LIMA oferece solidariedade aos queimados

Luanda -  O único hospital de referência no país, Neves Bendinha, especializado em queimaduras recebeu da LIMA, o braço feminino da UNITA mais um gesto de solidariedade. Em alusão aos 16 dias de activismo contra a violência no género, LIMA”, efectuou no dia 26 de Novembro de 2010, uma visita ao Hospital dos queimados, em Luanda.


Fonte: UNITA
 
 
A visita teve como objectivo, solidarizar – se com as vítimas de queimaduras que se encontram internadas naquela unidade hospitalar, tendo na ocasião doado bens de primeira necessidade e visitado demoradamente os doentes.

 

Acolhida pela direcção do Hospital, a LIMA recebeu do responsável da instituição, um gesto de gratidão pela iniciativa, e aproveitou a circunstância para apresentar aquilo que é preocupações da unidade sanitária.

 

Valdemiro Mateus Diogo, Director geral disse na ocasião, que não havia estrutura suficiente para corresponder à demanda, pois o” hospital é muito pequeno com apenas 70 camas, numa procura diária de 20-30 doentes queimados”. “Precisamos urgentemente de novas estruturas e de mais técnicos formados nesta área”.  São poucos os médicos para o trabalho que se faz, segundo se pôde apurar no terreno.

 

Diogo, apontou como causas do “altíssimo nível de mortalidade”, a falta de cuidados por parte dos cidadãos no uso de botijas de gás, geradores e também de velas. Há também crianças queimadas pelos seus progenitores e às vezes por causa de quinhentos kwanzas desaparecidos”, disse uma enfermeira que apontou a perca dos valores familiares como outra das causas. 

 

Num desenvolvimento separado, a presidente da Liga da Mulher Angola, Miraldina Olga Jamba, manifestou sexta-feira última, 26, eupatia para com os actos praticados por certos agentes da polícia contra as mulheres zungueiras, e apelou as angolanas, para que nesta quadra dos 16 dias de activismo contra a violência, determinem os objectivos comuns que visem extirpar da sociedade a violência.

 

A LIMA realiza no dia 2 de Dezembro do ano em curso no INAC, em Luanda um workshop, sobre violência no género e Delinquência Juvenil.

* Foto de arquivo: Matilde Lukamba






Debate este tópico nas redes sociais:

Comente via Facebook, Hotmail, Yahoo ou AOL!




Debate este tópico no Club-K:

Comente no Anónimato (sem iniciar sessão) ou via Redes Sociais (Facebook, Twitter, Google ou Disqus)!

Quem Somos

CLUB-K ANGOLA

CLUB-K.net é um portal informativo angolano ao serviço de Angola, sem afiliações políticas e sem fins lucrativos cuja linha editorial consubstancia-se na divulgação dos valores dos direitos humanos, educação, justiça social, analise de informação, promoção de democracia, denuncias contra abusos e corrupção em Angola.

Informamos o público sobre as notícias e informações ausentes nos canais informativos estatal.  Proporcionamos ao público uma maneira de expressar publicamente as suas opiniões sobre questões que afectam o dia-a-dia, qualidade de vida, liberdades e justiças sociais em Angola... Leia mais

Contactos

 

  • E-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

  • WhatsApp: (+244) 918 512 433 Para uso no aplicativo WhatsApp apenas!

  • Angola : (+244) 943 939 404 

  • Reino Unido : (+44) 784 848 9436

  • EUA: (+1) 347 349 9101 

Newsletter

Assine a nossa Newsletter para receber novidades diárias na sua caixa de e-mail.

INSERE O SEU E-MAIL