executivo é o Ministro de Estado,  Manuel Vieira dias “Kopelipa”, que esta familiarmente ligado ao  Ministro da Saúde,  José Vieira Dias Van-Dúnem e o recém nomeado, secretário para os Assuntos Locais do Presidente da República, André Rodrigues Mingas Júnior.


Nito Teixeira, o director do Gabinete de JES na sede do MPLA tem, no governo,  a sua esposa a exercer o cargo de Ministra do Ensino Superior e Ciência e Tecnologia, a acadêmica Maria de Cândida Pereira Teixeira. Esta por sua vez é irmã gêmea da governadora da Lunda sul,  Cândida Narciso cujo esposo é o administrador municipal do Cazenga, Tany Narciso.


O recém nomeado  Director de Gabinete de Quadros dos presidência, Aldemiro  Vaz da Conceição é irmão do deputado do MPLA, Gustavo da   Conceição. Ambos tem um   outro irmão, o adido de defesa na embaixada angolana em Portugal,  Fernando Vaz da Conceição "Mussolo".


Ainda no gabinete presidencial, o recém nomeado Secretário para os Assuntos Diplomáticos e de Cooperação do Presidente da República, Carlos Alberto  Fonseca é  irmão do embaixador angolano na Singapura, Flávio Fonseca.


Agostinho Fernandes Nelumba, o  Vice-Ministro da defesa para a Administração e Finanças, é  irmão  do membro do comitê central, José  Nelumba,  que  é   esposo de Carolina Cerqueira, a nova  “patroa” da comunicação social. Ambos Agostinho e José são irmãos do ex-PCA, da ENE, Eduardo Nelumba que também faz parte do CC.  Estão ligados a  vice-presidente da FESA, Maria Nelumba (Esposa de Eduardo Nelumba, a mesma é igualmente alta funcionaria do Ministério das pescas).


Archer de Sousa Mangueira,  o vice ministro  do Comércio , é familiar do embaixador angolano  no Dubai Rui Mangueira e do antigo director executivo do COCAN 2010, Antonio  Mangueira. Outro vice Ministro com familiar no partido no poder é o das relações exterior   para a Administração e Finanças. O mesmo é primo da deputada do MPLA, Ângela Bragança. O vice dos petróleos  para a Administração, José Gualter dos Remédios Inocêncio  é   irmão paterno  de Aldina da Lomba, a  Secretaria provincial da  Reinserção social em Cabinda e igualmente membro do Comitê Central do MPLA.


Por sua vez, há dois “manos”, a integrarem o governo, o Vice-Ministro das Tecnologias de Informação, Pedro Sebastião Teta e o Secretário de Estado da Ciência e Tecnologia,  João Sebastião Teta.






Debate o tópico nas redes sociais:





Debate no Club-K:


NOTA: Os comentários postados neste portal são publicados sem edição prévia e são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. Por favor, leia os Termos de Uso. O Club-K reserva-se ao direito de moderar os comentários suspeitos de conter palavras ofensivas e apagar os que não cumpram as regras.



Comentários Arquivados:



Actualizar comentários 

0 caterça 04-08-2012 00:11 #52
é uma pouca vergonha, o que o governo do mpla esta fazer, considero grande falta de respeito aos cidadãos honeto que muimto se tê sacrifiado por esta nação.estamos na fase das eleições já iniciaram com palavras bonitas de convecimento os menos esclarecidos, póis meus irmaos basta votrmos as coisas seraõ sempre a mesma enquanto prevalescer oregime o poder, só paa dar um exemplo existem oficiais que não eram promovidos há mais de 21anos ,isto por não terem familias que lhes protejece esta governaçao é uma pura brincadeira de general de3 estrelas para major ou intendente ,quer dizer que nós estamos a votar para inreecer outros nós que não temos familias no aparelho do governo somos como se uns caês mortos s fossemos, é demais,isto é um NEU-COLONIALISM O DECLARADO povo angolano desperem,o MPLA É E SERÁ NOSSO MAIS O JES, EM VEIS DE votarmos nulo rasguemos a àrea ode esta a fotografia do meso, só assim é que educaremos os oportunista gatunos que dividiram para melhor reinar os ens e dinheiro é exagerado dispertem povo angolano.
0 Caxito 14-04-2010 02:10 #51
NEPOTISMO
0 Okavango 26-03-2010 08:51 #50
TAMBÉM KERO UM LUGAR NO GOVERNO
0 lusa 25-03-2010 07:27 #49
Acho k os caudilhos do MPLa-PT deviam ter vergonha. Maioritariament e são santomenses e são eles k mandam no País, a solução é o povo pegar em armas. Agora já não é a UNITA, é o povo que todos os dias é humilhado. Nunca vi tamanha burrice. Acham normal o País ser governado pela familía do Zé Du? Mas que idiotice é essa? Vamos aceitar isso até quando. Será k os tais ditos generais decidem tudo mais alguma coisa? Acho k não. Quanto a diáspora a questão é simples. Fazer uma colecta para começermos a financiar a nossa formação militar. Abaixo os santomenses, abaixo os ignorantes do MPLA. Aliás digo-vos andam cá nas Universidades europeias e é gente fraca, burros e sem traquejo. Acordem porque senão é tarde
0 Bambara 25-03-2010 02:49 #48
Se no tempo do Avestruz ja faziam "as escondidas", agora com a consagracao do atipismo, ja se faz a luz do dia.
O goveno do mpla e feito de meia duzia de familias interligadas entre si por consaguineidade ou por crioulismo (nao sou do Camoes, so estou a tentar usar...)

