A carregar...

Porque é que o povo Tchokwe quer a autonomia das Lundas - PDF em Anexo

1 1 1 1 1 Como classifica este artigo? 0.00 (0 Votos)

Luanda - A região autónoma das Lundas, rica em diamantes, é reivindicada por nativos descendentes de famílias locais e sobretudo seus intelectuais. Sob um Acordo de Protectorado celebrado entre nativos Lunda-Tchokwe e Portugal nos anos 1885 e 1894, o território firmou estatuto internacionalmente reconhecido.


Fonte: www.protectoradodalunda.blogspot.com

Portugal concedeu à Lunda um reconhecimento do seu estatuto de Estado

Portugal teria ignorado a condição do reino quando se dignou negociar a independência de Angola entre 1974/1975 apenas com os movimentos de libertação.


Os documentos que são publicados, em geral distribuídos por partidários da Comissão do Manifesto Lunda, criticam a Conferência de Berlim realizada em 1885 que delimitou fronteiras dos países do continente africano.


Segundo documento a que tivemos acesso, atribuído a Comissão dos Lundas, citamos, “A divisão de África não respeitou nem as relações étnicas e mesmo familiares dos povos do continente”.


Um enraizado sentimento de descontentamento detectado nos residentes locais, devido a assimetrias de desenvolvimento entre o litoral e o interior do país, levou a que os reivindicadores escrevessem a Eduardo dos Santos no dia 3 de Agosto de 2007.


Segundo o Manifesto, com base numa lei de 1955, nº 8909, Portugal concedeu à Lunda um reconhecimento do seu estatuto de Estado.


Na carta avançada, os herdeiros lundas manifestavam o seu desejo, trocar a independência pela obtenção dum estatuto de mais autonomia administrativa e financeira efectiva.


As detenções tiveram início em Abril de 2009 no Dundo, onde mais de 30 pessoas foram para a cadeia do Kondoeji, na sequência de panfletos pro-independência, postos a circular.


Jota Filipe Malakito que é o coordenador do grupo, foi detido em Maio do mesmo ano aqui em Luanda.


Partidário dum Estado unitário centralizado, o governo não reage bem a ideia da concessão de mais autonomia às regiões. Quando o diz não passa de teoria. Nem se quer a ideia das eleições autárquicas constantes da Constituição sai do papel.


Os executivos no poder justificam-se, com argumentos segundo os quais, atribuir mais autonomia seria igual a dar início ao processo de desintegração, ameaçadora da unidade nacional.


Segundo analistas que acompanham o dossier, neste caso em concreto, se a detenção de Malakito e pares tiver atingido um dos seus objectivos principais, que é de mera intimidação, a autonomia pode ter ficado adiada longos anos.


Depois de tudo que aconteceu, resta também saber qual o estado de espírito dos activistas e sobretudo como responderão as autoridades ao desejo de mais autonomia administrativa e financeira dos Lundas.


De 1890 á convenção de Lisboa de 1891 sobre a LUNDA








Debate o tópico nas redes sociais:





Debate no Club-K:


NOTA: Os comentários postados neste portal são publicados sem edição prévia e são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. Por favor, leia os Termos de Uso. O Club-K reserva-se ao direito de moderar os comentários suspeitos de conter palavras ofensivas e apagar os que não cumpram as regras.



Comentários Arquivados:



Actualizar comentários 

0 Iridio 19-07-2011 15:41 #42
Nao faz isso mano!!
0 MARIA DA COSTA 17-07-2011 20:40 #41
o mpla tem os seus dias contado mpla e uma organizacao de mafia.o se passa nas lunda aquilo ja nao pobreza mas sim e extrema miseria Deus nos deu terra rica e para todos nos e nao para beneficiar a menoria do M.Deus fara justica.
0 Filho do PR 26-05-2011 07:57 #40
sempre q tou triste entro no club-k para rir os comentarios do palhaço Dr mandavid, gente burra pá, apois a caida do ditador Mandavid tem de ser cortado os dedos e labios,kkkkkkkk kkkkkkkkkkkkkkk kkkkkkkk....... ..........
0 Mauro P. 23-05-2011 23:34 #39
lingua-fora: para os burros que ignoram os meus comentarios holenu nzungo.
0 Mauro P. 23-05-2011 23:32 #38
etcheno nhi kuiia Kamanga wetu...> traduçao: deixem de nos roubar os diamantes.
criaram leis para acabarem com o Garimpo nas lundas e outros territorios que o fornecem,para que servem estas leis, se eles proprios sao socios e donos de varios projectos de exploraçoes Mineiras. chocado: estou com a ma gerencia da economia desta rica provincia onde ja pos os pes o primeiro presidente de Portugal. e acredito que este documento existente prova a verdade.
0 Mungongo 18-05-2011 10:46 #37
Não, os Lundas querem autonomia porque esgtão esquecidos no panorma economico angolano, anendiama e compania, JES e muito mais, sugam toda a riquesa da quela terra e não deixam nada.Lunda é angola sim mas com tanta miséria a té mesmo a Huila se podessemos seriamos independetes. Lembram-se que Angola não é só Luanda
0 Xuxarram 17-05-2011 00:38 #36
Por muito que eu penso do meu grande país, com amor e carinho e tristeza. Neste momento não podemos dividirmos, poderá ser mais fácil, sermos preso morto torturado pelo José e a sua organização mafiosa que é o MPLA, já foi um partido do povo mais agora é uma organização mafiosa
0 lutacontinua 11-05-2011 19:45 #35
mediante documento Lundas teem pelos menos direito autonomia,e apesar de tantos diamantes,vivem mais na miseria que outros.Força, fazer valer seus direitos.
0 ximbo inene 25-04-2011 13:06 #34
Sr (ª) Bingo:
carro cumplice da violação de direitos Humanos, (BINGO)
sou puramente e genuino angolano nascido nesta mesma terra das Lundas, mas salientar que fiquei estupefacto e indignado com a sua intervenção bajuladora que tende á mã fé. se um filho reclama ao pai que não me estás a tratar em pé de igualdade como os meus irmão logo tu entras na conversa do vizinho sem saber ao fundo o terá acontecido ou vaz logo dizer que cala a sua boca pq o seu pai é o melhor do mundo? Digo isto pq não tiveste em contacto com os documentos historicos que nos levam a tal revindicação e convido te a viver na região pelo menos por seis mêses par ver se vaz comer um tossinho, bacon, ou paio que tu comes em Bemguela Seu Chulo. Sundji YA noko
0 mutu angola 20-04-2011 05:12 #33
antes de mais,devias mudar de nick,por respeito a tua mãe,ja k ñ consegues respeitar a dos outros.como vés,nem todos falam assim tanto sem saberem.
leftCLUB-K.net é um portal informativo angolano ao serviço de Angola, sem afiliações políticas e sem fins lucrativos cuja linha editorial consubstancia-se na divulgação dos valores dos direitos humanos, educação, justiça social, analise de informação, promoção de democracia, denuncias contra abusos e corrupção em Angola.

O CLUB-K.net foi fundado aos 7 de Novembro de 2000, e é integrado por jovens angolanos (voluntários), com missão representativa em diversos países e reconhecido a nível internacional como uma organização não governamental.

REDES SOCIAIS

NEWSLETTER

Assine a nossa Newsletter para receber novidades na sua caixa de e-mail. "Gosta" da nossa página no Facebook para receber novidades na parede do seu perfil no Facebook.

INSERE O SEU E-MAIL