Enquanto mais confusa a origem, melhor.
As vagas miudas e de trabalho sujo, sao reservadas aos Servicais Bufos, malucos, renegados, psycopatas e taidores da sua propria raca...

O Governo ja anda inudados do familiares e Concubinas do imperador inconfesso, nao eleito nem intronizado.

Por isso e que o Pais anda da forma como desanda.
0 Kuribota 23-03-2010 08:16 #47
É claro que há mais Países que fazem o mesmo, a Tuga por exemplo apesar de haver Democracia o amiguismo e nepotismo está em força infelizmente, o que só prova que a maioria dos políticos são todos iguais quando se trata do aproveitamento da coisa pública e do Poder, sejam eles de que País forem.

Mas com o mal dos outros podemos nós bem, lá por fazerem o mesmo noutros Países isso não quer dizer que tenhamos de aturar o mesmo aos nossos, o que se deve perseguir é o que está a ser bem feito nos outros, não os podres!

Abaixo a corrupção e todo o tipo de abusos do que é de todos e não exclusivo de meia-dúzia de felizardos!

:sad:
0 Tony Neto 23-03-2010 06:51 #46
Os verdadeiros angolanos têm que demonstrar na prática. Caríssimos já investigaram os parentes nos Governos Europeus? dos Países Americanos?
Este vosso site já ganhou referencia Nacional. INFORMEM COM VERDADE. Façam investigação com responsabilidad e. Dizer que Archer Mangueira é irmão do Rui Mangueira? Só para sitar este, é uma aberração. Investiguem e Publiquem com responsabilidad e.
0 Capocosso 23-03-2010 03:46 #45
São os unicos intelectuais e inteligentes que o JES conhece. Angola são estas pessoas, a liderança dos assuntos do pais passará sempre por estes.
Não se vislumbram luzes de que a coisa possa vir a melhorar.
0 zikas 23-03-2010 03:37 #44
interpretou mal o que eu escrevi, eu apenas me referi aos asilados(maneir a mais leve de chamar deslocados) e não aos emigrantes porque conheço muita gente boa como a cangola que tambem têm diplomas, doctoramento, mestrado e tudo, essas pessoas têm que vir para ajudar angola a crescer é isso que eu quero. eu não quero criticas destrutivas, não quero que digam que angola so tem lixo, buracos, engarrafamento, etc.
na minha critica e espero que isso fique bem claro faço um apelo aos deslocados principalmente em uk que se formem se formem mesmo e voltem para fazer uma oposição forte para discutir os nossos direitos porque o mpla não tem uma oposição a altura. os da unita so entendem de guerra e terrorismo nòs tambem não queremos esses individos porque no seio deles a muitas intrigas e guerra de palavra( ambição pelo poder), voçês acham que eles estão em condiçôes de nos governar? oh meus senhores abram os olhos. não falem sò mal do pais aquí a muita coisa boa e muita coisa melhor virá mais isso so será possivel com o vosso contributo. emigrantes e deslocados estudem mesmo para fazerem uma oposição forte e ajudar angola a crescer :sad:
0 J Sousa 23-03-2010 02:59 #43
Afinal a maioria são pretos genuinos, como gostam de dizer, afinal não eram os mulatos que detinham o poder? Onde estão os racistas de serviço?
leftCLUB-K.net é um portal informativo angolano ao serviço de Angola, sem afiliações políticas e sem fins lucrativos cuja linha editorial consubstancia-se na divulgação dos valores dos direitos humanos, educação, justiça social, analise de informação, promoção de democracia, denuncias contra abusos e corrupção em Angola.

O CLUB-K.net foi fundado aos 7 de Novembro de 2000, e é integrado por jovens angolanos (voluntários), com missão representativa em diversos países e reconhecido a nível internacional como uma organização não governamental.

NEWSLETTER

Assine a nossa Newsletter para receber novidades na sua caixa de e-mail. "Gosta" da nossa página no Facebook para receber novidades na parede do seu perfil no Facebook.

INSERE O SEU E-MAIL